Mostrando postagens com marcador Athletico-PR. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Athletico-PR. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 6 de maio de 2024

Athletico-PR vence o Vasco na Ligga Arena e assume a liderança do Campeonato Brasileiro

O Athletico-PR venceu o Vasco por 1 a 0 neste domingo (05), na Ligga Arena, e assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro, com 10 pontos. Mesma pontuação do Bahia, na segunda colocação com a vitória sobre o Botafogo, agora em terceiro lugar. O Vasco segue com apenas com três pontos ganhos, na zona do rebaixamento. O Furacão jogou com um a mais desde os 15 minutos do primeiro tempo. E chegou à vitória com gol de Erick, ainda antes do intervalo. Confira o resumo e os melhores momentos dos jogos deste domingo, pela 5ª rodada do Brasileirão 2024.
Leia Mais ►

domingo, 7 de abril de 2024

Athletico vence o Maringá e conquista o título do Campeonato Paranaense 2024

O Athletico-PR venceu o Maringá por 3 a 0, neste sábado (0), na Ligga Arena, e conquistou o título de campeão paranaense 2024. O Furacão já havia vencido o Dogão no jogo de ida, por 1 a 0, no estádio Willie Davids, em Maringá. Os gols da vitória do Rubro-Negro forma marcados por Pablo e Fernandinho (de pênalti), no primeiro tempo e Mastriani fechou o placar já nos acréscimos da etapa complementar. Veja os melhores momentos da decisão.

Leia Mais ►

quarta-feira, 3 de abril de 2024

Athletico-PR vence o Sportivo Ameliano de goleada na estreia da Copa Sul-Americana 2024

O Athletico-PR fez sua estreia na Copa Sul-Americana 2024 com vitória de goleada, por 4 a 1, sobre o Sportivo Ameliano, nesta  terça-feira (02), no estádio La Nueva Olla, em Assunção, no Paraguai. O Furacão venceu com certa facilidade, com gols marcados por Mastriani (2), Bruno Zapelli e Fernandinho. O gol da equipe paraguaia foi marcado pelo centrovante Fredy Vera. Veja os gols.

Leia Mais ►

domingo, 31 de março de 2024

Athletico-PR vence o Maringá no primeiro jogo da final do Campeonato Paranaense 2024

O Athletico-PR venceu o Maringá, por 1 a 0, no estádio Willie Davids, pelo jogo de ida da final do Campeonato Paranaense 2024. Pablo marcou o gol da vitória do Furacão, aos 32 minutos do segundo tempo. Com o resultado, o  Athletico joga pelo empate para conquistar o bicampeonato. O confronto decisivo da volta acontece no próximo sábado (06), às 17:00 horas, na Ligga Arena, em Curitiba. Confira os melhores momentos da partida.

Leia Mais ►

quinta-feira, 28 de março de 2024

Athletico vence o Operário mais uma vez e garante classificação à final do Paranaense 2024

O Athletico venceu o Operário por 1 a 0, nesta quarta-feira (27), pela partida de volta das semifinais do Campeonato Paranaense 2024. Com o resultado e a vitória por 2 a 1 na primeira partida, em Ponta Grossa (PR), o Furacão garantiu a vaga na final da Estadual. Antes do início do confronto, na Ligga Arena, houve comemorações pelos 100 anos do Rubro-negro paranaense. Confira os melhores momentos do jogo.

Leia Mais ►

segunda-feira, 18 de março de 2024

Confira os melhores momentos dos jogos de ida das semifinais do Paranaense 2024

O Coritiba perdeu para o Maringá, por 2 a 0, no jogo de ida das semifinais do Campeonato Paranaense 2024, realizado neste domingo (17), no Estádio Willie Davids. Para se classificar à final, o Coxa precisa vencer por três gols de diferença, o jogo da volta, no Couto Pereira. No sábado (16), o Athletico-PR bateu o Operário de virada, por 2 a 1, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR. E precisa de um empate, na Ligga Arena. Confira os melhores momentos das duas partidas.

Leia Mais ►

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2024

Clássico pelo Paranaense 2024 entre Coritiba e Athletico termina com empate no Couto Pereira

Coritiba e Athletico-PR empataram em 1 a 1 no clássico válido pela 10ª rodada do Campeonato Paranaense 2024, neste domingo (18), no Couto Pereira. Com o resultado, o Furacão manteve a liderança do Estadual, com 22 pontos. Um a menos que o Coxa, segundo colocado, com um ponto a mais que o Maringá que empatou com o Cianorte em 2 a 2 e ficou na terceira posição.
Leia Mais ►

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2024

Athletico fica no empate sem gols contra o Operário, mas retoma liderança do Paranaense

O Athletico empatou em zero a zero com o Operário de Ponta Grossa (PR), nesta quinta-feira (15), na Ligga Arena, pela nona rodada do Campeonato Paranaense. Confira os principais lances da partida, logo abaixo. Com o resultado, o Furacão encerra sequência de cinco vitórias, mas retomou a liderança do Estadual somando 21 pontos. Um a mais que o Coritiba, que na quarta-feira (13) empatou em 2 a 2 contra o Maringá, terceiro colocado com 19 pontos. O Fantasma da Vila ficou na 5ª posição, com 14 pontos. Mesma pontuação do Azuriz que ocupa a quarta colocação. 
Leia Mais ►

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2024

Athletico vence o FC Cascavel e assume a liderança do Campeonato Paranaense 2024

A Athletico venceu o FC Cascavel por 1 a 0, nesta quarta-feira (07), na Ligga Arena, e assumiu a liderança do Campeonato Paranaense 2024. O Furacão somou 17 pontos. Um a mais que o Coritiba, que chegou à vice-liderança com a vitória sobre o Cianorte, pelo mesmo placar, também nesta quarta, no Estádio Albino Turbay. Confira os melhores momentos das duas partidas válidas pela 7ª rodada.

Leia Mais ►

segunda-feira, 11 de dezembro de 2023

As lições do campeonato brasileiro às profissões jurídicas

Por Vladimir Passos de Freitas, no Conjur: Sem qualquer pretensão de ser um especialista em futebol, ainda assim acompanhei e desfrutei o Campeonato Brasileiro da Série A, quiçá, de todos, o mais emocionante de toda a história desta competição. Desde logo esclareço que o clube de minha preferência saiu-se mal e, portanto, ao enaltecer algum, não revelo nenhum sentimento particular.

www.seuguara.com.br/Futebol/campeonato brasileiro/2023/Série A/Direito/profissões jurídicas/lições/

Estabelecidas as premissas, vamos ao campeonato e à sua relação com o mundo jurídico. Acompanhando o sucesso e o insucesso dos clubes que o disputavam, não pude deixar de compará-los às instituições e profissões jurídicas, percebendo que comportamentos poderiam ser aproveitados ou repudiados.


Começo pelo Palmeiras, o campeão. Vindo de um passado inglório, duas passagens pela Série B, investimentos que não deram certo (v.g., Parmalat), preparou-se com determinação, alcançando em 2023, pela 12ª vez, o título brasileiro. Administração eficiente, controle nos gastos, apoio às categorias de base, fornecedor e não consumidor de talentos, sem estrelas globais no time pouca conversa e muita ação. Além disto, um técnico diferente, Abel Ferreira. Fazendo jus à franqueza dos portugueses, ele nunca hesitou em "dizer poucas e boas". Líder nato, sempre protegeu o grupo. Em entrevista coletiva após a conquista do título, lembrou a importância da identidade e o caráter da equipe. Deixou claro que a vitória foi de todos, e não dele ou de algum jogador endeusado pela mídia. 


Como o Tribunal pode utilizar tais lições para alcançar um patamar de excelência? A primeira dificuldade é que o presidente só dispõe de dois anos de gestão. Este é um problema a merecer correção. O ideal seria uma reforma constitucional, estendendo o prazo para três anos. Na impossibilidade, a saída é tomar providências, ouvindo e discutindo com o antecessor ou presumido sucessor, a fim de que haja continuidade. É preciso grandeza para deixar sentimentos pessoais antagônicos de lado, o que vale é a instituição. O sentimento de equipe é essencial. Não apenas com os magistrados da Corte, mas também com os servidores.


É preciso que todos participem das iniciativas e do sucesso. Mas isto não acontece por acaso. Tal qual a preparação do Palmeiras, será um longo processo de convencimento. E ao presidente cabe agir com inteligência, evitando aparecer como o único detentor de virtudes raras. Ao contrário, dividirá as glórias com terceiros, sempre citando nomes dos que o ajudaram, indicando-os para palestras, incentivando-os a assumir atribuições, designando-os para representar o Tribunal em atividades e outras medidas assemelhadas. Óbvio que sempre haverá opositores. A estes deve ser dedicado o mais absoluto silêncio, sem críticas, acusações ou vinganças.


Vejamos agora um exemplo a não ser seguido, o Botafogo. Liderando por 31 rodadas, 13 pontos na frente, o clube terminou em 5º lugar. Entre as causa, três se sobressaem: 1ª) a troca de técnicos, nada menos do que cindo. Sabidamente, o comando deve ser único, sereno e duradouro. Comparemos com uma operação policial que sob a condução de um delegado e depois mude duas ou três vezes de mãos, assumindo diferentes linhas de investigação. Dificilmente terá sucesso;


2ª) o ímpeto inicial e a certeza dos sucesso. Imagine-se na área da advocacia, um escritório que em pouco tempo adquire notoriedade. Seus sócios, guiados por inteligentes orientações de marketing, atuam forte na mídia e não perdem lançamento de livros e afins. No entanto, se aquelas condutas não se impõem ao respeito por forma correta e coerente de atuação, se não se lastreiam em sólidos conhecimentos jurídicos e não apresentam resultados, o sucesso não se sustentará.


3ª) maus resultados levando ao enfraquecimento de ânimo. Ninguém vence sempre, o insucesso faz parte da existência. Mas, se não houver resiliência, poderá tornar-se crônico e levar ao desastre. Imagine-se a decepção de um procurador da fazenda nacional que não consiga levar a leilão imóvel de grande devedor. Se desanimar, o resultado será o fracasso pessoal e institucional. Se procurar descobrir onde errou, onde lhe faltou astúcia e estratégia, poderá reagir com energia redobrada e não aceitar um segundo mau resultado. 


Com um resultado bom, ainda que não auspicioso, o Athletico Paranaense lacrou a 8ª colocação e reservou posição a Libertadores. Este também é um caso de administração bem conduzida. Inexpressivo há alguns anos, o clube mudou a imagem, o símbolo, criou um estádio moderno, que, inclusive, se presta à locação para espetáculos de grande afluência de público.

Dele se pode tirara a mensagem seguinte: o sucesso se conquista aos poucos, é fruto de boa condução por anos. Comparemos sua situação com a das Defensorias Públicas, que conquistaram forte espaço nos últimos anos. Mas, para alcançarem o reconhecimento máximo, precisam firmar-se como o órgão que realmente atende os milhares de carentes que a procuram. 


Esta é sua vocação máxima e não as teses midiáticas que já têm outros atores. Para alcançar seu objetivo, devem as DPs facilitar ao máximo o acesso aos interessados. Por exemplo, a DP não deve ter uma plataforma na internet que, para marcar uma consulta, contenha tantas exigências burocráticas, que leve o interessado a desistir de reivindicar seus direitos. Ao contrário, deve ser feita de forma simples, informal, por pessoas especializadas em comunicação e psicologia social.


Na ponta de baixo da tabela do campeonato, exemplo máximo do que não fazer, temos o Santos Futebol Clube. Impossível não lembrar o seu sucesso no passado, que vai muito além do icônico Pelé. Basta recordar que foi duas vezes campeão mundial e três vezes venceu a Copa Libertadores da América. Recentemente, por duas vezes escapou do decesso no último momento, mas agora foi surpreendido por dois resultados positivos de seus rivais (Bahia e Vasco da Gama) e pela derrota diante do Fortaleza, na Vila Belmiro. Causas? Sete trocas de treinador, administrações incompetentes, salários de jogadores elevados e uma torcida que mais atrapalha que ajuda, costumeira praticante de atos de selvagem violência. 


Estes exemplos negativos de condutas servem para tornar um fiasco qualquer gestão de um Tribunal. Por exemplo, trocas de gestores administrativos, com substituição de experientes funcionários por pessoas ligadas ao novo presidente, administrações rotineiras, falta de força e coragem para enfrentar os problemas mais graves (p. ex., um desembargador com Alzheimer progressivo, que não pede aposentadoria), falta de apoio e confiança da comunidade jurídica (OAB, MP, DP, AGU, etc). Tudo isto pode levar a instituição a ter um destino semelhante ao do Santos Futebol Clube, no caso ser considerado Tribunal da Série B, ou seja, de segunda categoria. 


Finalmente, vejamos o caso do Cruzeiro, a Raposa de Belo Horizonte. Após uma campanha sofrível, somando maus resultados e até correndo risco de rebaixamento, reagiu ao final, arrancou um empate do Palmeiras e conseguiu entrar na Copa Sul-Americana de 2024. Seu exemplo pode ser útil ao Ministério Público Federal. A instituição passou por inusitada perda de relevância nos últimos quatro anos. Basta apenas um exemplo para se ter certeza disto: o inquérito das Fake News, instaurado no STF, no qual o MPF não tem o menor protagonismo, mesmo sendo o dono da ação penal. No entanto, tal como o Cruzeiro, a instituição tem uma nova chance. É que agora, com a indicação de Paulo Gonet para Procurador-Geral da República, pessoa que não conheço, mas de quem sé ouço elogios, terá o MPF a oportunidade de voltar à cena como um dos atores principais do sistema de Justiça, evitando seguir no rumo da Série B.


A estes exemplos, muitos outros poderiam somar-se. A tenacidade do Grêmio conquistando o vice-campeonato, a luta do Cuiabá, representante de um estado sem tradição futebolística, e a combatividade do Vasco da Gama, lutando e alcançando a permanência na série A no último minuto. Toso estes exemplos podem ser aproveitados na área jurídica. Basta ser observador e não ter vergonha de imitar o que é bom.

***


Leia Mais ►

sexta-feira, 1 de dezembro de 2023

Confira os melhores momentos dos jogos que fecharam a 36ª rodada do Brasileirão 2023

Nesta quinta-feira (30/11) foram realizados os três últimos jogos que fecharam a 36ª rodada do Brasileirão 2023. Na Arena em Porto Alegre, o Grêmio venceu o Goiás de virada, por 2 a 1. Com o resultado, o Tricolor gaúcho garante vaga na Libertadores 2024, ainda com chance de brigar pelo título. Com a derrota, o Esmeraldino está rebaixado para a Série B, juntamente com Coritiba e América-MG. No Mineirão,
Leia Mais ►

segunda-feira, 30 de outubro de 2023

Confira o resumo dos jogos deste domingo pela 30ª rodada do Brasileirão 2023

A 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, que começou no sábado (28) com três jogos, prosseguiu neste domingo (29) com outros cinco confrontos. Destaque para o polêmico empate no clássico entre Corinthians e Santos, na Neo Química Arena, e a inesperada derrota do Internacional para o Coritiba, no Beira-Rio. Além da surpreendente vitória do Cuiabá sobre o líder Botafogo, no estádio Nilton Santos. Confira abaixo, o resumo e os melhores momentos de cada um dos cinco jogos.
Leia Mais ►

sexta-feira, 22 de setembro de 2023

Vasco vence o Coritiba de goleada e fica muito perto de sair da zona do rebaixamento

Depois de vencer o clássico contra o Fluminense, por 4 a 2, na rodada anterior, o Vasco mostrou mais uma vez que está em plena recuperação no Campeonato Brasileiro. O Gigante da Colina obteve mais uma importante vitória na luta para deixar a zona do rebaixamento vencendo o Coritiba de goleada, por 5 a 1, em São Januário. Confira os melhores momentos da partida e de outros dois grandes confrontos realizados nesta quinta-feira (21), válidos pela 24ª rodada do Brasileirão 2023.
Leia Mais ►

quinta-feira, 14 de setembro de 2023

Flamengo e São Paulo, finalistas da Copa do Brasil, sofrem derrota na volta do Brasileirão 2023

Flamengo e São Paulo, que irão decidir o título da Copa do Brasil este ano, sofreram derrotas na volta do Brasileirão 2023 suspenso temporariamente devido aos jogos das eliminatórias da Copa do Mundo 2026. Em Cariacica-ES, o Flamengo jogou mal contra o Athletico-PR e perdeu por 3 a 0. O Tricolor paulista perdeu de virada para o Internacional, no Beira-Rio. Confira os melhores momentos dos dois jogos abriram a 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, nesta quarta-feira (23).

Leia Mais ►

quarta-feira, 16 de agosto de 2023

Veja os gols da vitória do Athletico-PR sobre o Cuiabá

O Athletico-PR venceu o Cuiabá por 2 a 0 nesta terça-feira (15), no confronto que fechou a 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Ligga Arena, em Curitiba (PR). Com a vitória, o Furacão está de volta ao G6 do Brasileirão 2023 somando 31 pontos. Mesma pontuação do Fluminense, em sétimo lugar. O Dourado permanece na 8ª colocação, com 28 pontos. Confira os gols e os principais lances da partida.
Leia Mais ►

quarta-feira, 2 de agosto de 2023

Libertadores 2023: fora de casa, Internacional e Athletico-PR sofrem derrota na primeira das oitavas de final

O início das oitavas de final da Copa Libertadores 2023, nesta terça-feira (01), não foi nada bom para os times brasileiros. Fora de casa, Athletico-PR e Internacional não conseguiram vencer no jogo de ida. Menos mal para o Fluminense, que arrancou um empate contra o Argentinos Juniors em um jogo dramático, na Argentina. O Furacão sofreu derrota por 3 a 1, de virada, para o Bolívar. O Colorado saiu na frente, mas perdeu para o River Plate. Confira o resumo e melhores momentos dos três confrontos.

Leia Mais ►

quinta-feira, 13 de julho de 2023

Copa do Brasil: Grêmio elimina o Bahia nos pênaltis e avança às semifinais

Com um novo empate em 1 a 1 no jogo da volta das quartas de final da Copa do Brasil 2023, Grêmio e Bahia decidiram a vaga para as semifinais da competição nos pênaltis. Nas cobranças, o Tricolor gaúcho levou a melhor e se classificou graças a duas defesas do goleiro Gabriel Grando. Na próxima fase, o Grêmio enfrentará o Flamengo, que eliminou o Athletico-PR, com duas vitórias. Confira os melhores momentos das duas partidas.

Leia Mais ►

quinta-feira, 6 de julho de 2023

São Paulo vence o clássico contra o Palmeiras e abre vantagem nas quartas de final da Copa do Brasil

O São Paulo venceu o clássico contra o Palmeiras, por 1 a 0, no Morumbi, e sai em vantagem na disputa das quartas de final da Copa do Brasil 2023. Vantagem também para o Flamengo, que venceu o Athletico-PR de virada, por 2 a 1, no Maracanã. Em desvantagem ficou o Corinthians que perdeu para o América-MG, por 1 a 0, no Independência. Confira os melhores momentos dos três jogos que fecharam os confrontos de ida das quartas de final da competição.

Leia Mais ►

sábado, 17 de junho de 2023

O futebol brasileiro é uma sabida caixinha de surpresas, mas Felipão caprichou na sexta insana dos At(h)léticos

Por Leandro Stein, no Trivela: Os torcedores at(h)leticanos tiveram uma sexta-feira das mais insanas possíveis. Duas bombas caíram de forma simultânea em Belo Horizonte e em Curitiba. Num movimento um tanto quanto inesperado, o Atlético Mineiro anunciou Felipão para ser o seu novo treinador. A pretensa aposentadoria do gaúcho em relação ao trabalho de técnico não durou mais do que alguns meses. Depois de algumas tentativas com estrangeiros que não vingaram, o Galo muda totalmente de direção com o pentacampeão na casamata. E isso também deixou feridas expostas no Athletico Paranaense, onde realmente Scolari parecia fazer mais do que seu cargo de diretor sugeria. Não à toa, o Furacão decidiu demitir Paulo Turra na esteira - como se o comandante não mandasse tanto assim.
Leia Mais ►

quarta-feira, 24 de maio de 2023

Libertadores 2023: Atlético-MG vence o Athletico-PR de virada no Mineirão

O Atlético-MG venceu o Athletico-PR de virada por 2 a 1, nesta terça-feira (23), no Mineirão, em confronto válido pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores 2023. Uma vitória muito importante para o Galo mineiro que assumiu a 2ª colocação do Grupo G, agora com 6 pontos. O Furacão perdeu pela primeira vez na competição, mas segue na liderança do grupo, com 7 pontos. Confira os melhores momentos da partida.

Leia Mais ►

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger