Mostrando postagens com marcador Brasil. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Brasil. Mostrar todas as postagens

domingo, 16 de dezembro de 2018

Programa Mais Médicos: um terço do brasileiros inscritos não se apresenta para trabalhar

Reportagem da DW revela que um terço dos brasileiros inscritos no program Mais Médicos ainda não se apresentou para trabalhar. Leia alguns trechos: A médica de família Marina Abreu admite que não conhecia a real complexidade do Brasil até começar a trabalhar como tutora de coordenadores do programa Mais Médicos. No Norte do país, ela conheceu locais que nunca tinham recebido um médico, aonde só se pode chegar após longas viagens em barcos com furos e sem assentos.
Leia Mais ►

sábado, 17 de novembro de 2018

Política: As sete pragas de Lucas Figueiredo para o Brasil

O premiadíssimo escritor e jornalista mineiro Lucas Figueiredo, autor, entre outros, de "Tiradentes" e "Morcegos Negros", faz uma previsão das Sete Pragas que se abaterão sobre o Brasil nos primeiros meses do novo governo. Pela montagem do novo ministério, está cada vez mais claro que, no governo Bolsonaro, o poder de fato vai ficar no colo das Forças Armadas. Confira:
Leia Mais ►

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Finalista do Jabuti, livro retrata a importância do Mais Médicos pelo Brasil

Via: O Essencial - Reportagem de Rodrigo Casarin no Blog Página Cinco do UOL, informa que o escritor Antonio Lino viajou pelo Brasil entre agosto de 2015 e junho de 2016 para acompanhar a atividade de 12 doutores que integravam o Programa Mais Médicos. Passando por quilombolas, assentamentos rurais, comunidades isoladas e periferias de grandes cidades, Lino se deparou com histórias como a de Dona Jovina, uma moradora de São Francisco do Guaporé, em Rondônia, perto da fronteira com a Bolívia.
Leia Mais ►

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Recorde histórico: 65,6 milhões sem emprego no Brasil

Via: O Essencial - Reportagem de Lucas Vettorazzo na Folha de S. Paulo informa que o número de pessoas que não trabalham e nem procuram emprego bateu recorde no país. Apesar da taxa de desemprego ter desacelerado no segundo trimestres do ano, o contingente fora da força de trabalho chegou a 65,6 milhões, alta de 1,2% sobre o período anterior e o mais alto da série histórica do IBGE, iniciada em 2012, informou o órgão nesta terça-feira (31).
Leia Mais ►

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Uma canção para o Brasil, por Carlos Motta

Por Carlos Motta, no GGN - A canção "Bella Ciao" é o hino mundial antifascista, conhecida por todos os que desejam a liberdade, em qualquer parte do mundo. Há várias versões sobre o seu nascimento. Uma delas diz que era o canto das trabalhadoras rurais temporárias italianas, as "boais-frias" de lá, no fim do século XIX. Já modificada, serviu como protesto contra a Primeira Guerra Mundial e depois foi usada como um símbolo dos "partigiani", os guerrilheiros do movimento de resistência ao fascismo, na Segunda Guerra Mundial.
Leia Mais ►

sábado, 7 de julho de 2018

Brasil perde para a Bélgica e está fora da Copa do Mundo 2018

A seleção brasileira perdeu para a Bélgica, por 2 a 1, nesta sexta-feira (06), em Kazan, em confronto pelas quartas de final da Copa do Mundo 2018 e está fora do Mundial da Rússia. Apesar de ter iniciado bem a partida, o Brasil permitiu aos belgas retomaram o controle do jogo e abrirem vantagem de dois gols ainda na etapa inicial. O primeiro saiu logo aos 13 minutos. Após uma cobrança de escanteio, Fernandinho tentou cortar de cabeça e marcou contra.
Leia Mais ►

terça-feira, 19 de junho de 2018

Rejeição a checagem de fatos no Brasil surpreende Facebook

DW/Brasil - Para reverter a fama de principal vetor de notícias falsas da internet, o Facebook firmou parcerias com agências de checagem de fatos em 14 países. Implementado no exterior, o programa ajudou a reduzir o alcance orgânico de Fake news na plataforma em até 80%. Mas no Brasil a medida provocou uma forte reação de usuários contrários.
Leia Mais ►

sábado, 2 de junho de 2018

Política, poder e economia: 'Pontos para embasar uma análise de conjuntura'

Por Maurício Abdalla*, no Le Monde Diplomatique, em 24/05/2017 - "O complexo financeiro-empresarial não tem opção partidária, não veste nenhuma camisa na política, nem defende pessoas. Sua intenção é tornar as leis e a administração do país totalmente favoráveis para suas metas de maximização dos lucros".
Leia Mais ►

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Brasil, 20 anos em 2 - charge do Duke

Leia Mais ►

terça-feira, 10 de abril de 2018

Lula e o Brasil: cenários do pós-julgamento

Artigo de Gustavo Conde*, no Le Monde Diplomatique/Brasil, em 02/02/2018 - "No brasil, o anteparo que mais perturba a compreensão dos fatos políticos é o descompasso extraordinário entre a realidade empírica e a narrativa noticiosa da imprensa secular. São divorciados no papel e no religioso".
Leia Mais ►

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Os donos da mídia no Brasil atuam nos partidos mais corruptos do país

A partir da reeleição de Dilma Rousseff para o exercício da presidência da República criou-se um paradigma na política brasileira. Toda a corrupção no país teria origem em um só partido político, o PT, Partido dos Trabalhadores. Tão logo iniciou-se o segundo mandato de Dilma, inconformados com a derrota, os adversários políticos da ex-presidente começaram a trabalhar o processo do seu impeachment. Qual o instrumento poderoso que utilizaram para convencer o público e tentar legitimar o golpe político e a derrocada da ex-presidente e de seu partido? Quem são os principais comandantes desse processo e a qual partido estão filiados? 
Leia Mais ►

sábado, 27 de janeiro de 2018

Documentário sobre o golpe é selecionado para o festival de Berlim

De Hildegard Angel - Dilma Rousseff perdeu a Faixa Presidencial, mas poderá levar pra casa o cobiçado "Urso de Ouro". Retratando os bastidores de seu Impeachment, o filme "O Processo", de Maria Augusta Ramos, foi selecionado para a mostra Panorama, do Festival de Berlim, um dos principais do mundo, de 15 a 25 de fevereiro, na Alemanha.
Leia Mais ►

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

The New York Times: Democracia é empurrada para o abismo no Brasil

No Jornal do Brasil - O Brasil foi o último do Ocidente a abolir a escravidão, é uma democracia "bastante jovem", que se libertou da ditadura há apenas três décadas. A democracia do país, contudo, nunca esteve tão fraca desde então e, nesta semana, ainda pode ficar mais deteriorada com o julgamento do ex-presidente Lula. A leitura do cenário brasileiro é do economista norte-americano Mark Weisbrot, co-diretor do Centro para Pesquisas Econômicas e de Políticas Púbicas (Center for Economic and Policy Research - CEPR), em Washington.
Leia Mais ►

sábado, 13 de janeiro de 2018

Quem produz os alimentos que chegam à mesa do brasileiro?

DW/Brasil - Após safra recorde em 2017, agronegócio é consagrado campeão do PIB e da inflação baixa, e celebrado por muitos como garantia de comida na mesa. Maioria dos alimentos, porém, vem de outra fonte. - A recuperação da economia brasileira em 2018 deve encabeçar o bom desempenho de toda a América Latina , estima o Banco Mundial.
Leia Mais ►

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Política: Como o discurso de Bolsonaro mudou ao longo de 27 anos na Câmara?

A BBC Brasil analisou mais de 1.500 discursos de Bolsonaro no plenário da Câmara dos deputados, feitos ao longo de 27 anos do seu mandato. No início de sua carreira, o deputado e pré-candidato a presidente da República se preocupava muito mais em defender os interesses dos militares, então sua base eleitoral, do que em polemizar com o PT e a esquerda. O militar reformado, que já havia apoiado Lula em 1994 quando o petista perdeu para FHC, em 2002 esteve num acordo "tático" com o PT contra o tucano José Serra (PSDB).
Leia Mais ►

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Este Brasil, por Janio de Freitas

Janio de Freitas (*) - "Ninguém, parece mesmo que ninguém, tenta pensar o Brasil em pleno sentido e em seus possíveis amanhãs. É um país sem estratégia, sem ideia do que é e conviria vir a ser no mundo. Na grande tecitura internacional, não vive do que faça para uma inserção desejada, mas do que cada dia lhe traz. Segue adiante porque os dias se sucedem. Condicionado integralmente pelo mundo exterior, perplexo, lerdo, segue.
Leia Mais ►

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Brasil é o país com pior noção da própria realidade

Uma pesquisa realizada pelo instituto britânico Ipsos Mori em 38 países, que confrontou dados oficiais com a percepção dos entrevistados em temas como criminalidade e saúde, os brasileiros só ficaram à frente dos sul-africanos. O país com maior noção da realidade é a Suécia.
Leia Mais ►

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Estudo diz que a concentração de mídia no Brasil é pior entre 11 países

Por Kiko Nogueira, no DCM - A Deutsche Wille deu uma matéria sobre o novo relatório sobre a concentração da mídia brasileira divulgado pela organização internacional Repórteres Sem Fronteiras. A pesquisa foi feita em parceria com a ONG Intervozes e financiada pelo Ministério de Cooperação Econômica e Desenvolvimento da Alemanha. A apuração durou quatro meses e abrangeu os 50 veículos de comunicação com maior audiência no país e os 26 grupos econômicos que os controlam.

"Até agora, o Brasil foi o primeiro país pesquisado em que nenhuma das empresas respondeu a nossas perguntas sobre quem são os seus proprietários", diz Olaf Steenfadt, diretor do projeto. 

O quadro é tenebroso e, talvez, pior do que você esperava. Reproduzo alguns trechos:

- "Assim como os ruralistas, antes chamados de latifundiários, os proprietários dos meios de comunicação possuem um vasto território nas ondas das TVs e das rádios, combinando interesses econômicos e políticos com o controle rigoroso da opinião pública"-, diz o texto.

- O Brasil ocupa a pior colocação dos 11 países já analisados pela RSF - Colômbia, Peru, Camboja, Filipinas, Gana, Ucrânia, Sérvia, Tunísia e Mongólia também foram alvo da pesquisa. 

- O país recebeu a pior nota em quase todos os indicadores, nos quais o estudo se baseia para medir os riscos para a pluralidade da mídia, avaliando ítens que vão desde concentração de propriedades e de audiência, passando por regulamentação sobre propriedade de mídias, até o nível de transparência sobre o controle das empresas. Apenas um dos indicadores brasileiros não foi considerado como "de alto risco para a pluralidade da mídia". 

- "Até agora, o Brasil foi o primeiro país pesquisado em que nenhuma das empresas respondeu a nossas perguntas sobre que são os seus proprietários", relata Olaf Steenfadt, diretor do projeto MOM [Monitoramento da Propriedade da Mídia, em inglês, Media Ownership Monitor] e integrante da Repórteres Sem Fronteiras Alemanha, em entrevista à DW. "Isso nunca tínhamos visto antes", acrescenta. 

- A pouca transparência sobre a propriedade dos grupos de comunicação, segundo o levantamento, se deve também à falta de uma obrigatoriedade legal para divulgação da estrutura acionária, além da inexistência d um monitoramento pelo poder público. Alguns grupos de mídia se negaram a responder, alegando razões "estratégicas" ou relacionadas à concorrência.

- "Falta no Brasil um quadro regulador", diz Steenfadt. "As poucas leis que existem não são implementadas. E as empresas não veem motivo para se abrirem de alguma foram, para serem transparentes", lamenta. "A mídia não é como qualquer outro setor econômico. É importante saber quem a controla", opina o especialista. "Os cidadãos têm direito de conhecer os interesses por trás dos meios de comunicação que consomem."

- No segmento de televisão, mais de 70% da audiência nacional é concentrada em quatro grandes redes, das quais uma detém mais da metade da audiência: a Rede Globo. Essas grandes redes nacionais ampliam ainda mais seu poder sobre a informação, destaca o MOM, através do domínio adicional de múltiplos segmentos. Grandes redes nacionais de TV aberta pertencem a grupos que também controlam emissoras de rádio, portais de internet, revistas e jornais impressos, segundo o estudo. 

Os dados estão disponíveis na página do MOM.

***

Leia Mais ►

domingo, 24 de setembro de 2017

Os "Inquilinos" do governo custam caro demais ao erário público

Nesta matéria, de responsabilidade de Paula Adamo Idoeta para a BBC Brasil, podemos ter uma noção de quanto o Brasil é um país socialmente injusto, que desenvolve uma política de distribuição de renda iníqua. E o coloca na lista dos países campeões em desigualdade, penalizando a maioria dos mais necessitados.
Leia Mais ►

domingo, 17 de setembro de 2017

O futuro do Brasil - charge do Benett

Leia Mais ►

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger