Mostrando postagens com marcador Lava Jato. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Lava Jato. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 5 de agosto de 2020

Xadrez da Lava Jato como bode expiatório da hipocrisia nacional, por Luis Nassif

www.seuguara.com.br/Lava Jato/hipocrisia/bode expiatório/Supremo Tribunal Federal/Moro/Dallagnol/mídia/
Publicado originalmente por Luis Nassif, no GGN: Peça 1 - a justiça de transição - Justiça de Transição é o sistema de julgamentos que sucede a cada período ditatorial. Consiste, de um lado, no levantamento da memória do período, de expor as chagas dos crimes cometidos, dentro do lema "para que não se esqueça, não se repita". Depois, na reparação dos crimes cometidos.
Leia Mais ►

sexta-feira, 31 de julho de 2020

Política: procurador-geral da República afirma que a Lava Jato tem dados de 38 mil pessoas

O Procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmou em entrevista ao grupo Prerrogativas que a operação Lava Jato é uma 'caixa de segredos' e que o volume de dados armazenados pela força-tarefa é gigantesco. Aras disse ainda, que 50 mil documentos estão "invisíveis à corregedoria-geral" do Ministério Público Federal (MPF).
Leia Mais ►

sábado, 18 de julho de 2020

Como Bolsonaro, o Japonês da Federal enganou os oportunistas que queriam ser enganados. Por Kiko Nogueira

www.seuguara.com.br/Eduardo Bolsonaro/japonês da Federal,
Por Kiko Nogueira, no DCM - A saga dos Japonês da Federal, preso por facilitação de contrabando, encarna à perfeição o roteiro do impeachment. Newton Ishii pegou quatro anos e seis meses de prisão em regime semiaberto por causa de crimes na fronteira do Paraná com o Paraguai. Até ontem, era celebrado como herói absoluto do coxinismo revoltado online. Máscaras com sua face vendidas no Carnaval e exibidas com orgulho por milhares de seres que o viram em fotos conduzindo presos da Lava Jato.
Leia Mais ►

sábado, 11 de julho de 2020

Delação contra Toffoli é vazada para site de assessoria da Lava Jato

www.seuguara.com.br/Dias Toffoli/STF/Lava Jato/
Após a decisão de Toffoli de obrigar a Lava Jato a compartilhar dados com a PGR, o site Vortex, assessoria de imprensa da Lava Jato, publicou um suposto vazamento de uma delação contra o presidente do STF. Com o incrível timing, o site publicou uma matéria com o título "OAS bancou reforma na casa de Toffoli, registra planilha da empreiteira" e outra, "Odebrecht fez pagamentos a Toffoli quando ele era advogado-Geral da União, disse Marcelo Oebrecht" à PGR".
Leia Mais ►

sábado, 4 de julho de 2020

Como se deixou a Lava Jato ir tão longe, por Luiz Nassif


"Como se permitiu que um grupo de procuradores, servidores públicos, passasse a prestar contas a organismos de outros países e suas ilegalidades fossem endossadas por todas as instituições? Não há mais motivos para os templários continuarem frequentando os salões da Casa Grande. Se quiserem espaço próprio, sempre haverá os porões, da mesma maneira que os soldados da ditadura, incumbidos do trabalho sujo" (Luis Nassif)
Leia Mais ►

sexta-feira, 3 de julho de 2020

Procuradores da Lava Jato em Curitiba camuflam nomes de autoridades para espioná-las

Conjur: A Procuradoria-Geral da República viu investigação "camuflada" da autodenominada "força-tarefa da lava jato" em Curitiba sobre os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, David Alcolumbre (DEM-AP).
Leia Mais ►

terça-feira, 30 de junho de 2020

Procuradores de Curitiba negam fraudes e grampos ilegais

www.seuguara.com.br/procuradores/Curitiba/fraudes/grampos ilegais/
Por Márcio Chauer
*, no Conjur: Explorar a fome de justiça e a ignorância sempre foi a grande arte dos demagogos e dos oportunistas. Foi o que fez o grupo de procuradores da República de Curitiba. Para dar ares de grandiosidade e nobreza a um trabalho que deveria ser sério e discreto, eles se auto apelidaram "força-tarefa da lava jato". Integram-na juízes, procuradores, policiais federais, auditores fiscais e jornalistas - mas os procuradores lhe emprestam rosto.
Leia Mais ►

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Moraes questiona destino de parte do fundo da "lava jato"

Por Fernanda Valente, no Conjur - O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), quer saber se parte do dinheiro discutido no acordo do fundo da "lava jato" teve destinação diferente do previsto. O pedido de informações consta de ofício assinado nesta terça-feira (4/2) e endereçado ao juiz Luiz Antonio Bonat, titular da 13ª Vara de Curitiba.
Leia Mais ►

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Opinião: 'Por que é inepta e abusiva a denúncia do MPF contra Glenn Greenwald do The Intercept Brasil'

Por Lenio Luiz Sreck, Gilberto Morbach e Horacio Neiva, no Conjur - [Confira no final do post, a repercussão do caso entre juristas, na mídia em geral, e na imprensa mundial]. No dia 21 de janeiro, o Ministério Público Federal denunciou, além de outras seis pessoas, o jornalista Glenn Greenwald, por supostos crimes relacionados à interceptação de diálogos privados envolvendo o então juiz Sergio Moro, Deltan Dallagnol e procuradores da Operação Lava Jato.
Leia Mais ►

sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

Lava Jato: um retrato do conluio promíscuo entre mídia e "República de Curitiba"

Matéria publicada nesta sexta-feira (20) pela Folha de S. Paulo em parceria com o Intercept Brasil, revela os detalhes da relação promíscua entre alguns jornalistas da grande mídia e os procuradores da Lava Jato em Curitiba. Segundo a matéria, Deltan Dallagnol e Carlos Fernando dos Santos eram os controladores de toda a estratégia midiática da Lava Jato, na chamada "República de Curitiba".
Leia Mais ►

domingo, 15 de dezembro de 2019

Entrevista de Marcelo Odebrecht isenta Lula, expõe erros da Lava Jato e reguarda BNDES

Lula não privilegiava a Odebrecht em suas viagens internacionais. O pedido para que a empresa entrasse em Cuba era próprio dos interesses geopolíticos e comerciais de um País. A Odebrecht, aliás, mantinha com o petista a mesma relação que teve com FHC, intocado na Lava Jato. E a doação eleitoral que a empresa fez ao PT, em contrapartida a uma linha de crédito em Angola, saiu da margem de seu lucro, não de acertos espúrios.
Leia Mais ►

sábado, 14 de dezembro de 2019

Lava Jato: Leandro Fortes e Moisés Mendes falam sobre a Operação "Mapa da Mina", que envolve filho de Lula

Com Lula solto, Lava Jato em Curitiba-PR deflagra operação contra Lulinha. Denominada "Mapa da Mina",  a 69ª fase da força-tarefa comandada pelo Ministério Público Federal do Paraná, sob o comando dos promotores federais Deltan Dallagnol e Roberson Possobon, abriu investigações sobre as atividades empresariais de Fábio Luis da Silva, filho mais velho do ex-presidente Lula, e seus sócios.
Leia Mais ►

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Consórcio de Curitiba agora quer puxar para si investigação de Lulinha e Teles

Para o repórter da Conjur, Rafa Santos, "duas particularidades chamam atenção nos movimentos do consórcio de procuradores formado a partir da 13ª Vara Criminal de Curitiba", com o início da 69ª fase da operação "lava jato". Denominada "Mapa da Mina", a operação visa "o aprofundamento das investigações" sobre as atividades empresarias suspeitas do filho mais velho do ex-presidente Lula e seus sócios.
Leia Mais ►

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Com Lula solto, Lava Jato em Curitiba deflagra operação contra Lulinha

Jornal GGN - Com o ex-presidente Lula em liberdade há pouco mais de um mês, a Lava Jato em Curitiba decidiu desengavetar informações contra o filho mais velho do petista e deflagrar, nesta terça (10), uma operação batizada de "Mapa da Mina".
Leia Mais ►

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Jânio de Freitas: "Sérgio Moro é o maior e mais grave caso de impunidade no Brasil"

Depois da pesquisadora Érica Gorga, doutora em direito comercial pela USP e doutora pela Universidade do Texas, expor em artigo publicado no jornal Folha de S.Paulo a situação esdrúxula da farsa da Lava Jato na aplicação das penalidades, foi a vez do jornalista Jânio de Freitas abordar a atuação do ex-juiz e atual Ministro da Justiça, Sérgio Moro, como um caso grave de impunidade no Brasil.
Leia Mais ►

domingo, 6 de outubro de 2019

Pesquisadora desmonta a farsa da Lava Jato na aplicação de penalidades

Jornal GGN - Imagine a seguinte situação: uma das maiores empreiteiras do País se envolve em um escândalo de corrupção que por décadas rendeu propinas a ex-gerentes da Petrobras. Em vez de limitar as penalidades aos empresários que tomaram as más decisões, as autoridades optam por um acordo que quebra a empresa, acaba com milhares de empregos, gera prejuízo para bancos públicos que emprestam dinheiro para a empreiteira e, ainda por cima, faz a própria Petrobras - que era a vítima - pagar uma multa muito superior ao valor recuperado com este acordo.
Leia Mais ►

sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Política: 'Como Serra e Aécio escaparam da Lava Jato', por Luis Nassif

Por Luis Nassif, no GGN - Desde a prisão de Mariano Marcondes Ferraz, várias vezes, manifestamos estranheza com a falta de preocupação da Lava Jato em se aprofundar nas investigações sobre a Trafigura, uma das 50 maiores empresas do planeta, segundo a lista da Forbes. Trata-se de uma comercializadora de petróleo que montou o maior esquema de corrupção da era moderna - conseguindo o monopólio da extração e da importação de petróleo em Angola.
Leia Mais ►

quarta-feira, 25 de setembro de 2019

'Se não defendemos a democracia de forma sistemática, ela se perde', diz jurista que mandou prender Pinochet

Publicado originalmente na Rede Brasil (RBA), por Eduardo Maretti - Conhecido como o juiz que emitiu ordem de prisão contra o ex-presidente chileno Pinochet, o espanhol Baltasar Garzón se define como internacionalista e universalista. "Para mim, as fronteiras não têm sentido, e muito menos as fronteiras que impedem a solidariedade entre os povos.
Leia Mais ►

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Política: grupo de procuradores da Lava Jato em Brasília entrega o cargo em protesto contra Raquel Dodge

Segundo a reportagem de Breno Pires e Rafael Moraes Moura, no Estadão, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, sofreu hoje [04/09] a maior baixa na sua gestão na Procuradoria-Geral da República (PGR) com a entrega coletiva de cargos entre procuradores que investigam os casos da Operação Lava Jato, em Brasília.
Leia Mais ►

terça-feira, 3 de setembro de 2019

Lava Jato: Deltan Dallagnon captava recursos de empresários para o Instituto Mude-Chega de Corrupção

Da Agência Pública - O coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, captou investimentos de grandes empresários para financiar o Instituto Mude - Chega de corrupção, criado para promover, além da própria operação, as dez medidas de combate à corrupção e suas opiniões políticas. Mensagens trocadas entre o procurador e membros do Instituto Mude no Telegram, recebidas pelo Intercept Brasil e analisadas em conjunto com a Agência Pública, revelam que ele se reuniu com empresários, às vezes a portas fechadas, na sede da Procuradoria, para arrecadar verbas para a entidade.
Leia Mais ►

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger