Mostrando postagens com marcador MEC. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador MEC. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 28 de junho de 2022

Cármen Lúcia manda PGR incluir Bolsonaro nas investigações do escândalo do MEC

Por Caíque Lima, no DCM: Cármen Lúcia encaminhou à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma determinação para que Jair Bolsonaro seja incluído em inquérito que apura suposto esquema de corrupção no Ministério da Educação (MEC). A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) atendeu ao pedido do deputado Reginaldo Lopes (PT-MG) para fazer a solicitação. Ele argumenta que é necessário apurar se houve envolvimento do presidente no caso.
Leia Mais ►

quarta-feira, 22 de junho de 2022

Juiz ordena prisão de ex-ministro da Educação Milton Ribeiro

O juiz federal Renato Borelli, da 9ª Vara Federal do Distrito Federal, ordenou a prisão preventiva de Milton Ribeiro, ex-ministro da Educação, por acusações de corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência. As informações são da CNN Brasil.
Leia Mais ►

sábado, 23 de abril de 2022

Integrantes de suposto 'gabinete paralelo' serão ouvidos no Senado

Publicado por Tatiane Correia, no GGN: As suspeitas de favorecimento no repasse de verbas do Ministério da Educação e do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) voltam à pauta da Comissão de Educação do Senado Federal na próxima quarta-feira, 27 de abril.
Leia Mais ►

segunda-feira, 11 de abril de 2022

Esquema de construção de 'escolas fake' tem aval do FNDE

O Ministério da Educação (MEC) autorizou a construção de mais 2 mil escolas pelo país, mesmo sem recursos para finalizar 3,5 mil unidades que estão em andamento há anos. Tal estratégia é interessante para deputados e senadores terem o que mostrar no palanque eleitoral, já que não existem recursos suficientes no orçamento para isso, o que pode aumentar a quantidade de unidades federais inacabadas pelo país.

www.seuguara.com.br/governoBolsonaro/MEC/FNDE/escolas fake/

Como aponta o jornal O Estado de S. Paulo, o esquema de "escolas fake" tem origem no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), comandado por Marcelo Ponte, apadrinhado do ministro da Casa Civil, Ciro nogueira.


A oito meses do fim do governo Bolsonaro, apenas 3,8% dos recursos previstos para a construção das escolas foram liberados, enquanto 560 obras receberam 1% dos valores empenhados.


Ou seja: seriam necessários R$ 5,9 bilhões para tocar as novas escolas contratadas, o que levaria 51 anos para acontecer com o atual orçamento da pasta. Sem considerar as 3,5 mil obras em andamento.


Porém, as prioridades atendem a critérios políticos estabelecidos por Nogueira, fazendo com que os recursos cheguem primeiro a redutos do Progressistas.


No GGN

Imagem: reprodução/Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil


Leia Mais ►

Reservado para o MEC - charge do Amarildo

Leia Mais ►

quinta-feira, 7 de abril de 2022

"Superfaturômetro" - charge do Amarildo

Leia Mais ►

sábado, 26 de março de 2022

Roubalheira em nome de Deus. Por Jeferson Miola

Por Jeferson Miola, em seu blog: A roubalheira no ministério da Educação [MEC] é bastante original: pastores evangélicos cobram propina em barras de 1Kg de ouro para intermediar verbas públicas que, antes de chegarem ao destino final, decerto ainda ficam sujeitas à rapinagem por outros atravessadores - leigos ou religiosos.
Leia Mais ►

quarta-feira, 23 de março de 2022

Política, religião e corrupção: Pastor pediu 1 Kg de ouro e R$ 15 mil antecipados para liberar verbas do MEC [áudio]

Pastores do gabinete paralelo do Ministério da Educação pediram pagamentos em ouro e dinheiro para liberar recursos para construção de escolas e creches, segundo reportagem do Jornal Estado de S.Paulo, que ouviu o prefeito do município de Luis Domingues (MA), Gilberto Braga (PSDB).

Leia Mais ►

sábado, 19 de março de 2022

Política: Pastores transformam MEC em balcão de interesses privados no governo Bolsonaro

Por Marcelo Hailer, no Forum: Desde que Bolsonaro assumiu o poder, em 2019, o Ministério da Educação se tronou alvo de sua base mais redical: os fundamentalistas religiosos, que acreditam estar em uma "batalha cultural" contra feministas, LGBTQIA+ e comunistas. E são os religiosos obscurantistas que hoje dão as cartas no MEC.

Leia Mais ►

sexta-feira, 19 de novembro de 2021

Bolsonaro pediu para trocar "golpe militar" por "revolução" no Enem

Jair Bolsonaro pediu para trocar "golpe militar" por "revolução" no Enem. O pedido teria sido feito por meio do ministro da Educação, Milton Ribeiro, a servidores da pasta. A informação foi divulgada pela Folha de S. Paulo. Segundo o jornal, integrantes do MEC revelaram que Ribeiro comunicou o pedido do presidente a integrantes do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), que realizam a prova do ENEM, e do MEC.

Leia Mais ►

sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

Ministério da Educação autoriza ensino remoto enquanto durar pandemia

www.seuguara.com.br/Ministério da Educação/ensino/pandemia/

O Ministério da Educação (MEC) homologou a resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE) que afirma que as escolas públicas e particulares do País pode oferecer ensino remoto enquanto durar a pandemia. O documento foi motivo de intenso debate e esperava aprovação desde outubro. Depois de longa negociação com o ministro Milton Ribeiro, do CNE tirou a data "31 de dezembro de 2021" do texto.
Leia Mais ►

quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

Educação: 'após recusa de universidades, MEC desiste de retorno da aulas em janeiro'

www.seuguara.com.br/Milton Ribeiro/ministro da educação/universiddades/

O Ministério da Educação vai revogar a portaria que determina a volta às aulas presenciais da universidades federais a partir de janeiro. O ministro Milton Ribeiro afirmou que vai consultar o mundo acadêmico antes de uma nova decisão. A portaria não foi bem recebida pelas instituições, com várias, como a Ufba e a UFRB, afirmando que manteriam a suspensão.

Leia Mais ►

sexta-feira, 26 de junho de 2020

No MEC, Decotelli explicará 117 computadores por aluno? Por Marcelo Auler

Publicado originalmente por Marcelo Auler*, em seu blog: Ao assumir o ministério da Educação, oficial da Marinha, bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), mestre pela Fundação Getúlio Vargas, doutor pela Universidade de Rosário (Argentina) e pós-doutor pela Universidade de Wuppertal, na Alemanha, terá muito a fazer para consertar o desgoverno que seu antecessor, Abraham Weintraub, protagonizou em pouco mais de 14 meses em que conseguiu ficar à frente da pasta.
Leia Mais ►

sábado, 28 de dezembro de 2019

Educação: MEC altera regras do Fies e do P-Fies

O Ministério da Educação (MEC) oficializou mudanças nas regras do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies). As duas resoluções foram publicadas no Diário Oficial da União desta sexta-feira (27). Dentre as novas regras está a exigência de nota mínima igual ou superior a 400 pontos na prova de redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que até então era necessário que o aluno não tirasse zero na prova.
Leia Mais ►

domingo, 9 de junho de 2019

Governo Bolsonaro deverá ir já na segunda-feira à Justiça para bloquear verbas da Educação

Da Agência Estado: A Advocacia-Geral da União (AGU) está preparando um recurso para derrubar a decisão da juíza federal Renata Almeida de Moura Isaaac, que suspendeu os bloqueios orçamentários realizados pelo Ministério da Educação (MEC) sobre as verbas destinadas às universidades federais e ao Instituto Federal do Acre.
Leia Mais ►

sábado, 1 de junho de 2019

Ministério Público dá 10 dias para MEC cancelar nota sobre manifestações pela Educação

Reportagem de Leandro Prazeres no UOL informa que o MPF (Ministério Público Federal) deu dez dias para que o MEC (Ministério da Educação) cancele a nota oficial divulgada ontem [30/05] na qual o órgão diz que professores, pais e responsáveis de alunos não poderiam divulgar informações sobre as manifestações que ocorreram em pelo menos 24 estados e no Distrito Federal contra a política educacional do governo do presidente Jair Bolsonato (PSL).
Leia Mais ►

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Presidente do Inep foi demitido porque Weintraub lhe pediu dados sigilosos de estudantes e ele se recusou a passar

Reportagem de Maria Clara Vieira na Veja - A confusão que culminou do agora ex-presidente do Instituto Nacional de Pesquisas e Estudos Educacionais (Inep), Elmer Vicenzi, começou quando o ministro da Educação Abraham Weintrub pediu acesso a dados sigilosos de estudantes, solicitação que foi negada pelo procurador-chefe do órgão.
Leia Mais ►

quinta-feira, 2 de maio de 2019

É hora de parar Bolsonaro, por Luis Nassif

Por Luis Nassif, no GGN - O país ainda não se refez do trauma do impeachment de Dilma. O desmonte institucional, induzido por Aécio Neves e convalidado pelo Supremo Tribunal Federal, produziu um caos geral. Assim, há sempre o prurido de reincidir e banalizar o impeachment como saída para as crises institucionais. Mas o caso Bolsonaro é diferente de tudo o que se viu no país antes e depois da democratização.
Leia Mais ►

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Governo volta atrás e confirma início do horário de verão para 4 de novembro

O governo federal anunciou nesta segunda-feira (15) a decisão de manter o início do horário de verão para o dia 04 de novembro. No início do mês, atendendo um pedido do Ministério da Educação, o Palácio do Planalto havia anunciado o adiamento para o dia 18 de novembro, mas voltou atrás. O objetivo era não prejudicar os candidatos do Enem, que realizam no dia 4, em todo país, a primeira das duas provas do exame e a segunda no dia 11 de novembro.
Leia Mais ►

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

MEC divulga primeira chamada do ProUni 2018

O resultado da edição do primeiro semestre de 2018 do Programa Universidade para Todos (ProUni), que concede bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior, já pode ser consultado no siteprouni.mec.gov.br. Cada candidato podia escolher até duas opções de curso, com integrais e parciais (50%). O critério era a nota obtida no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). A segunda chamada sai no dia 02 de março. Os cursos terão início ainda no primeiro semestre deste ano.
Leia Mais ►

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger