Mostrando postagens com marcador emprego. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador emprego. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Emprego garantido! - charge do Nani

Leia Mais ►

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

A verdadeira jabuticaba brasileira é o fim do Ministério do Trabalho, por Rodrigo de Lacerda Carelli

Artigo de Rodrigo de Lacerda Carelli*, para o JOTA info - Em um outro artigo discuti a lenda urbana de que a Justiça do Trabalho seria a "jabuticaba brasileira", ou seja, que seria algo que só existiria no Brasil. Demonstrei que não somente a Justiça especial para os conflitos laborais antecede em várias décadas à sua criação no Brasil, como ela existe na maior parte dos países importantes do cenário mundial, como Alemanha, Inglaterra, Noruega, Suécia, Espanha, Austrália, Nova Zelândia, México Chile, dentre outros.
Leia Mais ►

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Recorde histórico: 65,6 milhões sem emprego no Brasil

Via: O Essencial - Reportagem de Lucas Vettorazzo na Folha de S. Paulo informa que o número de pessoas que não trabalham e nem procuram emprego bateu recorde no país. Apesar da taxa de desemprego ter desacelerado no segundo trimestres do ano, o contingente fora da força de trabalho chegou a 65,6 milhões, alta de 1,2% sobre o período anterior e o mais alto da série histórica do IBGE, iniciada em 2012, informou o órgão nesta terça-feira (31).
Leia Mais ►

sábado, 11 de novembro de 2017

Já está valendo a reforma trabalhista que altera vários pontos da CLT

As novas regras previstas na reforma trabalhista aprovada em julho pelo Congresso Nacional, têm validade a partir deste sábado (11). A reforma altera mais de 100 artigos da CLT, Consolidação da Leis do Trabalho, e cria a modalidade de trabalho intermitente, por jornada ou hora de serviço, e o chamado teletrabalho, feito em casa. A nova legislação atinge todas as categorias regidas pela CLT, incluindo funcionários públicos e trabalhadores com regras específicas, como trabalhadores domésticos, atletas profissionais, aeronautas, artistas, advogados e médicos.
Leia Mais ►

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Redes sociais: eu sei quem você é, eu vi o que você fez!


Artigo de Adriane Werner (*), no Bem Paraná, chama a atenção para o cuidado que se deve ter nas redes sociais. Tudo o que você posta, comenta ou compartilha pode comprometer o seu perfil como profissional e ser preterido como candidato a um novo emprego. É cada vez mais comum profissionais de Recursos Humanos, recrutamento ou head hunters darem uma checada no perfil dos candidatos, antes de contratá-los para vagas de empregos.

"As redes sociais já fazem parte da vida dos brasileiros e devem ter cada vez mais espaço em nosso dia-a-dia. Especialistas na área afirmam até mesmo que os e-mails já estão perdendo espaço para a troca de informações e mensagens por meio das redes.


O uso de redes sociais deve ser feito com muita parcimônia por pessoas que precisam cuidar de seu perfil profissional. Mesmo que usem as redes apenas para contatos pessoais e para diversão, é importante não manchar a imagem profissional.

Elas são tão envolventes que, sem perceber, muitas pessoas chegam a perder produtividade no trabalho porque passam horas postando fotos, brincadeiras, jogos, participando de bate-papos, esquecendo-se das prioridades do trabalho. É por isso que muitas empresas restringem o acesso a várias redes. Como diz o ditado, “paga o justo pelo pecador”, e pessoas que utilizam as redes de forma racional e profissional acabam sendo prejudicadas com as restrições, e até mesmo empresas que poderiam ser beneficiadas com uma participação ativa nas redes perdem visibilidade porque se obrigam a adotar restrições.

Uso pessoal não pode ferir o perfil profissional
 
Mesmo que sua participação nas redes sociais seja unicamente com objetivos de alimentar relações pessoais e se divertir, há que se ter cuidado para não ferir sua imagem profissional.

As redes são ótimas para alimentar contatos sociais, marcar e comentar festas, postar fotos, divertir-se com tiradas bem humoradas, mensagens de reflexão, etc. Mas tudo isso deve ser postado e comentado com os devidos cuidados para que a credibilidade de sua pessoa não fique abalada.

É sabido que profissionais de Recursos Humanos, recrutamento ou head hunters analisam os perfis de candidatos antes de contratá-los para vagas de empregos. Portanto, mesmo que seus objetivos sejam apenas pessoais, zele por sua imagem na rede. É importante mostrar quem você é de fato,
verdadeiramente, mas pequenos deslizes em comentários ou postagens podem prejudicá-lo."

(*) Adriane Werner. Jornalista, especialista em Planejamento e Qualidade em Comunicação e Mestre em Administração. Ministra treinamentos em comunicação com temas ligados a Oratória, Media Training (Relacionamento com a Imprensa) e Etiqueta Corporativa.

Leia Mais ►

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

OIT revela que Brasil terá 700 mil desempregados em 2016

Agência Brasil (*) - "A Organização Internacional do Trabalho (OIT) prevê que o número de desempregados crescerá em 2,3 milhões de pessoas em todo o mundo este ano e em 1,1 milhão em 2017. Ou seja, em dois anos, 3,4 milhões de pessoas a mais farão parte do contingente global de desempregados.


Do total de trabalhadores que passarão a integrar as estatísticas do desemprego em 2016, segundo a OIT, 700 mil serão brasileiros. Os dados estão no relatório World Employment and Social Outlook – Trends 2016 (Emprego no Mundo e Perspectiva Social – Tendências 2016), divulgado hoje (19) pelo organismo multilateral.

Segundo a OIT, que é vinculada à Organização das Nações Unidas (ONU), as estimativas se baseiam nas projeções mais recentes de crescimento econômico. Na avaliação da entidade, a desaceleração econômica global ocorrida em 2015 tende a causar um impacto atrasado sobre os mercados de trabalho em 2016, resultando em um aumento nos níveis de desemprego, particularmente nas economias emergentes. A entidade destacou principalmente as economias da Ásia e América Latina.

Especificamente na América Latina, a OIT informou que o Brasil, “maior economia da região”, está “entrando em uma severa recessão”. Conforme o organismo, o fenômeno de queda na atividade econômica no país e em outras economias emergentes reflete “uma combinação do declínio em preços de commodities (produtos básicos com cotação internacional) e fatores estruturais”. Como principal problema estrutural na América Latina, foram citados os baixos ganhos em produtividade.

O organismo acrescentou que a economia asiática foi afetada pelo crescimento mais fraco do que o esperado na China, combinado ao menor preço das commodities. “Em 2015, o crescimento econômico da China caiu para abaixo de 7% (para 6,8%) pela primeira vez em mais de duas décadas".

Segundo previsão da OIT, a China terá um acréscimo de 800 mil no número de pessoas desempregadas, sendo 400 mil em 2016 e 400 mil em 2017."

(*) Mariana Branco - Repórter da Agência Brasil
Edição: Armando Cardoso

Leia Mais ►

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Sobre o Programa de Proteção ao Emprego [vídeo]

Com o objetivo de combater as demissões coletivas e suspensão de contratos de trabalho, o Programa de Proteção ao Emprego anunciado pelo Governo no início deste mês, começa a valer neste quarta-feira (22). O Programa permite que as jornadas de trabalho e salários sejam reduzidas em até 30%. A redução de até a metade dos salários serão custeadas pelo Governo Federal com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).
Leia Mais ►

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Concursos oferecem mais de 62 mil vagas no Brasil

Redação do Jornal A Tarde

"Estão abertas oportunidades em concursos públicos em todo o Brasil. Os destaques desta semana continuam sendo os editais para grandes órgãos federais, com oferta de aproximadamente 62.304 vagas, em 357 concursos para candidatos de todos os níveis de escolaridade, com ou sem experiência.
Leia Mais ►

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Governo aprova aviso prévio de até 90 dias

A partir de de hoje, 13/10/11, entra em vigor a Lei que concede aviso prévio de até 90 dias, proporcional ao tempo de serviço. A nova Lei prevê acréscimo de três dias por ano trabalhado, aos 30 dias já previstos em Lei, ao trabalhador que for demitido sem justa causa. Podendo chegar ao limite de 90 quando este atingir 20 anos de trabalho. O aviso prévio consta do artigo artigo 7º Constituição Federal, cujo texto definia que caberia ao Congresso Nacional.

Leia Mais ►

segunda-feira, 30 de março de 2009

Um concurso público pode ser uma grande oportunidade.

Em tempos de crise economica diminuem as chances de se conseguir um bom emprego, e até mesmo de conservar o que já se conquistou. É notório a queda do nível de emprego no país, e tornam-se raras as boas oportunidades de uma boa colocação no mercado de trabalho. Recentemente os veículos de comunicação veem dando um ênfase especial aos concursos da rede pública, pois vislumbra-se a possibilidade de adquirir a sonhada estabilidade no emprego. A grande rede está repleta de sites que informam tudo sobre concursos, dando dicas e mais dicas para que você possa se preparar para obter a aprovação necessária, inclusive sem ter que encarar cursinhos de qualidade duvidosa, que visam tão sòmente aproveitar a ocasião para ganhar dinheiro. Procure por dicas valiosas, tire todas as dúvidas antes de decidir-se pela opção de enfrentar esta batalha.
Como fui no passado um concurseiro de plantão julgo que antes de tudo uma boa preparação é fundamental não só para competir em boas condições com a forte concorrência desses concursos, mas também para criar um estado de segurança e tranquilidade no dia da realização das provas.
Nos tempos áureos, em que não era tão difícil estar empregado, mas ser um funcionário de uma empresa do governo era, eu disse era, uma condição de status e futuro garantido, a concorrência era a mesma. Então, não tinhamos esta facilidade de opções de aprendizado, focávamos no sonho, na determinação, na disciplina e na vontade de buscar uma condição melhor de vida.
O edital de um concurso para o Banco do Brasil, Caixa econômica, ou Petrobrás, era manchete em todos os jornais, e a página impressa estava nas mãos de todos os possíveis candidatos à uma vaga. Era através dele que comesávamos a pensar num plano de estudo. Verificava-se com cuidado o conteúdo das matérias a serem estudadas e buscava-se dissecar cada tópico, quer individualmente quer em grupo de estudo. Lembro que buscamos diversificar na escolha das apostilas, muito comum naqueles tempos, como é hoje a gama de opções através da Internet.
Uma vez traçado o plano de estudo, em grupo ou individualmente, o mais importante era partir para o sacrifício, cumprindo religiosamente o tempo dedicado à preparação. Aquele filme pra ver, o futebol, a balada tinham que ficar de fora. O lema era: foco no objetivo, com determinação para o sucesso. Afinal sem sacrificar alguma atividade em detrimento de outra mais importante, é condição fundamental para o atingimento da meta a que nos propomos.
Na véspera do dia "D", aí sim saímos para um glorioso "happy-hour", dormir cedo e conservar a a tranquilidade para o importante momento das provas.

Há mais sobre este assunto no Garimpaguara (link acima). Se você optou por esta alternativa, fé em Deus e pé na táboa!



Postagem Relacionada: Determinação.
Leia Mais ►

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger