Mostrando postagens com marcador guerra. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador guerra. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

É guerra. Por Luis Fernando Veríssimo

Por Luis Fernando Veríssimo - Nós estamos sendo atacados. Quem somos nós? É difícil nos definir. Temos tipos diferentes. Somos de raças e idades diferentes. Nossos cortes de cabelo, formatos do nariz, formatos de orelhas, gostos musicais, manias, interesses, preocupações, alergias, saldos bancários e cheiros corporais são variados, e trocemos por times diferentes.
Leia Mais ►

terça-feira, 9 de julho de 2019

Transformar a política em guerra total só produz vencidos, por Fernando Brito

O governo Bolsonaro, a rigor, é o corolário de um processo que se iniciou há seis anos, quando se começou a colocar a demagogia moralista no lugar da política. Melhor dito, foi o corolário, porque já passamos para a fase em que o moralismo vai se tornando Inquisição e desejo de extermínio do que se considera pecador, herege, blasfemo.
Leia Mais ►

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

A guerra do pré-sal

O Senado Federal decidiu na noite desta terça-feira (23), pela manutenção do regime  de urgência na tramitação PLS 131. Foram 33 votos a favor e 31 contra, com 16 ausências. De autoria do senador José Serra (PSDB-SP), o PLS propõe mudanças no sistema de partilha, que assegura participação da Petrobras em 30% da exploração do pré-sal, permitindo exclusividade às petrolíferas estrangeiras. Serra, tem o apoio do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB).
Leia Mais ►

sábado, 5 de setembro de 2015

“Estamos prontos para a guerra”: o fanatismo político chega ao extremo


Por Marina Rossi, no EL PAÍS/Brasil – “Uma foto do presidente da juventude do PSDB do Espírito Santo, Vitor Otoni, vestindo trajes militares, boné e óculos escuros e apontando uma arma para o além, ilustra o momento delicado pelo qual passa a política brasileira. A imagem é uma reprodução do Facebook de Otoni e foi publicada pelo jornal A Tribuna de Vitóriano domingo, dia 30. "Podem vir Evo Morales, (Nicolás) Maduro,MST, e os esquerdopatas do cão, estamos prontos para a guerra", dizia o post reproduzido no jornal.


A "guerra" de Otoni circula poucos dias depois de o advogado tucano Matheus Sathler Garcia ter publicado um vídeo dizendo que "arrancaria a cabeça" de Dilma Rousseff. “Assuma seu papel, tenha humildade para sair do nosso país, porque, caso contrário, o sangue vai rolar, e não de inocentes. […] Com a foice e com o martelo, vamos arrancar sua cabeça e pregar, e fazer um memorial para você”, afirmou.

Satler é filiado ao PSDB e foi candidato a deputado federal pelo Distrito Federal no ano passado. É também do movimento Mais valores menos impostos. No mesmo vídeo, ele sugere que Dilma se suicide. “Dilma Rousseff, renuncie, fuja do Brasil ou se suicide até o dia 6 de setembro. Caso contrário, dia 7 de setembro não vamos pacificamente para as ruas. Vamos juntamente com as forças armadas populares do Brasil defender o povo brasileiro e te tirar do poder".

O extremismo de ameaçar de morte um presidente mostra que a guerra fria estabelecida durante as eleições do ano passado está saindo do controle. Sem um muro de Berlim, militantes prós e contra o governo trocam ofensas e ameaças publicamente sem pudor. No último domingo, um bate-boca na avenida Paulista em torno do boneco "Lula inflável", do ex-presidente vestido com roupa de presidiário, teve militantes dos dois lados com ânimos exaltados. Ninguém se feriu, mas poderia ter sido diferente.


No dia 16 de agosto, data da última manifestação pró-impeachment, algumas pessoas que vestiam camisetas vermelhas nas ruas do Rio e Curitiba chegaram a ser agredidas, e outras tiveram que sair da rua com escolta policial pela afronta.

"Às vezes, infelizmente, a guerra contra os perversos é um meio de se obter a paz", afirmou Matheus Sathler em sua página no Facebook, para repostar a seguinte mensagem por ele recebida: “Parabéns amigo pela sua luta esse Governo vagabundo corrupto, se você matar a Dilma a gente mata o resto, e se você precisar de ajuda pode contar comigo, não tenho medo de morrer nessa luta, não é esse país que quero deixar para os meus descendentes”.
O vídeo do advogado causou reação em Brasília. Nessa terça-feira, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, determinou que a Polícia Federal abra inquérito para apurar as declarações de Sathler.


Por meio de nota, o PSDB afirmou que vai solicitar ao Conselho de Ética do partido a abertura de processo disciplinar contra Sathler "com o objetivo de expulsá-lo do partido". Sobre o caso de Vitor Otoni, a assessoria de imprensa do partido no Espírito Santo afirmou que a Executiva do PSDB ainda avalia que tipo de providência será tomada.

***
Leia Mais ►

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Há 100 anos o futebol parava a primeira guerra mundial

Para lembrar os cem anos da trégua de Natal durante a Primeira guerra Mundial, jogadores do futebol da Inglaterra do passado e do presente, técnicos e árbitros participaram de um vídeo recitando o poema “The Game, Christmas Day 1914” (em tradução livre: O Jogo, Dia de Natal de 1914). Nele aparecem, o zagueiro belga do Manchester City Vincent Kompany, o goleiro Wojciech Szczesny, do Arsenal, e o atacante Charles Austin, do Queens Park Rangers.
Leia Mais ►

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Bombardeios em Gaza deixaram 392 crianças mortas e 2.502 feridas, segundo Unicef

Redação, RBA
 
"Para chefe da entidade, o futuro das crianças em Gaza é 'desalentador'. 'Ninguém deve se surpreender se algumas crianças palestinas tomarem um caminho mais extremo', diz. 

Os bombardeios do exército de Israel em Gaza deixaram 392 crianças mortas e 2.502 feridas, segundo a Unicef, que calcula em 370 mil o número de menores que necessitam urgentemente de ajuda psicológica.
Leia Mais ►

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Gaza - isto você não vê na mídia [vídeo]


Leia Mais ►

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

As aventuras de ZUG.

Certa ocasião fora apresentado o cartum abaixo (de Jaguar) a um grupo de estudantes adolescentes para que eles desenvolvessem um texto.



Por razões óbvias, achei este bastante criativo e reflexivo também. Tanto naquela ocasião como agora. Encontrei-o "garimpando" em meu próprio (córrego) baú, pois quando a gente está em fase de mudança revira-se em coisas antigas que uma vez em nossas mãos ou diante de nossos olhos estas se tornam onipresentes, trazendo de volta boas e emotivas lembranças, como se estivessem acontecendo agora!
A interpretação me fez lembrar da frase: "O homem é o lobo de si próprio" (li não sei onde), se não li, ouvi por aí, conquanto não sei quem é o autor nem quem falou.
De qualquer forma foi muito bom re-ler (acho que esse hífen não caiu), e sem lisonja, um jovem de 15 anos escrevendo assim... é pra reforçar a esperança que se tinha, outrora em nossos adolescentes e se tem hoje em nossos audazes (criativos) e corajosos jovens.

Segue o texto original:

Evoluindo para a destruição.

ZUG era sem dúvida o melhor da tribo no manejo das pedras, e todos o temiam. Justamente por isso ele era o chefe da nossa comunidade. Nós não tinhamos Lar fixo, e viajávamos muito. Entre nossa viagens a gente às vezes encontrava povos hostis, e ZUG sempre estava lá para nos proteger, acabava com todos num piscar de olhos, apenas atirando suas pedras.
Porém, o mundo começava a evoluir e a gente não acompanhava essa evolução. Os outros integrantes da tribo eram mais fracos e todos acabavam morrendo. Só sobrara eu e o ZUG.
Continuamos a nossa caminhada pelo mundo, e a cada década surgiam coisas cada vez mais estranhas.
Certa vez nos deparamos com dois povos guerreando, mas eles não utilizavam pedras, nem flechas e sim uns instrumentos estranhos que faziam muito barulho. Por todo o lado havia veículos estranhos. Parecia que todos os povos daquele mundo "evoluído" estavam em guerra.
ZUG e eu escutamos um fortíssimo estrondo e de repente estávamos sós num mundo totalmente estranho.
O que nós não aceitamos foi que o homem "evoluído" pudesse destruir seu próprio lar.

(By Maycoln Primo-15 anos-out/1994).
Leia Mais ►

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger