Mostrando postagens com marcador ministro da Educação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ministro da Educação. Mostrar todas as postagens

sábado, 11 de julho de 2020

'Outro vídeo que Milton Ribeiro terá de apagar: ele criticou a teologia da prosperidade de Edir e Malafaia'

www.seuguara.com.br/Milton Ribeiro/ministro da Educação/governo Bolsonaro/
Por Joaquim de Carvalho, no DCM - Milton Ribeiro já apagou do YouTube o vídeo em que, contrariado lei 13.010/2014, defendeu castigo físico que provoque dor em crianças. Agora tem esse vídeo, em que ataca a teologia da prosperidade defendida por Edir Macedo, Silas Malafaia, RR Soares, Valdemiro Santiago e Marco Feliciano, todos bolsonaristas barulhentos. [Assista o vídeo abaixo]. 
Leia Mais ►

sexta-feira, 26 de junho de 2020

No MEC, Decotelli explicará 117 computadores por aluno? Por Marcelo Auler

Publicado originalmente por Marcelo Auler*, em seu blog: Ao assumir o ministério da Educação, oficial da Marinha, bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), mestre pela Fundação Getúlio Vargas, doutor pela Universidade de Rosário (Argentina) e pós-doutor pela Universidade de Wuppertal, na Alemanha, terá muito a fazer para consertar o desgoverno que seu antecessor, Abraham Weintraub, protagonizou em pouco mais de 14 meses em que conseguiu ficar à frente da pasta.
Leia Mais ►

domingo, 21 de junho de 2020

Demitido do governo bolsonaro, Weintraub vai ganhar cargo no Banco Mundial com salário triplicado

Considerado por quase toda a Nação como o pior ministro da Educação da história do Brasil, Abraham Weintraub foi demitido do cargo na última quinta-feira (18). Seu provável destino é Washington (EUA), onde, como economista, deve assumir uma representação brasileira no Banco Mundial recebendo um salário quase quatro vezes maior do que ganhava como ministro.
Leia Mais ►

sábado, 13 de junho de 2020

Weintraub não poderá escolher reitores biônicos

Por Nocaute: Apesar de não avisar ao presidente da República, Jair Bolsonaro, o que faria, o presidente do Congresso, Davi Alcolumbre, devolveu na manhã desta sexta-feira (12) para o Palácio do Planalto a Medida Provisória (MP) que permite ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, indicar os reitores de universidades federais.
Leia Mais ►

segunda-feira, 6 de abril de 2020

Ministro da Educação Abraham Weintraub cria nova crise diplomática com a China

Nocaute - Poucas semanas depois depois do impasse diplomático com a China provocado por Eduardo Bolsonaro, que obrigou o pai Jair a ligar para Pequim e fazer as pazes, agora foi o ministro da Educação, Abraham Weintraub, usando o personagem do Cebolinha, de Maurício de Souza, criar nova crise com o país. No final de semana, o ministro postou em seu Twitter uma chacota usando o personagem troca-letras.
Leia Mais ►

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

"O que o governo vai fazer por vocês? Nada! Vocês têm que se virar", diz Weintraub em evento

Da Zero Hora, via: O Essencial - Com repetidas e duras críticas a professores de universidades públicas, administrações petistas e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, fez um pronunciamento de 20 minutos no 21º Fórum de Ensino Superior (Fnesp), em São Paulo, no final da manhã desta quinta-feira (26).
Leia Mais ►

domingo, 1 de setembro de 2019

Vingança - charge do Amarildo

Leia Mais ►

sexta-feira, 10 de maio de 2019

Ministro da Educação usa chocolates para explicar cortes na Educação e ainda erra a conta [vídeo]

Na live, Abraham Weintraub perguntou se Bolsonaro gostava de chocolate e abriu quatro caixas que, disse, contêm 25 unidades cada uma. Com os 100 chocolates na mesa, citou "uma universidade federal típica, normal, dessas que a gente vê por aí", com "orçamento 1 bilhão de reais por ano", e afirmou que "está todo mundo apertando o cinto".
Leia Mais ►

quinta-feira, 28 de março de 2019

Deputada de 25 anos coloca Ministro da Educação contra a parede: "Cadê os projetos?" [vídeo]

O ministro da educação, Ricardo Veléz, participou, nesta quinta-feira, de uma reunião na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, onde foi duramente questionado sobre as seguidas nomeações e demissões em cargos da pasta. A participação mais crítica e incisiva na reunião, no entanto, ficou por conta da deputada federal Tábata Amaral (PDT-SP), cientista política e astrofísica de 25 anos e estreante na Casa.
Leia Mais ►

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger