Mostrando postagens com marcador notícias falsas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador notícias falsas. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 7 de outubro de 2020

TSE divulga canal para denúncias de disparo de mensagens em massa sobre eleições 2020

www.seuguara.com.br/TSE/eleições 2020/denúncias/fake news/

Por Suedna Lima, no Polêmica Paraíba - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou um link no qual os eleitores podem denunciar disparos de mensagens em massa durante as eleições municipais deste ano. Através desta página também é possível denunciar informações falsas, as populares Fake News.
Leia Mais ►

terça-feira, 23 de junho de 2020

TSE rejeita dados que permitem identificar disparos em massa de 'fake news' pelo Whatsapp

O corregedor do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Og Fernandes, decidiu ignorar documentos do WhatsApp que permitiriam identificar os autores de disparos em massa nas eleições de 2018. Esses dados estão em posse da CPI das Fake News no Congresso Nacional e no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em São Paulo.
Leia Mais ►

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Justiça: PF faz busca e apreensão contra aliados de Bolsonaro em investigação sobre fake news contra o STF

Por Ricardo Brito e Eduardo Simões, na Reuters: A Polícia Federal cumpre nesta quarta-feira mandados de busca e apreensão contra aliados e apoiadores de presidente Jair Bolsonaro no âmbito do inquérito que apura ataques e notícias falsas contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), e entre os alvos da operação estão o ex-deputado federal e presidente do PTB, Roberto Jefferson, e o empresário Luciano Hang, dono das Lojas Havan.
Leia Mais ►

sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

TSE aprova punição a fake news e disparo em massa na campanha eleitoral

Por Marina Barbosa, no Congresso em Foco - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu punir aos candidatos que divulgarem notícias falsas ou fizerem disparo de conteúdo em massa na internet durante a campanha eleitoral do próximo ano. A punição está prevista na resolução que fixa regras da propaganda eleitoral de 2020 e foi aprovada na noite dessa quarta-feira (18) com novidades como uma específica sobre a propaganda eleitoral na internet.
Leia Mais ►

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Interferência online afeta eleições em todo o mundo

Estudo realizado por uma agência de monitoramento da democracia, chamada Freedom House, revela que governos e elementos locais [políticos e empresários] utilizaram a internet para influenciar 26 de 30 eleições nacionais em todo o mundo, incluindo a situação no Brasil.
Leia Mais ►

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Rede de fake news pró-Bolsonaro continua operando no Whatsapp

Falando Verdades - A rede de fake news bolsonarista continua atuando ativamente no aplicativo de mensagens Whatsapp, segundo reportagem do UOL, as contas que foram usadas na eleição de 2018, cerca de 80% da estrutura continua ativa e segue espalhando fake news e mirando adversários políticos de Bolsonaro espalhando pautas a favor do presidente, as informações do UOL, foram obtidas por coletivos de ativistas digitais como o "Hackers pela democracia", que conseguiu mapear 1355 linhas telefônicas que continuam a operar o compartilhamento em massa de notícias falsas pró-Bolsonaro.
Leia Mais ►

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Política: Congresso Nacional derruba veto de Bolsonaro e agora replicar fake news dá até 8 anos de cadeia no Brasil

Na sessão realizada nesta quarta-feira (28), no Congresso Nacional, 326 deputados e 48 senadores derrubaram o veto de Jair Bolsonaro a respeito da disseminação de fake news. No mês de junho deste ano, o presidente impediu que dispositivo da Lei 13.834/2019 instaurasse uma pena maior para quem replicasse ou reproduzisse notícias falsas para fins eleitorais envolvendo candidatos.
Leia Mais ►

sábado, 6 de julho de 2019

Glauber Braga é alvo de fake news espalhadas por apoiadores de Sergio Moro

Nos últimos dias o deputado Glauber Braga (PSOL-RJ) vem sendo vítima de ataques nas redes sociais por apoiadores do ex-juiz Sérgio Moro. O motivo das calúnias é o fato do parlamentar ter chamado o atual ministro da Justiça de ladrão durante audiência em que teve que explicar as mensagens vazadas pelo site The Intercept Brasil, onde aparece conversando com procuradores da força tarefa da Lava Jato, tornando o julgamento tendencioso. A Fala de Braga foi determinante para que a reunião fosse encerrada em meio a muita confusão.
Leia Mais ►

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Pesquisa: Brasil tem a população que mais acredita em fake news no mundo

Por Maria Fernanda Garcia, no Observatório do Terceiro Setor - Segundo dados de uma pesquisa divulgada no fim do ano passado pelo Instituto Ipsos, os brasileiros são os que mais acreditam em fake news (notícias falsas) no mundo. De acordo com o estudo, no Brasil, 62% dos entrevistados admitiram já ter acreditado em alguma notícia falsa.
Leia Mais ►

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Política: Dilma Rousseff desmente fake news sobre ela dita por Bolsonaro em entrevista à TV italiana

A ex-presidente Dilma Rousseff divulgou, na noite desta segunda-feira (21), nota desmentindo uma fake news de Jair Bolsonaro dita em uma entrevista à TV estatal italiana, a RAI. Como de praxe, seus apoiadores vêm disseminando a fake news há bastante tempo, desde a campanha eleitoral de 2010. Bolsonaro concedeu a entrevista na última quarta-feira (16), e mais uma vez insistiu com a notícia falsa. 
Leia Mais ►

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Entrevista: governo Bolsonaro e imprensa - 'Autorreflexão será importante para a mídia brasileira'

Depois do período da ditadura militar, o Brasil passou um longo tempo sem que a extrema direita assumisse o Poder Central do país. A mudança radical que acontece a partir de agora, no alto comando do governo brasileiro, impõe novos desafios à imprensa. Diante desta nova realidade, o jornalismo terá que se reinventar num contexto de descrédito geral, diz a cientista política Paula Diehl, docente nas Universidades Humboldt de Berlim e de Bielefeld, em entrevista à DW/Brasil. 
Leia Mais ►

sábado, 1 de dezembro de 2018

Política: Ministério Público quer cassar eleição de Fernando Francischini (PSL) por uso de fake news

Por Rafael Neves, especial para o Congresso em Foco - A Procuradoria Regional do Paraná (PRE-PR) pediu à Justiça Eleitoral, nesta quinta-feira (29), a casação do diploma (que será expedido no próximo dia 18) e a inelegibilidade por oito anos do deputado federal Fernando Francischini (PSL-PR).
Leia Mais ►

domingo, 18 de novembro de 2018

Retorno ao paraíso! - Mais uma charge do Genildo Ronchi sobre fake news, desta vez explicada nos mínimos detalhes

Leia Mais ►

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Política: Bolsonaro usa informações falsas ao acusar o PT de espalhar fake news

O candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL), publicou nesta sexta-feira um vídeo afirmando que Fernando Haddad (PT) "espalha agora os mais variados fake news" sobre ele. No entanto, o candidato cita várias informações falsas sobre seu adversário, ou que já foram desmentidas e negadas pelo petista. Bolsonaro começa o vídeo dizendo que "Haddad, após receber de presente uma bíblia, simplesmente a jogou no lixo, zombando da nossa fé".
Leia Mais ►

terça-feira, 9 de outubro de 2018

Política: Bolsonaro recusa pacto contra fake news ao chamar Haddad de canalha

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) recusou a proposta do adversário Fernando Haddad (PT) para que ambos unissem esforços para combater a disseminação de notícias falsas, os chamados fake news, nas redes sociais, notadamente através do Whatsapp. Haddad propôs que eles assinassem um protocolo ético em relação ao segundo turno das eleições pedindo uma campanha limpa, sem mentiras e ataques anônimos. Bolsonaro, disse não. 
Leia Mais ►

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Facebook retira do ar rede de fake news ligada ao MBL antes das eleições 2018

Por Brad Haynes - reportagem adicional de Lais Martins - SÃO PAULO (Reuters) - O Facebook retirou do ar nesta quarta-feira uma rede de páginas e contas usadas para divulgação de notícias falsas por membros do grupo ativista de extrema-direita Movimento Brasil Livre (MBL), disseram fontes à Reuters, como parte dos esforços para reprimir perfis enganosos antes das eleições de outubro.
Leia Mais ►

sábado, 16 de junho de 2018

Mídia e redes sociais: as notícias falsas e dicas simples para identificá-las


Com a popularização da internet e o vertiginoso avanço tecnológico, as notícias falsas, chamadas fake news, proliferaram de uma maneira acentuada na grande rede. Notadamente através dos blogs e das redes sociais, causando um estrago muitas vezes irreversível. Quando o assunto é política, a questão sempre foi uma ameaça constante. Durante as campanhas eleitorais, vira um fenômeno capaz de influenciar a opinião pública e induzir cidadãos e cidadãs ao erro, no momento de decidirem o voto, nesse ou naquele candidato.
Leia Mais ►

sábado, 3 de março de 2018

Senado discute proposta para apagar conteúdo considerado fake news

Por Fernando Martines, no Conjur - Os limites entre liberdade de expressão, notícias falsas e interferência criminosa por meio de mentiras em assuntos de interesse nacional começa a ser debatido em nível legislativo. Na próxima segunda-feira (05/03), o Conselho de Comunicação Social do Senado discute um anteprojeto de lei que criminaliza a criação e disseminação de fake news.
Leia Mais ►

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

O desafio das "fake news" nas eleições de 2018

DW/Brasil - Enxurrada de notícias falsas nas redes levam autoridades brasileiras a discutir leis para combater o problema. Especialistas, no entanto, alertam para os riscos à liberdade de expressão. - O filho do ex-presidente Lula é dono do frigorífico JBS. A ex-presidente Dilma Rousseff tentou o suicídio ao se ver encurralada pelo impeachment. O delator Alberto Yousseff foi encontrado morto na véspera das eleições de 2014.
Leia Mais ►

domingo, 4 de junho de 2017

Pesquisa mostra campeões na divulgação de fake news da semana: G1 e O Globo

Por Antonio Mello, em seu blog - O Monitor do Debate Político no Meio Digital é um projeto que mapeia as redes analisando e medindo o compartilhamento de notícias. Eles recolhem todas as matérias de política brasileira de 118 fontes de 82 veículos de comunicação. 
Esta semana monitoraram a divulgação das principais “fake news”.

Foram dois os boatos que tomaram as redes nos últimos dias:

1. “Delegado que investigava morte de Teori Zavascki é assassinado”

2.  “Irmão de Suzane Richthofen é retirado da Cracolândia” Quem foram os campeões na divulgação desses boatos?

O do delegado da PF: G1 (das Organizações Globo) com 14 mil compartilhamentos.O do irmão de Suzane: O Globo, com 47 mil compartilhamentos. Números completos:

Dois boatos divulgados inclusive pela grande mídia nos últimos dias. O primeiro é sobre a morte do delegado Adriano Antonio Soares que a imprensa erroneamente noticiou estar investigando a morte de Teori.

O segundo é sobre o irmão de Suzane Richthofen que foi detido na Zona Sul, mas grande parte dos veículos noticiou que ele fora encontrado na Cracolândia. Veículos que noticiaram o primeiro boato com variações da manchete: “Delegado que investigava morte de Teori Zavascki é assassinado”

1) Notícias Brasil Online: 14 mil compartilhamentos
2) G1: 14 mil compartilhamentos
3) Yahoo: 13 mil compartilhamentos
4) EM: 10 mil compartilhamentos
5) Veja: 10 mil compartilhamentos
6) Debate Progressista: 10 mil compartilhamentos
7) DCM: 9 mil compartilhamentos
8) Plantão Brasil: 8 mil compartilhamentos
9) Papo TV: 7 mil compartilhamentos
10) O Globo: 7 mil compartilhamentos
11) Infomoney: 7 mil compartilhamentos
12) Exame: 5 mil compartilhamentos
13) Diário do Brasil: 4 mil compartilhamentos
14) Folha Política: 4 mil compartilhamentos
15) Esquerda Valente: 3 mil compartilhamentos

Veículos que noticiaram o segundo boato com variações da manchete: “Irmão de Suzane Richthofen é retirado da Cracolândia”

1) O Globo: 47 mil compartilhamentos
2) IstoÉ: 20 mil compartilhamentos
3) Fernando Francischini: 17 mil compartilhamentos
4) Papo TV: 8 mil compartilhamentos
5) Diário de Pernambuco: 5 mil compartilhamentos
6) Notícias Brasil Online: 3 mil compartilhamentos
7) O Dia: 3 mil compartilhamentos
8) Extra: 3 mil compartilhamentos
9) JC Online: 1 mil compartilhamentos

Cabe esclarecer que muitos desses veículos publicaram notas de retratação, corrigiram a matéria e/ou a tiraram do ar.

Já está na hora de atualizar o refrão: O Povo não é bobo / Abaixo as Organizações Globo.

Fonte: Monitor do debate político no meio digital

Leia Mais ►

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger