terça-feira, 19 de julho de 2011

Debate - Segurança da Informação na Internet [vídeo]

A invasão dos sites oficiais do governo, inclusive da conta pessoal da presidente Dilma Rousseff, ocorrida recentemente, levou a mídia em geral a produzir uma enxurrada de informações e questionamentos acerca da segurança das informações na internet. O alarido e a preocupação com o tema foi tão grande, que levou parte da imprensa e seus leitores a interpretar e divulgar fatos equivocados em relação a matéria.
Por exemplo, as definições dos termos Hackers e Crackers, regularmente aparecem no contexto de uma forma obscura. Este ponto, entre outros, é tema do debate transmitido pela programa 3a1, da TV Brasil, que vai ao ar toda quarta-feira a partir das 22:00 hs. Bem na hora do futebol. Como na maioria das vezes, em se tratando de assistir TV, a preferência pelo entretenimento vem antes da informação (no caso de quem gosta de futebol), resolvi postar aqui as três partes do vídeo, que mostra a íntegra da conversa onde são tratadas questões relevantes sobre o assunto em pauta.

Participaram do debate a delegada da DCRI, Delegacia de Repressão a Crimes de Informática, Helen Sardenberg; o sócio diretor técnico do Grupo Clávis, Rafael Ferreira; e o especialista em Direito Digital da Fundação Getúlio Vargas, Luiz Moncau. Que também respondem perguntas dos telespectadores. A apresentação é do reporter, Luis Carlos Azedo.

A propósito, durante a 12ª edição do Fórum Internacional do Software Livre (FISL 12), que aconteceu em Porto Alegre de 29 de Junho a 2 de Julho, muito se falou sobre o tema. Ali se definiu muito bem a diferença entre cracker e hacker. Este Fórum teve como base o "Marco Civil da Internet", e o Projeto de Lei 84/99, que "dormita" (e não tramita) no congresso como menciona no debate a delegada, Helen Sardenberg. Este Projeto, como todos sabem, ficou conhecido como o AI-5 Digital. Define, por um lado, a aplicabilidade da Lei sobre crimes cometidos através da internet. Por outro, vem criar barreiras contra a liberdade de expressão e pensamento. É combatido veementemente na Blogosfera.

Antes do vídeo, é interessante observar uma matéria do Jornal O Estado de São Paulo, publicada em vários outros sites, com o título: Hackers querem ensinar governo a abrir seus dados na internet. Trata-se de um manual elaborado por um grupo de hackers organizados na comunidade Transparência Hacker em parceria com o Comitê Gestor da Internet e o W3C (consórcio de empresas que trabalham na padronização de dados na internet). Diga-se de passagem, também poderá ser usado como instrumento para inibir um dos grandes malefícios do nosso país, que é a corrupção.
Por essa e outras é que podemos constatar que um Hacker, não é bem aquilo que nos levaram a acreditar que era. Vale a pena conhecer este manual. 

Vamos ao vídeo.













Imagem: clickPB.
  
RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger