quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Sensacionalismo, boato e informação na Internet

Ainda não há Lei suficiente que possa gerar jurisprudência necessária para definir a pena para crimes na Internet. Enquanto o sistema judiciário não tiver a mesma velocidade com que se propagam pequenos e grandes delitos cibernéticos, teremos este campo fértil para plantar boatos, mentiras, meias verdades, a propagar sensacionalismo e confundir as pessoas. Sem se darem conta ou mesmo ao trabalho de checar a fonte das informações disponíveis e ou recebidas, boa parte dos internautas segue repassando e compartilhando através das redes sociais, sem o mínimo de reflexão. Contribuindo para aumentar a grande bola de neve de hoaxes, lendas, pulhas virtuais, spams, existentes no mundo virtual, quase sempre inseguro e sem credibilidade.
Há que se ter critério rigoroso ao navegar por este turbilhão de sites e blogs em busca de entretenimento, ou informação legítima e verdadeira, sob pena deste hábito resultar em uma grande perda de tempo, aborrecimentos, e enganação.

Persiste ainda, e acho que isso não vai parar tão cedo, o compartilhamento através do correio eletrônico, de correntes, falsos e-mails, textos apócrifos, vídeos mentirosos. Não se sabe até quando este hábito inconsciente e às vezes pernicioso, pode durar. Sem que as pessoas se derem conta que estão também, a contribuir para o aumento da grande montanha de lixo existente na Internet.

Sorte nossa que existe um grupo consciente que ajuda a desmantelar essa grande rede de ilusão e falsidades, dentro da grande rede. Um exemplo bem recente está em um vídeo que rapidamente se tornou um viral, e ainda rola por aí como verdadeiro, porém há muito desmascarado. Trata-se daquele padre que se recusou a realizar um casamento por que fora informado que a noiva estava sem calcinha e sem se depilar. Não bastasse a paranóia que causou, tendo mesmo até quem com base na atitude do padre saísse em defesa da moral e dos bons costumes, foi criada outra versão. Até foi vinculado como notícia verdadeira, mas tão falsa quanto a primeira, tendo como personagem central o mesmo (padre) artista.

A farsa foi mostrada em uma reportagem do programa Superpop da apresentadora Luciana Gimenez (que de vez em quando apresenta alguma coisa relevante), da Rede TV, comprovando tratar-se de mais um viral, e de como é fácil criar uma lenda na Internet. A matéria foi publicada no Genizah, no final de Agosto deste ano.

Confira abaixo, porque talvez você não venha a receber por e-mail.





Por outro lado, há que saiba usar o sistema para ter sucesso na rede, e ganhar dinheiro. A referência é o site Sensacionalista-um jornal isento de verdade. Em matéria de humor é um dos meus preferidos. Como o própria denominação fala, o portal tem como base de seu conteúdo tudo o que é produzido na mídia em matéria de sensacionalismo e boatos, envolvendo celebridades e personagens importantes. Essa é a matéria prima para as excelentes matérias de sátira e bom humor postadas ali. Que inclusive já foram reproduzidas como notícias verdadeiras em alguns Blogs e sites.
 
Veja no vídeo abaixo, mais sobre o Sensacionalista,  e sobre tudo isso.   







Via: informáticadesvendada.
Imagem: tecmundo.
RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

1 Comentário:

Tiozão das Batidas disse...

Orgulhosamente programei uma 'chamada' para este ótimo artigo no novo site dos Blogueiros do Brasil. O post será publicado dia 04/10 às 18:00 hs.

Abraços cordiais.

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger