quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Berlusconi - por detrás dos escândalos, a comédia

No último sábado (12), o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, renunciou ao cargo tão logo o parlamento aprovou o pacote de austeridades reivindicadas pela União Europeia, cujo objetivo é tirar a Itália da crise econômica. À frente da política por quase duas décadas, o chamado "II Cavaliere", viu ruir sua popularidade em vista de uma série de escândalos em que se envolvera.


Enquanto o povo italiano sofria, o ex-premiê promovia as famosas festas particulares, conhecidas como "Bunga Bunga".




A devassidão do magnata das comunicações, ganhou também as páginas de humor de alguns sites e Blogs, depois de tirar a Itália da zona do euro e colocá-la na zona do meretrício. Surgiu até um resumo de uma fictícia pesquisa sobre o comportamento sexual da mulher italiana, publicada originalmente no site Sábado.pt, intitulada L'ultima dei Silvio: Il sondaggio

"Métodos
Pesquisa sob a forma de entrevistas realizadas em italiano durante o dia de San Gennaro.
Amostragem de 250 mulheres nascidas na Itália, com idades entre 20 a 30 anos, e escolhidas pela boa aparência.
Todas as abordagens aconteceram em Piazza del Popolo.
Acompanhante masculino foi considerado critério de exclusão.
Para evitar as variações inter-individuais apenas um entrevistador fez a pergunta padrão da entrevista: Aceita transar comigo?
Pesquisa com evidente conflito de interesses.
Resultados
Trinta por cento das mulheres responderam: Sim. Setenta por cento responderam: Outra vez, Berlusconi!?
Discussões
Acabaram em gráfico de pizza.


Conclusões
Os resultados indicaram que cem por cento das mulheres italianas entre 20 e 30 anos e com boa aparência já estiveram ou vão estar em uma festa Bunga Bunga."

O Paulo Gurgel, que publicou a pesquisa acima no Entre Mentes, criou para o slideshow para explicar o que realmente teria acontecido quando o "Belusca", sofreu violenta agressão pública.





Conforme notícias sobre a renúncia de Silvio Berlusconi, publicadas pelo Ultimo Segundo.ig.com.br, o analista político Peter Gomez, autor de vários livros sobre Berlusconi, os parentes do magnata da Fininvest o obrigarão a seguir na política. "Sua filha Marina, por exemplo, já disse claramente que não aceita ser nem um centavo menos rica ou poderosa" - disse Gomez.



Crédito das imagens: businessinsider
RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger