sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Fim do mundo à luz da Ciência

Uma quantidade crescente de filmes sobre o fim do mundo, e outras fantasias produzidas pela mente humana, revelam certa fascinação do ser humano pelo dia do juízo final, e que estaria bem próximo de acontecer. Há 3.500 milhões de anos a vida apareceu na Terra com toda sua fragilidade diante das catástrofes e e fenômenos naturais, advindos ao longo da história causando de milhões de mortes. Das 4.000 espécies que já existiram no planeta, 99% estão extintas.
 
No decorrer de 500 milhões de anos, pelo menos cinco extinções em massa ocorreram, extinguindo 75% das espécies. Uma delas ganhou status de "fim do mundo". Acredita-se que a queda de um meteorito há 65 milhões, causou terremotos e tsunamis em toda a terra e a poeira subiu no ar cobrindo o sol por vários anos. Fenômenos dessa magnitude, só ocorrem uma vez a cada cem anos, segundo a ciência.

Outros fenômenos naturais também podem causar uma catástrofe goblal, mas, a mais perigosa é exatamente a própria atividade humana. Nossa espécie tem a capacidade de mudar o mundo, e por isso pode levá-lo rapidamente ao fim. Apesar de toda advertência do mundo científico em relação à preservação do meio ambiente. É fato, de que a a maioria dos seres humanos não está plenamente consciente da sua auto-destruição, assumindo sem qualquer preocupação uma postura predadora. Quanto mais descobrimos os mistérios do Universo, mais corremos o risco de auto-destruição, e cada vez mais observamos que o tempo deste risco vem diminuindo. 


O Jornal britânico, The Guardian, publicou uma lista que chamou de "métodos exóticos", descobertos pela Ciência, "que podem levar ao desaparecimento da humanidade". 

O fim da euforia - Grande parte da população da Terra, cultiva o hábito de consumir cafeína e nicotina. Chegará o dia em que as pessoas terão que admitir que não podem mais viver consumindo essas e outras substâncias que encurtam a vida. Considerando que o avanço da Ciência tem contribuído para a melhora do estado emocional, opções de cuidados intensivos, e aumento do período de atividade das pessoas, não haverá um fim súbito da civilização. Mas, a humanidade irá gradualmente se extinguindo. 

O novo "Big Bang" - Existe uma hipótese, no âmbito da teoria quântica, que o nosso universo está em um estado de falso vácuo que  poderia se tornar-se real. Se assim for, a transição poderia ocorrer na forma de uma bolha que iria aparecer em qualquer ponto no espaço, e imediatamente começará a se expandir na velocidade da luz. Se este processo se espalhar o Universo deixaria de existir tal como o conhecemos hoje. Seria como uma sopa quente de partículas, ponto de partida do padrão Big Bang.

Matéria estranha que irá devorar a Terra - A teoria quântica campos reserva outras hipóteses de coisas assustadoras. Por exemplo, partículas chamadas "strangelets", pequenos pedaços de material estranho, com alta proporção "quarks", formados de  partículas mais leves, que podem se converter em cópias. Em pouco tempo o mundo inteiro poderia se transformar em uma massa de "strangelets".  

Por fim, o fim do tempo - As leis da física moderna admitem a possibilidade de que o tempo se esgote. Em 2007, cientistas espanhóis da Universidade do País Basco e da Universidade de Salamanca, propuseram uma explicação alternativa para a ação da misteriosa matéria escura que constitui 75% da massa do universo. Ela atua como uma espécie de antigravidade, empurrando as galáxias para além . Na opinião dos cientistas, os fenômenos ocorrem devido à desaceleração do tempo, como este estivesse saindo do nosso universo (cá pra nós, simples mortais, uma opinião estranha, difícil de entender). 

Tsunami devastador - Geólogos temem que uma possível erupção de um vulcão nas ilhas Canárias possa atirar uma pedra enorme que cairá no Oceano Atlântico. Esta enorme pedra iria gerar uma onda de mais ou menos 1 Kilômetro de altura, com velocidade semelhante a de avião de grande porte. Metade do mundo maiores cidades estariam sob a água em poucos minutos. Metade das grandes cidades em todo mundo estariam sob as águas em poucos minutos. 

Inversão geométrica - Os pólos magnéticos da Terra de vez em quando provocariam mudanças de horários. Nesse período de mudança, o campo magnético da Terra que nos protege da radiação cósmica nociva, enfraqueceria, ou iria desaparecer simplesmente. Segundo a Ciência, o último evento deste tipo ocorreu 780.000 anos atrás. 

Raios gama a partir do espaço - No momento do fim, uma super massa de estrelas emitiriam para o espaço, dois raios gama de altíssima energia. Se esses raios vierem a colidir com a Terra desintegrariam a camada de ozônio da atmosfera, com consequências fatais para os seres vivos que habitam o planeta.

Buraco Negro - Um buraco negro pode destruir a Terra com sua gravidade. Este fenômeno cósmico seria capaz de atrair o planeta para uma distância correspondente a  milhares de milhões de milhas do Sol, fonte da vida. Jogando a Terra em uma jornada sem rumo através da escuridão do cosmos. 

Espécies invasoras - O fim do mundo viria através de animais, plantas ou outros organismos transportados e introduzidos por humanos fora da sua área natural. Eles se estabeleceriam se espalhando por novas regiões, onde causariam prejuízos irreversíveis aos habitantes da terra. Várias destas espécies já se tornaram um problema para os sistemas ecológicos do planeta.

Transumanismo - A Ciência prevê ainda que Inovações biológicas e tecnológicas podem transformar os seres humanos de tal forma que novos seres, ao ponto que perderiam sua semelhança, e de forma nenhuma lembrariam de seus antepassados. Segundo os cientistas, seria o "transhuman", com inteligência artificial baseada nas idéias e memórias de antigos humanos. Poderiam vir a existir em formato de  informação digital, transmitidas por super redes, capazes de existirem para sempre. Ou pelo menos, até que o sistema de computadores desenvolvam alguma falha.  




Adaptação: La ciencia identifica 10 métodos para acabar con la humanidad/http://actualidad.rt.com/ciencia/em tradução livre. 
Imagem: ofimdomundo.            
     

               
RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger