quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Começa a repercussão do livro "A Privataria tucana" - Confira vídeos e charges

O livro "A Privataria tucana" escrito pelo jornalista investigativo Amaury Ribeiro Junior, amplamente divulgado por diversos sites, blogs e redes sociais, já provocou algumas reações no Congresso Nacional. Estranhamente a grande mídia brasileira não se manifesta de forma contundente e condenatória diante dos fatos aterradores ali descritos. Contrariando sua prática comum de denunciar, julgar e promover a condenação de homens públicos envolvidos em corrupção. Alguns meios de comunicação trataram de desqualificar o autor e o conteúdo.


Tudo o que é dito ali, é comprovado com documentos públicos e testemunhos pessoais. Não acusa diretamente, nem A, nem B. Revela como o submundo da política conduziu de forma criminosa e sem escrúpulos, as privatizações ocorridas durante o governo de Fernando Henrique Cardoso. Causando enorme prejuízo à sociedade, enriquecendo de forma ilícita um grupo específico de políticos e pessoas jurídicas suspeitas. Cita nomes conhecidíssimos como, José Serra, e sua filha Verônica. E de vários personagens ligados a ele, negocial e politicamente. O que certamente lhe renderá alguns processos. Mas o autor do livro diz, estar tranquilo. 

Há muita gente com a barba de molho no mundo politico. Personagens influentes da Situação e da Oposição são citadas igualmente. O autor dispara para ambos os lados. O que deve acirrar ainda mais a verdadeira briga de foice que existente entre PT e PSDB. Este flagrantemente resguardado por uma cumplicidade nefasta com a grande mídia.

Como tenho o costume de folhear um livro detrás pra frente antes de começar a ler, li as orelhas, a nota do editor, e rapidamente o último capítulo (16º), com o subtítulo: como o PT sabotou o PT. Onde o autor descreve, comprovado pessoalmente, como o "fogo amigo" teve papel relevante na campanha presidencial de Dilma Rousseff. E, de como o conteúdo de dossiês formados para serem usados contra os adversários entre si, chegavam a importantes meios de comunicação, como a revista Veja e o Jornal o Estado de São Paulo, por exemplo. Um desses, montados a mando do ex-governador de São Paulo, José Serra, então pré-candidato a presidente, contra seu próprio colega de partido, o governador de Minas Gerais, Aécio Neves. Que depois veio a ter grande repercussão, resultando na saída de Aécio da pré-campanha, pois também pretendia se lançar candidato a presidência da república. Este dossiê, inclusive, originou a obra agora publicada, "A Privataria tucana". 

O livro, um sucesso de vendas cercado por um muro de silêncio, teve sua 1ª edição (15.000 exemplares) esgotada no dia do lançamento. Uma segunda (50.000 exemplares) chega às livrarias de todo país na Sexta-feira, que já tem lista de espera. 

Um editorial publicado pela Folha, mais parece uma peça de defesa do tucanos, como mostra o escritor, Altamiro Borges, em matéria publicada hoje em seu blog. A revista Veja desta semana se manifestou em matéria com referência ao livro, em flagrante ataque a membros do partido do atual governo, denotando qual é o seu lado político. Por outro lado, parlamentares da situação já se pronunciaram a respeito do conteúdo do livro no congresso. Houve até reação de membro oposisionista quando do pronunciamento do líder do PT, Humberto Costa (PE), solicitando abertura de CPI. (vídeo abaixo)

A editora (Geração Editorial) publicou em seu site que o deputado federal, Protógenes Queiroz, já coletou 173 assinaturas (incluindo parlamentares do PSDB) e ultrapassou o número regimental (171) para instalar, na Câmara, a "CPI da Privataria", fundamentada nas denúncias feitas pelo jornalista Amaury Ribeiro Jr.

Abaixo, confira alguns vídeos sobre a peregrinação do autor falando do conteúdo do  livro, que iniciou na entrevista-debate que vinculei aqui no blog. Antes, elaborei um texto que enviei para publicação no BrasilWiki, que recebeu comentário de um leitor, dizendo-se favorável às privatizações enquanto certas estatais se apresentam deficitárias. O que concordo em parte, visto que normalmente servem para distribuição de cargos e não cumprem eficientemente com suas atribuições. Porém, se desfazer delas a preço de banana, dilapidando o erário público em benefício de alguns componentes de consórcios pra lá de suspeitos, através da criminosa ação de lavagem de dinheiro em contas fantasmas no exterior - assim não dá - como dizia o próprio FHC. Mais parece um crime de lesa pátria. Pior, com a conivência da mídia poderosa que trata de lançar tudo pra debaixo do tapete. Como disse o próprio autor do livro, não pode existir tanto tapete assim pra tanta corrupção. 

Sinceramente? por envolver as duas grandes forças políticas do nosso querido Brasil, tudo isso vai acabar na maior pizza que se teve notícia. Ressalvados os esforços de muitos em busca de justiça e verdade, penso que as revelações deste livro, foi de grande valia para aumentar nosso conhecimento, nosso poder de raciocínio e clarividência. Inclusive em relação ao que a grande mídia quer nos impor como verdade. Lembremos disso na hora do voto.
 
Veja os vídeos, e na sequência algumas charges para amenizar o ambiente, já que vivemos momentos de espectativa fraternal ao final de mais um ano que se vai. 



































------------------------------------------------------------------------------------------------------------











 Via: http://nogueirajr.blogspot.com


 Via: http://eduardoguimaraes.com.br/




 Charge de elisa Riemer, via Folha de Maringá (PR).




Imagem: Olhosdosertão.





RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

1 Comentário:

Blogueiros do Brasil disse...

Orgulhosamente programei uma 'chamada' para este ótimo artigo no novo site dos Blogueiros do Brasil. O post será publicado dia 16/12 às 13h .

Abraços cordiais.

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger