segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Vai ter Copa no Brasil. Apesar dos profetas do pânico e do caos

Quando o Brasil se candidatou para ser sede do mundial de futebol de 2014, e ganhou, houve uma certa euforia nos quatro cantos da país. Na ocasião do sorteio, estavam presentes mais de uma dezena de governadores, além do ex-presidente Lula, senadores e alguns ministros. O fato gerou uma grande expectativa, não só no setor público, mas ainda maior no setor privado.
Se houveram protestos, quanto a ser ou não o momento oportuno, e se o Brasil estava preparado para a realização do evento, foram poucos. Ou, não apareceram com tanta incidência na mídia e nos meios de comunicação, naquele momento. Afinal, inicialmente todo mundo parecia ser a favor. Sendo o Brasil considerado o país do futebol, nada mais justo organizar um mundial de seleções.

Agora, depois de mais de meio caminho andado, de todo o dinheiro e tempo gastos, com a maioria dos estádios já prontos para o evento, os protestos contra a realização da Copa tornam-se inoportunos, além de inconsequentes. Cercados de viés políticos ou ideológicos, e de muita desinformação, só tem gerado pânico à população. Não falta quem não queira se aproveitar disso tudo para tirar proveito próprio, sem ao menos ter um objetivo claro, definido.

Ao contrário de produzir consciência cidadã, podem repercutir imagem negativa do país, trazer prejuízos e provocar revoltas que não resultarão em nada. Muitos não gostam de futebol. Outros são indiferentes. Mas, a grande maioria faz desse esporte a paixão nacional. Levemos em conta e consideração o empenho de vários setores para que o grande evento se torne realidade. Certamente trará dividendos para o país. Há notícias que os estádios que ficaram prontos já obtiveram retorno financeiro, que refletirão no crescimento dos clubes e seus profissionais.

O dispêndio  de verbas públicas com as obras do evento, pode até ser considerado exorbitante, em vista das grandes carências em setores importantes, como educação e saúde.  Porém, são setores para os quais o governo tem dedicado especial atenção, reajustando com prioridade os montantes previstos na Lei do Orçamento Geral da União, para tal finalidade.  Não se pode deixar de considerar os significativos retornos que trarão reformas e os preparativos necessários para a realização da Copa do Mundo, aqui no Brasil. Exclusivamente em áreas de infraestrutura, mobilidade urbana e dos aeroportos, nas cidades sedes dos jogos.

O sucesso da Copa da Confederações demonstrou isso. Apesar de alguns não quererem admiti-lo. A questão é um ponto positivo e relevante, que merece melhor atenção e reconhecimento. Foi bom para o Brasil e para os brasileiros. Ficou a certeza de que é possível realizar este grande evento, sob os olhares do mundo. A esta altura, não podemos recuar nenhum passo.

Acontece, que aqueles que se revelam contra, por um motivo ou outro, tratam de convencer outras pessoas que o projeto não tem tanta importância. E nada acrescentará para o bem da coletividade. Talvez iludidos, alimentados pelas falsas ideias e desinformações promovidas pelos profetas do pânico e do caos. Que assim agem, sem consciência dos prejuízos que estão causando ao processo democrático do país.

Nada contra as manifestações legítimas, não violentas, que merecem respeito. Faz parte do processo. Foi assim também, quando o Brasil realizou o mundial de 1950, na ocasião em que paralelamente foi construído o Maracanã, aquele que seria o maior estádio de futebol do mundo. Segundo os que viveram naquela época, também aconteceu na construção da capital federal, Brasília, na década de 1960. Vários protestos surgiram. Alguns de cunho puramente político, disseram. Outros, específicos, com origem em determinados setores da sociedade civil.

Mas, o Brasil seguiu em frente sem dar ouvidos a esses profetas do pânico, promotores da discórdia e do caos. Como se referiu o pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e cientista político, Antônio Lassance, àqueles que são anticopa e que já existiam no século passado.

Sobre o assunto, vale a pena ler a matéria de sua autoria publicada no site Carta Maior. Ela contém informações precisas sobre as manifestações anticopa do Mundo no Brasil, e bons argumentos para enfrentar quem torce contra a nação brasileira. 


Imagem: reprodução/FIFA.com

          
RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger