sexta-feira, 27 de junho de 2014

Copa do Mundo: agora é mata-mata! Confira quem é quem

A seleção brasileira abre a fase das oitavas de final da Copa 2014 jogando contra a seleção do Chile, neste sábado (28), as 13 horas, no Mineirão. Das 32 seleções que disputam a Copa do Mundo restaram 16 para a fase eliminatória. Quem perder está fora. Já considerada a Copa das Copas o Mundial de seleções no Brasil teve grandes surpresas, como a eliminação precoce de três campeãs mundiais: Espanha, Inglaterra e Itália.
E a presença de duas seleções do continente africano, de forma inédita nesta fase de mata-mata.

Confira matéria especial do jornal O Dia, na íntegra, de quem é quem nas oitavas de final da Copa 2014.

Agora é mata-mata! Copa do Mundo em clima de decisão: confira quem é quem

Rio - Agora é para valer! Sábado começa a fase eliminatória do Mundial. Das 32 seleções, apenas 16 continuam na disputa: é matar ou morrer na busca pelo título. Três campeãs mundiais (Itália, Inglaterra e Espanha) já ficaram para trás. Alemanha, Argentina, Brasil, França e Uruguai tentarão mais uma título da competição, outras 11 equipes vão em busca da taça inédita, em uma das competições mais imprevisíveis da história da Fifa.

As oitavas de finais contam com predomínio americano. A Copa, que retornou ao continente depois de 20 anos, tem medade dos seus representantes na briga pelo título. Além das oitos seleções que jogam em 'casa', seis equipes são da Europa e duas nações são do continente africano, um feito inédito.

Brasil x Chile

Os donos da casa enfrentam um velho conhecido, abrindo a fase de mata-mata, neste sábado, às 13 horas, no Mineirão. Na última Copa do Mundo, as duas equipes duelaram pela mesma fase da competição, e os brasileiros venceram por 3 a 0. Em 1998, outro encontro nas oitavas e nova vitória brasileira, daquela vez por 4 a 1. Além de tentar se vingar das duas últimas eliminações em Copas, os chilenos tentam se vingar da eliminação em 1962 para o Brasil. Naquela ocasião, a Roja, que jogava em casa, fez sua melhor campanha na história dos Mundiais, chegando às semifinais, mas perdeu para o escrete canarinho, que conquistaria a sua segunda da Copa.

Neymar é a principal esperança brasileira na Copa
Foto: Ernesto Carriço
Dentro de campo, o duelo promete ser bastante interessante. Comandados por Jorge Sampaoli, a equipe chilena tem vocação bastante ofensiva. Sem centroavante fixo, Alexis Sánchez e Eduardo Vargas podem ser um tormento para a defesa brasileira. O meio-campo da equipe sul-americana tem muita qualidade, principalmente com Arturo Vidal, volante de muita qualidade. O Chile apresentou um bom futebol no Grupo B, deixando a atual campeã do mundo Espanha para trás. A atual Roja é considerada por muitos a melhor geração chilena de todos os tempos.

Alexis Sánchez pode levar muito perigo para os defensores brasileiros
Foto: EFE
Diante dos chilenos, o Brasil entra em campo com a responsabilidade de vencer e jogar bem. Com alguns problemas na primeira fase, a seleção de Felipão tenta mostrar uma maior consistência, principalmente em seu meio-campo. Com Neymar em grande fase, os brasileiros esperam a classificação para as quartas de finais, para que o sonho do hexacampeonato continue vivo para os donos da casa.

Uruguai x Colômbia

Após 64 anos, a Celeste vai ter seu reencontro com o Maracanã, neste sábado, às 17 horas, diante da Colômbia. A euforia dos campeões de 50 foi um pouco reduzida por conta da suspensão de Luis Suárez, principal jogador uruguaio, que está fora da Copa por ter mordido o zagueiro Chiellini.

O talentoso James Rodrigues assumiu protagonismo colombiano
Foto: Reutres
Com uma campanha avassaladora na primeira fase, os colombianos superaram a dúvida que causaram nos torcedores, antes da Copa do Mundo, por conta do corte de Falcao Garcia. James Rodríguez chamou para si a responsabilidade e vem conduzindo a equipe amarela na competição. Com 100% de aproveitamento, os colombianos querem passar pelo Uruguai para alcançar um feito inédito no Mundial: chegar às quartas de final.

Sem Suárez, Cavani passa a ser o maior nome do Uruguai
Foto: Reuters
Sem Suárez, a responsabilidade de levar o Uruguai a um possível reencontro com o Brasil é de Cavani. O atacante do PSG deve ter a companhia do veterano Diego Forlán, craque do último Mundial, para formar da dupla de ataque celeste. Mesmo com o desfalque do seu principal jogador, os uruguaios estão prontos para voltar a fazer história no Maracanã.

França x Nigéria

Algoz brasileiro em 1986, 1998, 2006, a França é sempre um adversário muito respeitado pelos torcedores canarinhos. Neste Mundial, os franceses passaram sem dificuldades no Grupo E. Líderes da chave, os europeus vão encarar a Nigéria, que busca reviver o bom momento dos anos 90. O duelo acontece na segunda-feira, às 13h, no Mané Garrincha. O vencedor joga no Maracanã, nas quartas de final, contra o vencedor de Alemanha e Argélia.

Benzema tem comandado a seleção francesa
Foto: Reuters
Sem Ribéry, lesionado, e Nasri, não convocado por opção de Didier Deschamps, a França chegou sem muitas expectativas à Copa do Mundo. Porém, com uma meio-campo bastante compactado e forte, somado à boa fase de Benzema, os europeus fizeram grandes partidas na primeira fase da competição e se credenciaram na sequência da competição.

Musa levou muito perigo aos argentinos
Foto: Reuters
Com muito esforço, a Nigéria conseguiu sua classificação no Grupo F, que acabou dominado pela Argentina. A vitória nigeriana sobre a Bósnia garantiu a classificação dos africanos para as oitavas de finais. John Obi Mikel ainda é o principal nome da equipe, mas o meia Ahmed Musa, de 22 anos, do CSKA, que marcou dois gols na Argentina, pinta como uma boa aposta ofensiva para surpreender os franceses.

Alemanha x Argélia

Um duelo de Davi contra Golias, assim pode ser definido o confronto entre alemães e argelinos, nas oitavas de final, nesta segunda-feira, no Beira-Rio, às 17 horas. A tricampeã do mundo tem pela frente a equipe africana, que jamais havia chegado a esta fase da competição. O vencedor joga no Maracanã, nas quartas de final, contra França ou Nigéria.

Müller já tem quatro gols na Copa do Mundo
Foto: Carlos Moraes
Com um elenco muito forte, a Alemanha ainda tem um incentivo extra para continuar marcando gols e chegar ao tetracampeonato. O atacante Klose chegou aos 15 gols, empatando com Ronaldo, como maior artilheiro das Copas do Mundo. O jogador tem a chance de se isolar na artilharia do Mundial.

Slimani foi o herói da classificação argelina
Foto: Reuters
Os argelinos apostam em uma formação ofensiva para surpreender novamente e avançar na Copa do Mundo. Slimani, centroavante, é a principal esperança de gols. Foi dele o tento salvador diante da Rússia, que classificou a equipe para a fase final da competição internacional.

Holanda x México

Um duelo bastante ofensivo promete acontecer entre Holanda e México, neste domingo, às 13h, no Castelão. Considerada a dona do melhor futebol da primeira fase, a Laranja Mecânica encara um adversário invicto e motivado após se classificar em um grupo que tinha o Brasil. Apesar do segundo lugar, os mexicanos não foram derrotados pelos donos da casa, que conseguiram o primeiro lugar apenas por conta do saldo de gols. O vencedor do duelo encara ou Costa do Marfim ou Grécia, no próximo dia 5, às 17 horas, na Arena Fonte Nova.

Robben vive grande momento na carreira
Foto: Reuters
O destaque dos vice-campeões do mundo continua sendo o trio ofensivo formado por Robben, Sneijder e Van Persie. Com o atacante do Bayern de Munique em grande fase, os holandeses esperam continuar avançando em busca da conquista inédita após bater na trave em 1977, 1978 e em 2010.

Miguel Herrera mudou a cara do México
Foto: Reuters
Desacreditados após uma campanha irregular nas Eliminatórias, em que só conseguiram a classificação no Mundial após a disputa da Repescagem, os mexicanos se acertaram no Mundial sob o comando do novo treinador, Miguel Herrera. Destaque para o novo ataque dos latinos, formado por Giovanni dos Santos e Oribe Peralta, deixando o queridinho da torcida, Javier 'Chicharito' Hernandéz, no banco de reservas.

Costa do Marfim x Grécia

Principal surpresa da Copa do Mundo, a Costa Rica chega com ares de favorita para o encarar a Grécia, na Arena Pernambuco, domingo, às 17 horas. O vencedor do duelo enfrenta México ou Holanda, no próximo dia 5, às 17 horas, na Arena Fonte Nova.

Campbell é uma das revelações do Mundial
Foto: Reuters
A seleção latino-americana mostrou muita disciplina tática para vencer Uruguai e Itália e se classificar em primeiro lugar no considerado grupo da morte da Copa do Mundo. O time também teve o seu destaque individual, o atacante Joel Campbell, que pertence ao Arsenal, mostrou muita qualidade nos gramados brasileiros.

Samaras fez gol salvador aos 47 do segundo tempo
Foto: Reuters
Com muita luta, a Grécia conseguiu sua classificação na Copa do Mundo. No fim da partida, um pênalti e classificação diante da Costa do Marfim. Georgios Samaras, autor do gol da salvação grega é também um dos jogadores mais importantes da equipe na busca de uma vaga nas quartas de final da competição internacional.

Argentina x Suíça

Em São Paulo, com a batuta de Messi, os argentinos vão tentar avançar na Copa do Mundo. Diante da Suíça, os bicampeões mundiais vão ter pela frente mais uma equipe que pode testar a já criticada defesa sul-americana. O vencedor do confronto vai pegar, nas quartas de final, ou Estados Unidos ou Bélgica, no próximo dia 5, no Mané Garrincha.

Messi fez gol em todos os jogos da Copa do Mundo
Foto: Reuters
Lideradas por Lionel Messi, que é o artilheiro da Copa do Mundo ao lado de Müller e Neymar, os argentinos esperam finalmente ter uma atuação mais sólida e sem sofrer tanto na Copa do Mundo. Mesmo com os 100% na competição, os hermanos passaram apuros nos três jogos que disputaram no Grupo F. Além do craque do Barcelona, os sul-americanos vão contar com a força da sua torcida, que vem invadindo todos os estádios no Brasil.

Shaqiri marcou três vezes contra Honduras
Foto: Reuters
Uma nova Suíça vem jogando o Mundial do Brasil. Sem a força defensiva de antes, a Suíça procura o ataque. Shaqiri é o grande destaque da equipe europeia. No entanto, a equipe vermelha deixa jogar. Neste Mundial, os suíços já sofreram seis gols em apenas três jogos. Muito diferente da equipe de 2006, que foi eliminada nas oitavas de final, na disputa de pênaltis, sem tomar nenhum gol.

Bélgica x Estados Unidos

Na Fonte Nova, Bélgica e Estados Unidos fazem um dos confrontos mais equilibrados das oitavas de final da Copa do Mundo. Com 100% de aproveitamento, os belgas levam um pequeno favoritismo, apesar de não terem mostrado um grande futebol no Mundial. O vencedor do confronto vai pegar o vencedor de Argentina ou Suíça. A partida da fase seguinte acontece no próximo dia 5 no Mané Garrincha.

Hazard é a grande estrela do elenco belga
Foto: André Luiz Mello
Considerada uma das equipes mais promissoras da Copa do Mundo, a Bélgica cumpriu sua obrigação na primeira fase. No entanto, apesar das três vitórias, os Diabos Vermelhos ainda não mostraram o grande futebol esperado por todos no Mundial. Os torcedores da seleção europeia esperam que na próxima fase o destaque do time, o meia Hazard, finalmente consiga ter grandes atuações pela equipe belga.

Dempsey foi o protagonista americano
Foto: Reuters 
Sob o comandado de Klinsmann, os norte-americanos fizeram um grande papel na primeira fase, passando de fase em um grupo que tinha Gana e Portugal. Nas oitavas, a equipe dos Estados Unidos espera que o seu meio-campo, comandado por Dempsey, faça a diferença na fase eliminatória.


Fonte: O Dia
Imagem: reprodução/Portal da Copa


RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger