quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Copa do Brasil terá final inédita entre Atlético-MG e Cruzeiro

Pela primeira vez na história as duas maiores equipes de Minas Gerais irão decidir o título de campeão da Copa do Brasil. No Mineirão, na noite desta quarta-feira (05), o Galo venceu o Flamengo de virada chegando a goleada de 4 x 1, quando precisava de três gols de diferença para se classificar. Na Vila Belmiro, o Cruzeiro empatou com o Santos em 3 x 3, tirando a vaga do Peixe que abriu 3 x 1 no placar. Confira abaixo os gols das semifinais decisivas, que determinaram Atlético-MG e Cruzeiro como finalistas da Copa do Brasil 2014.
Derrotado na primeira partida por 2 x 0, o Galo mineiro partiu pra cima do Flamengo. Depois de várias tentativas, a primeira real chance de gol aconteceu aos 31 minutos do primeiro tempo. Tardelli, em boa jogada individual ficou frente a frente com o goleiro Victor, mas mandou na trave. Na sequência, aproveitando um erro de marcação do Galo, o atacante Everton arrancou em velocidade, passou por três marcadores e bateu cruzado para abrir o placar, calando a torcida no Gigante da Pampulha.

Aos 41', no cruzamento de Douglas Santos, Carlos marca o gol de empate renovando as esperanças atleticanas. Na volta para o segundo tempo, o Atlético-MG voltou ainda mais entusiasmado em busca dos gols que faltavam. Em dois minutos o Galo tinha criado quatro boas chances de marcar o segundo gol. Que veio aos 11 minutos, com Maicosuel aproveitando rebote da zaga flamenguista.


Era preciso mais dois gols para os atleticanos ficassem com a vaga. A blitz continuou sem que o rubro-negro carioca conseguisse encaixar um contra-ataque. E, aos 35' o Mineirão veio abaixo com o terceiro gol em um chute de esquerda de Dátolo da entrada da área. E o que parecia impossível aconteceu aos 40 da etapa final. O predestinado Luan, depois de uma bola dividida na área flamenguista, aparece para marcar o quarto gol e colocar o Atlético-MG pela primeira vez na final da Copa do Brasil. No final, o goleiro Victor garantiu o resultado com uma bela defesa.

Jogando na Vila Belmiro, o Santos sempre foi uma equipe difícil de ser batida. E zerou a vantagem do Cruzeiro logo no primeiro minuto de jogo, com um gol marcado por Robinho. Logo em seguida, Marcelo Moreno deixou tudo igual. No rebote do goleiro Aranha, a bola ficou nos pés do artilheiro que não perdoou e coloca a Raposa em grande vantagem. 

Mas, o Peixe fecharia a primeira etapa na frente. Depois de um cruzamento, a bola vai em direção a Rildo. Puxado de leve dentro da área pelo zagueiro Leo, o árbitro marca pênalti contra o Cruzeiro, que Gabriel cobrou e colocou o Peixe novamente em condições de brigar pela vaga na final. Aos 47' do primeiro tempo, o placar aponta Santos 2 x 1 Cruzeiro.

Precisando apenas de um gol para se classificar para a final da Copa do Brasil, o Santos volta para a segunda etapa determinado. E este gol veio aos 13', em uma boa trama do ataque santista. Lucas Lima toca na direita para Gabriel, que caprichou no cruzamento para Rildo escorar para o fundo das redes. Santos 3 x 1 Cruzeiro.


Logo a seguir, o Alvinegro praiano que já tinha perdido o lateral Mena por contusão, perde também o meia Robinho. A equipe diminuiu o ritmo, cedendo espaço para que o Cruzeiro chegasse ao segundo gol. Em um chutão pra frente do goleiro Fábio, o zagueiro Bruno Uvini disputa no alto com o atacante Moreno e cabeceia pra trás. A bola encontra William, mais rápido que Edu Dracena, domina e bate firme no canto para diminuir o placar. Aos 35 minutos, Santos 3 x 2 Cruzeiro. 

O Santos parte para o abafa em busca do quarto gol necessário a classificação. Se expõe ao contragolpe mortal do ataque cruzeirense. E no último lance da partida, no derradeiro minuto dos acréscimos, Ricardo Goulart recebe a bola pelo lado direito, na intermediária dribla o único zagueiro e coloca William na cara do gol. O atacante, autor do gol da vitória do Cruzeiro na primeira partida da semifinal, toca no canto sem chances para o goleiro Aranha. Era o gol de empate que colocaria o líder do campeonato brasileiro, e provável campeão, pela quarta vez na final da Copa do Brasil. 

A primeira partida da finalíssima entre Cruzeiro e Atlético-MG, acontece na próxima quarta-feira (12). E a segunda decisiva, 15 dias depois. Ambas as partidas deverão ser disputadas no Mineirão.






(com informações da Gazetaesportiva)
Imagem: reprodução/gazetaesportiva

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger