quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Brasileirão 2015 teve quatro jogos nesta quarta-feira

Confira abaixo, os melhores momentos de cada um dos quatro jogos movimentaram a 35ª rodada do campeonato brasileiro, nesta quarta-feira (18). Dois deles, em confrontos diretos na Zona do rebaixamento. No primeiro, o Coritiba venceu o Goiás, por 3 a 1, no Serra Dourada. No segundo, o Avaí venceu o clássico catarinense contra o Joinville, por 2 a 1, no Estádio da Ressacada.
Na Arena da Baixada, o Palmeiras arrancou empate dramático contra Atlético paranaense, com gol aos 49 minutos do segundo tempo. No Moisés Lucarelli, a Ponte Preta acabou derrotada pelo Figueirense, com um gol de pênalti que não existiu.


No Serra Dourada, o Coritiba marcou o gol mais rápido do campeonato brasileiro de 2015. Aos 25 segundos de jogo, Henrique Almeida ganhou no alto do zagueiro e tocou com açúcar para Juan abriu o placar. O Goiás jogou muito mal no primeiro tempo. A equipe Coxa Branca um pouquinho melhor, mas sem grandes chances, fez o segundo gol nos acréscimos. João Paulo,mandando uma bomba quase da intermediária, marcou um golaço. A bola foi no ângulo esquerdo, sem chance para o goleiro Renan. 

Na segunda etapa o Goiás voltou melhor. Erick, que havia entrado no lugar de Arthur, chegou a marcar de cabeça, mas o gol foi anulado com a arbitragem marcando impedimento acertadamente. Com o Goiás mais no ataque, o Coritiba teve várias chances de ampliar, mas errava no arremate final. Até que o time goiano diminuiu com um gol de Fred cobrando falta. A bola teve um leve desvio na barreira, deixando o goleiro Wilson sem ação.

Com o tempo passando rápido, a equipe goiana buscava desesperadamente o gol de empate, e na ansiedade não conseguia concluir as jogadas com acerto. E foi num erro da defesa que o Coritiba marcou o seu terceiro gol. No lance em que o lateral Rafael Forster tentou dar um balão pra frente, pegou mal na bola que acabou nos pés de Henrique Almeida. O centro-avante se livrou da zaga e tocou com facilidade para fechar o placar, aos 48 minutos. Goiás 1 x 3 Coritiba.

Com mais sorte que juízo, o Alviverde paranaense ainda respira. Mesmo vencendo é o primeiro time na Z-R, com 37 pontos. Seguido do próprio Goiás, com 34, do Vasco, com 33, e do lanterna Joinville, com 31 pontos. O próximo adversário do Coritiba será o Santos, no Couto Pereira. O Goiás pega o Atlético mineiro, no Independência.

Vitória diante do Joinville, com gol aos 42 minutos do segundo tempo, o Avaí permaneceu como a primeira equipe fora da Zona do rebaixamento, com 38 pontos. Logo atrás do Figueirense, que surpreendeu a Ponte Preta no Moisés Lucarelli vencendo por 1 a 0, com um gol de pênalti ilegítimo. No cruzamento de Clayton, a bola foi no rosto do zagueiro Ferron, o árbitro viu toque de mão e assinalou a penalidade máxima. Na cobrança, o mesmo Clayton mandou no canto direito e marcar o gol da vitória, aos 13 minutos do primeiro tempo. Resultado que salvou o Figueirense de cair para Zona perigosa no lugar do Coritiba.

Na Ressacada, empurrado pela torcida o Avaí abriu o placar com um gol de pênalti, aos 16' do primeiro tempo. Anderson fez boa jogada individual pela direita, ao entrar na área dividiu com o zagueiro Gutti e caiu. A arbitragem marcou a penalidade cobrada por André Lima e defendida pelo goleiro Agenor. No rebote, o centro-avante concluiu para o fundo da redes.

O Joinville empatou a partida aos 42 minutos. Na bola desviada no primeiro pau após cobrança de escanteio, Fernando Viana cabeceou para o gol. O goleiro Vagner espalmou, mas a bola ultrapassou pouco centímetros a linha do gol com a arbitragem validando o lance. Na mesma marca de tempo do segundo tempo, Éverton Silva marcou o gol da vitória salvando o Leão catarinense de ir parar na Zona da degola. O Avaí visita o Fluminense, na próxima. O JEC enfrenta o Vasco, que faz o confronto mais esperado da 35ª rodada, logo mais à noite em São Januário, contra o eminente campeão Corinthians.  

Atlético paranaense e Palmeiras realizaram um jogo de seis gols, com muita confusão da arbitragem, polêmica e muita reclamação dos palmeirenses. Logo há um minuto e meio de jogo, Marcos Guilherme aproveitou cruzamento pela esquerda e bateu de primeira para fazer o primeiro gol do Furacão. Depois do intervalo, aos 8 minutos, o Verdão paulista deixou tudo igual. Na boa jogada individual do jovem Gabriel Jesus, que pareceu ter conduzido com a mão, a bola sobrou limpa para Robinho tocar de primeira e marcar o gol do empate.

O Palmeiras desempatou aos 28'. O zagueiro Jackson marcou de cabeça o gol da virada, no escanteio cobrado por Robinho. Dez minutos depois, o jovem Ewandro que acabara de entrar, com três toques na bola ajeitou para mandar de esquerda de fora da área, marcar um belo e decretar novo empate. Aos 41', aconteceu o lance que originou toda a polêmica e a confusão que aconteceu na partida.

Falta que os atleticanos bateram rápido, enquanto os palmeirenses reclamavam da marcação junto ao árbitro. A bola foi para Ewandro, que tocou na saída de Fernando Pras para marcar o gol da virada do rubro-negro paranaense. Todo o time do Palmeiras foi pra cima do juiz, que confirmou a validade do lance. Aos 49', antes de ser expulso, Alecsandro deixou tudo igual em jogada que começou na cobrança de escanteio. Pouco antes da cobrança, o zagueiro Jackson recebeu o cartão vermelho por dar cotovelada em Otávio. Depois, por desacato à arbitragem, Robinho também foi expulso.

O empate em 3 a 3 com o Atlético-PR, deixou o Palmeiras distante do grupo que luta por vaga na Copa Libertadores. Deixando a esperança da conquista da vaga na competição, para a Copa do Brasil. A primeira partida da decisão do título de campeão será na próxima semana, contra o Santos. O Verdão caiu para a 10ª colocação, com 49 pontos. O Furacão ficou em 12º lugar, com 47.









(com informações da Gazetaesportiva)
Imagem: reprodução/créditos da foto: Carlos Costa/Futura Press

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger