terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Delcídio não é o primeiro

Ao contrário do que foi divulgado na mídia e publicado aqui no blog do Guara, o senador Delcídio do Amaral não é o primeiro senador da República a ser preso no exercício do mandato. Com a ajuda da pesquisadora Lucia Horta Ludolf de Mello, servidora aposentada da Casa de Rui Barbosa, a jornalista Hildegard Angel revelou em seu blog que, Delcídio do Amaral só não foi o décimo senador preso porque teve um de nome Rui Barbosa que fugiu para a Inglaterra.

Mídia errou: Dulcídio não é o primeiro, é o nono senador da República preso no exercício do mandato

Por Hildegard Angel, em seu blog


“Não procede a informação de que Delcídio do Amaral é o primeiro senador da República preso no exercício do seu mandato em toda a história republicana.

Delcídio só não é o décimo senador brasileiro a ser aprisionado porque o senador Rui Barbosa fugiu do risco de ver o sol quadrado, indo dar aulas de inglês a brasileiros na Inglaterra, quando soube que o presidente Floriano Peixoto estava prestes a encarcerá-lo, como fez com mais quatro senadores: Amaro Cavalcanti, João Soares Neiva, João de Almeida Barreto e Eduardo Wandenkolk.

Na mesma linha, o presidente Prudente de Morais decretou a prisão de dois senadores, e por crime mais sério do que o imputado a Delcídio. João Cordeiro e Pinheiro Machado pretendiam assassinar o presidente do Brasil, com a cumplicidade do vice presidente Manuel Vitorino, por sua vez, presidente do Senado, de acordo com a Constituição vigente. Presos os três.

Pra quem me acompanha, até aqui são sete senadores presos. Somados ao senador Lauro Sodré, mandado prender pelo presidente Rodrigues Alves por levantar a Escola Militar contra a vacina obrigatória, chegamos ao senador número 8. Mas só Delcídio, o nono, foi preso pelo Supremo, com a anuência de sua casa , o Senado. Isso sim é totalmente inédito na história da Republica.

Com os agradecimentos à pesquisadora Maria Lucia Horta Ludolf de Mello, servidora aposentada da Casa de Rui Barbosa.”

***
Interessante observar o comentário do leitor Irajá Menezes à matéria da jornalista: “Hilde, pesquisando o caso Del Suicídio Político do Amaral, descobri que o STF já prendeu outro parlamentar. Trata-se do presidente da Assembléia Legislativa do Estado de Rondônia, deputado estadual José Carlos de Oliveira.

Ele foi preso por decisão do Superior Tribunal de Justiça em agosto de 2006 durante a Operação Dominó da Polícia Federal. Segundo o Ministério Público, pelo menos desde 2003, existia uma organização criminosa no Estado de Rondônia que se dedicava ao desvio de recursos públicos.

O grupo, composto por TODOS os deputados estaduais da Assembléia Legislativa rondoniense e alguns colaboradores importantes, seria chefiado pelo presidente José Carlos de Oliveira.

Oliveira tentou um pedido de habeas corpus, mas o STF não concedeu. A relatora era a ministra Carmen Lúcia.”

***
Imagem:reprodução/Correio do Brasil

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger