terça-feira, 26 de julho de 2016

Política: 'Fila da propina via Caixa 2 é do tamanho da Muralha da China'

A Justiça brasileira precisa rever seu critério de seletividade. E principalmente deixar de ser hipócrita. Como diria o personagem de um famoso programa humorístico da Globo (o "macaco"): "Cadê os outros!?". Afinal, quanto recebeu das empreiteiras o Partido do adversário na campanha que reelegeu Dilma Rousseff?  Será que isso não vem ao caso para os promotores da Operação Lava Jato?
No rol das delações sobre o esquema de corrupção envolvendo estatais brasileiras, principalmente a Petrobras, aparecem nomes de importantes políticos de vários partidos. No entanto, a justiça é rápida como uma serpente para pegar alguns, e lenta como uma tartaruga para atingir outros. 


João Santana, que fez o marketing das campanhas presidências do PT desde 2006, confessou ao juiz Sérgio Moro da Operação Lava Jato, que recebeu seus “honorários” pelos serviços prestados, via Caixa 2. Disse também, que “a fila” dos que receberam propina pela mesma via, daria "uma muralha humana capaz de concorrer com a Muralha da China".

A mídia em geral e a imprensa corporativa no Brasil, comprovadamente partidária, quando deveria ser isenta no mister de informar a verdade dos fatos, repercutiu o depoimento de João Santana de uma forma parcial e tendenciosa, conforme a conveniência. Deu ênfase ao fato do marqueteiro ter confessado que recebeu US$ 4,5 milhões de Caixa 2 da campanha de Dilma Rousseff em 2010. 

Porém, a delação premiada de Santana revela muito mais. Não se trata de defender criminosos e detratores deste, ou daquele Partido político. Mas, é importante buscar à fundo a verdade dos fatos para praticar a justiça por inteiro. Como não existe meia-verdade, não deveria existir meia-justiça em um julgamento. Caso contrário, não existe nem verdade, nem justiça plena.

Leia aqui a íntegra do depoimento do marqueteiro João Santana, na Operação Lava Jato.

Em complemento e a título de esclarecimento, o comentário do jornalista Bob Fernandes sobre o caso:



Canal do YouTube: Jornal da Gazeta

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger