quinta-feira, 14 de julho de 2016

São Paulo perde de novo e é eliminado da Copa Libertadores 2016

O São Paulo sofreu nova derrota para o Atlético Nacional (COL) e está fora da Copa Libertadores 2016. Tendo sido derrotado por 2 a 0 na primeira partida das semifinais, o tricolor paulista precisava vencer pelo mesmo placar para levar a decisão para os pênaltis, Ou fazer 3 a 0 para garantir a vaga na final, mas perdeu por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (13), no Estádio Atanásio Girardot, em Medellín (COL).
O São Paulo saiu na frente com um gol de cabeça de Calleri, após um cruzamento perfeito de Michel Bastos, aos 8' do primeiro tempo. Porém, sete minutos depois o São Paulo tomou o gol de empate. Berrío, aproveitou um erro de passe no meio campo e lançou para Borja, que ganho na corrida de Lugano e Hudson e bateu cruzado sem chance para o goleiro Denis.

Na sequência, o tricolor teve uma grande chance de gol em novo cabeceio de Calleri, mas a bola foi no travessão. Apesar da condição técnica dos colombianos ser melhor, a equipe paulista continuou bem na partida. Mas no final da primeira etapa aconteceu um lance de pênalti não marcado pelo árbitro provocou a revolta dos são-paulinos.


O volante Hudson foi visivelmente empurrado pelo zagueiro Bocanegra dentro da área, no momento de finalizar para o gol. No segundo tempo, o Atlético Nacional perdeu várias chances de marcar o segundo gol. Se estava difícil para o São Paulo, a situação ficou ainda pior quando Carlinhos, substituto de Mena, pulou de costas para tentar cortar um cruzamento dentro da área e a bola bateu em seu braço. O árbitro apitou pênalti, que Boja cobrou e marcou o gol da virada, aos 32 minutos. 

O lance da penalidade máxima provocou nova revolta dos jogadores e da comissão técnica do São Paulo. Só que desta vez a reclamação junto à arbitragem foi contundente e mais acintosa, provocando três expulsões. Lugano, que dissera "eu sei quando um erro é tendencioso", levou o segundo amarelo, Wesley, o mais exaltado de todos, tomou cartão vermelho direto, e sobrou também para o auxiliar José Daniel Di Leo, que foi retirado de campo.

Depois de quase 10 minutos de paralisação a partida reiniciou com os colombianos limitando-se a tocar a bola, sob os gritos de olé da torcida. O árbitro apitou fim de jogo com de 5' de acréscimo com muita comemoração dos jogadores do Atlético Nacional, que irão disputar a terceira final da sua história na Copa Libertadores. 

O adversário dos colombianos nas finais da competição, será o vencedor da outra semifinal que acontece hoje (14), entre Boca Juniors e Independiente del Valle, em Buenos Aires (ARG), no La Bombonera. O São Paulo tem o clássico com o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro, no domingo, em Itaquera.

Assista aos melhore momentos de Atlético Nacional (COL) 2 x 1 São Paulo, partida de ida das semifinais da Copa Libertadores 2016:



(com informações da Gazeta Esportiva/torcedores.com)
Imagem: reprodução/créditos da foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger