quarta-feira, 19 de julho de 2017

Professor de direito explica os efeitos da Reforma Trabalhista [vídeo]

O governo interino de Michel Temer contou com duas importantes forças para aprovar a Reforma trabalhista. Uma atuou no Congresso Nacional, onde o lobby junto aos deputados e senadores, por razões óbvias, foi muito mais efetivo e favorável ao empregador do que ao empregado. A outra, esteve na mídia em geral, onde foram despejados milhões de reais em verbas publicitárias, para vender a ideia como necessária ao crescimento econômico do país. Mas, há controvérsias em relação às mudanças. 
As ações de publicidade do governo Temer junto aos meios de comunicação, não explicaram muito bem as mudanças e alterações nas leis trabalhistas. Há pontos obscuros. No fundo, elas criam dificuldades nas relações entre patrão e empregado, beneficiando um lado e claramente prejudicando a grande maioria dos trabalhadores brasileiros. De acordo com grande parte da sociedade, a Reforma resulta num ataque às condições de vida da classe trabalhadora.

No decorrer do processo de aprovação, partidos de oposição, inúmeras autoridades, como vários ministros do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e entidades representativas da sociedade, como a AOB, se posicionaram contra a forma como foi desenvolvido o projeto da Reforma. Mas nada adiantou a pressão para que fosse melhor discutida com outros setores da sociedade. E a Reforma Trabalhista entrará em vigor daqui a poucos meses, como pretendia o governo.  

Enfim, a Reforma Trabalhista a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e significa um retrocesso nas conquistas de direitos dos trabalhadores. Na sequência, haverá uma grande discussão resultante dos processos judiciais trabalhistas, que certamente irão surgir no decorrer do tempo. É o pensamento do professor de direito Wander Medeiros, que explica didaticamente no vídeo abaixo, os efeitos da Reforma no dia-a-dia do trabalhador comum.        



Fonte: Desmascarando
Imagem: reprodução

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger