segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Coritiba e Rio Branco decidem o primeiro turno do campeonato paranaense 2018

Coritiba e Rio Branco irão disputar a final da Taça Dionísio Filho, que equivale ao primeiro turno do Campeonato Paranaense 2108. Depois de um empate em 1 a 1 no tempo normal de jogo, o Coxa conquistou a vaga vencendo o Foz do Iguaçu nos pênaltis, neste domingo, no estádio do ABC. Da mesma forma, o Rio Branco eliminou o invicto Atlético paranaense. O Leão da Estradinha segurou o placar de zero a zero e nas penalidades máximas levou a melhor em cima do Furacão.

A decisão deve ocorrer no próximo domingo, com mando de campo do Coritiba, que teve a melhor campanha na primeira fase. Um novo empate entre os finalistas leva a disputa para os pênaltis. O campeão assegura vaga na grande final do Campeonato Paranaense 2018.

Em um jogo tecnicamente fraco em Foz do Iguaçu, no estádio ABC, o Azulão saiu na frente do Coxa. Após a cobrança de escanteio de Paulinho, aos 17 minutos do primeiro tempo, Leandro Silva desviou e Luccas Brasil também de cabeça completou para o fundo da rede. O Coritiba empatou aos 13' da segunda etapa. Julio Rusch recebeu dentro da área e de calcanhar ajeitou para Kady tocar colocado no canto e deixar tudo igual. O Alviverde paranaense teve a chance de matar o jogo com Evandro, aos 42 minutos, mas o jovem atacante livre na pequena área, cabeceou por cima do travessão.

Nos pênaltis, Wilson defendeu a cobrança de Luccas Brasil. Kady bateu e colocou o time Coxa Branca em vantagem. Leandro Silva converteu para o Azulão. Iago bateu forte e marcou. Olavo não desperdiçou a cobrança. Julio Rusch bateu com categoria e fez o terceiro do Coxa. Marcelo Soares isolou, mandado alto por cima do travessão. O volante João Paulo bateu firme e garantiu a classificação do Alviverde.

Na Arena da Baixada, o destaque da partida foi o goleiro Jhones do Rio Branco. O goleiro do Leão da Estradinha garantiu o placar sem gols diante do Furacão, realizando importantes defesas no tempo normal de jogo. Nas penalidades máximas, além de converter, defendeu a cobrança de Yago. Na primeira cobrança, João Pedro marcou para o Atlético. Raul igualou a disputa. Ederson e Vitor não desperdiçaram. Vandinho colocou o Rio Branco na frente. Giovanny cobrou e marcou. O goleiro atleticano Santos defendeu a cobrança de Fernando Fernandes, deixando tudo igual.

Atlético e Rio Branco decidiram a vaga na final nas cobranças alternativas. Felipe Dorta converteu. Thiagão mostrou tranquilidade e mandou par o fundo das redes do goleiro Santos. Vitinho cobrou com força, mas o bola foi na trave. Chance para Marco Tulio, que cobrou com perfeição e colocou o Rio Branco na final contra o Coritiba.





(com informações da Gazeta Esportiva/FutebolInterior)
Imagem: reprodução/montagem: futebolparanaense.net 

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger