segunda-feira, 30 de julho de 2018

Goleadas e resultados surpreendentes: confira o resumo da 16ª rodada do Brasileirão 2018

Bahia e Atlético mineiro realizam nesta segunda-feira, às 20:00 horas, na Arena Fonte Nova, a partida de encerramento da 16ª rodada do Brasileirão 2018, iniciada no sábado (28) com apenas um confronto. O lanterna Ceará obteve sua segunda vitória na competição derrotando o Fluminense por 1 a 0, no estádio Presidente Vargas. A 16ª rodada trouxe outros confrontos com resultados surpreendentes, além de vitórias com goleadas.
O Vozão jogou melhor que o Tricolor carioca ao longo de todo o primeiro tempo, que no entanto chegou abrir o placar no Presidente Vargas, mas o gol foi anulado pela arbitragem. Aos 9 minutos, Júnior Dutra dividiu com o goleiro Everson e a bola sobrou para Sornoza tocar para o fundo da rede, mas o árbitro anulou o lance marcando falta no goleiro. Depois, a equipe cearense teve uma boa sequência de oportunidades.

Aos 11 minutos, João Lucas conseguiu bom chute levando perigo à meta do goleiro Julio Cesar, que logo depois praticou boa defesa na conclusão de Luiz Otávio. Aos 21', o goleiro tricolor tricolor defendeu de forma espetacular uma falta bem cobrada por por Cardona. A torcida cearense voltou a vibrar aos 32 minutos, quando quando Juninho Quixadá fez boa jogada individual e mandou uma bomba na trave. 

O Fluminense respondeu aos 36 minutos, quando Gilberto cruzou da direita e Sornoza cabeceou com perfeição para a defesa de Everson. Dois minutos depois, num cruzamento de Ayrton Lucas, o centro-avante Pedro quase marcou para o Fluminense, mas o zagueiro Tiago Alves salvou em cima da linha. Aos 41', o Ceará abriu o placar. Juninho Quixadá fez ótimo passe para Leandro Carvalho invadir a área e deixar o zagueiro Gum sentado com o drible e tocar na saída do goleiro Julio Cesar.

No segundo tempo o Fluminense voltou disposto a empatar a partida e levou grande pressão à defesa do time cearense, que demorou a se organizar dentro de campo. Logo aos 6 minutos, o Tricolor perdeu uma grande chance de igualar o placar num ótimo cruzamento de Gilberto para Luciano, que inteiramente livre cabeceou para fora. Enquanto o Ceará se defendia bem, o Fluminense criou outra boa oportunidade do empate aos 31'. Após um cruzamento na área, a bola sobrou para Everaldo, livre, concluir pela linha de fundo.

O Ceará só chegou com certo perigo no ataque somente aos 37 minutos, quando Calyson conseguiu boa conclusão, mas o chute saiu por cima do travessão. Nos minutos finais o Tricolor partiu para a pressão em busca do gol de empate, mas a defesa do Ceará bem postado garantiu o resultado e sua segunda vitória no Brasileirão 2018. Com o resultado, o Vozão permanece na lanterna com 11 pontos. Dois a mais que o Paraná, que será seu adversário na próxima rodada, domingo, às 16:00 horas, na Vila Capanema, em Curitiba. O Fluminense, em 9º lugar com 21 pontos, jogará contra o Bahia, no Maracanã, às 19:00 horas, no mesmo dia.

No domingo pela manhã aconteceram dois confrontos, com muitos gols. No Estádio Mané Garrincha, o Vasco perdeu de goleada, por 4 a 1, para o Corinthians. No Allianz Parque, o Palmeiras recebeu o Paraná e venceu por 3 a 0.

No Mané Garrincha, em Brasília, Vasco e Corinthians fizeram um bom primeiro tempo. O Timão foi quem teve a primeira grande chance de marcar o primeiro gol do jogo. Após cobrança de escanteio de Clayson, Danilo Avelar subiu mais que a zaga e mandou no travessão, aos 43 minutos. Aos 45', Yago Pikachu invadiu a área pelo lado esquerdo e na trombada com Fagner os dois foram ao chão. o árbitro viu falta do lateral e marcou pênalti, muito contestado pelos corintianos. O próprio Pikachu cobrou deslocando Cássio, marcando 1 a 0 Vasco.

Na etapa complementar, o Corinthians empatou aos 3 minutos de jogo com  Angel Romero , que marcaria mais dois gols na partida. O atacante paraguaio fez o gol da virada aos 11', com um belo toque de primeira depois do cruzamento de Pedrinho. Aos 33', outro pênalti polêmico em um lance muito parecido com o que aconteceu com o Vasco. Jadson cobrou e fez 3 a 1 Corinthians. Já dos descontos, Romero marcou o seu terceiro gol no jogo e fechou a goleada corintiana. 

Com o resultado, o Corinthians chegou na 7ª colocação com 25 pontos. O Timão volta a campo na quarta-feira (01/08), pelas quartas de final da Copa do Brasil recebe a Chapecoense, em Itaquera. Depois, no sábado, às 21:00 horas, joga contra o Atlético paranaense pelo Brasileirão 2018. O Vasco, em 12º lugar com 20 pontos, pega o São Paulo, na tarde de domingo, no Morumbi.

No outro jogo realizado às 11:00 horas do domingo (29), no Allianz Parque, o Palmeiras comandado pelo técnico interino Wesley Carvalho, que dará o lugar para Luiz Felipe Scollari, não teve dificuldades para vencer o Paraná, por 3 a 0. Bruno Henrique marcou dois gols para o Verdão palista, aos 14' e aos 40, ainda no primeiro tempo.

Logo no início da etapa complementar, o Paraná teve grande chance de diminuir e dar outro rumo à partida. Silvinho cobrou com perfeição uma falta de fora da área, mandando um bomba no travessão. Mas aos 33 minutos, após o bom goleiro paranista Thiago Rodrigues rebater um escanteio, a bola caiu nos pés de Lucas Lima que bateu de primeira para marcar um golaço e fechar o placar. 

Com a vitória, o Palmeiras terminou a 16ª rodada em 6º lugar, com 26 pontos. Na próxima rodada, o Verdão visitará o América-MG, no Independência. O Tricolor paranaense é o vice-lanterna do Brasileirão, com 13 pontos somados até aqui.

No Maracanã, o Flamengo venceu de goleada, por 4 a 1, o Sport do Recife. Os gols da vitória do Rubro-negro carioca foram marcados por: Réver, Lucas Paquetá, Éverton Ribeiro e Uribe. Cláudio Winck marcou o tento de honra do Leão da Ilha. Na liderança do campeonato, o Flamengo somou 34 pontos, contra 32 do vice-líder São Paulo, e na próxima enfrentará o Grêmio, em Porto Alegre. O Sport completou quatro partidas sem vencer e ficou na 13ª posição, com 19 pontos. Seu próximo adversário será a Chapecoense, na Ilha do Retiro.

Na Vila Belmiro, o Santos perdeu para o América-MG e ficou em situação ruim no campeonato beirando a Zona perigosa. Com a derrota, o Peixe ficou na 16ª posição, com 16 pontos. Mesma pontuação do Bahia, primeiro dos quatro últimos colocados e joga hoje à noite conta o Atlético-MG. Com a vitória, o Coelho se distanciou ainda mais da ZR, chegando ao 10º lugar com 20 pontos.

O da vitória do time mineiro foi marcado por Ruy (emprestado do Coritiba), cobrando um pênalti de marcação duvidosa, aos 38 minutos do primeiro tempo. Na segunda etapa, o Santos desperdiçou várias oportunidades de gol e poderia ter empatado e até mesmo vencido a partida. Principalmente com o atacante Gabigol, que desperdiçou pelo menos três boas chances.

No entanto, faltou sorte ao Alvinegro praiano. Aos 20 minutos, Rodrygo acertou o travessão em cobrança de falta. Aos 32', Jean Motta acertou bom chute de fora da área com goleiro João Ricardo dando rebote na defesa. Yuri Alberto ficou com a bola, mas com o goleiro no chão chutou pra fora. Aos 37 minutos, outra chance santista desperdiçada, com Gustavo Henrique cabeceando na trave.

Na próxima rodada, já com Cuca no comando técnico da equipe, o Santos enfrentará o Botafogo, sábado, às 16:00 horas, no estádio Nilton Santos. O América mineiro pega o palmeiras, no Independência.

No Beira Rio, o Internacional recebeu o Botafogo e venceu por 3 a 0. No primeiro tempo, o atacante William Pottker marcou dois gols. O primeiro aos 27' e depois aos 44 minutos. No segundo tempo, o Botafogo quase diminuiu em boa cobrança falta, aos 10'. Mas, dois minutos depois, Leandro Damião, com muita facilidade, marcou o terceiro do Inter fechando o placar. Com a vitória, o Colorado conquistou o 3º lugar, somando 29 pontos, e na próxima pega o Atlético-MG, no Independência.

No Mineirão, o São Paulo não encontrou facilidade diante do Cruzeiro, mas venceu por 2 a 0 e manteve a vice-liderança do Brasileirão 2018. Depois de grandes jogadas de ataque, a Raposa andou muito perto de abri o placar desperdiçando várias chances de abrir o placar, o São Paulo marcou o primeiro gol de contra- ataque. Diego Souza, após um cruzamento tocou de primeira para o fundo da rede de Vitor, aos 26 minutos. No segundo tempo, Rojas deixou Everton na cara do gol para marcar São Paulo 2 x 0 Cruzeiro.

A maior goleada da 16ª rodada aconteceu na Arena da Baixada. O Atlético paranaense, que havia dormido na última posição do campeonato, devolveu a lanterna nas mãos do Ceará vencendo o Vitória-BA, por 4 a 0. Marcaram os gols do Furacão: Marcelo Cirino, de cabeça, aos 11', Marcinho, aos 21', e Wellington, aos 47 minutos do primeiro tempo. Na etapa final, Pablo recebeu passe perfeito de Nikão, e de cabeça fechou a goleada, aos 24 minutos. Ainda na Zona do rebaixamento, o rubro-negro paranaense ocupa o 18º lugar com 13 pontos. O Vitória-BA ficou na 14ª colocação, com 18 pontos.

Na Arena Condá, o Grêmio escalou o time reserva para jogar contra a Chapecoense e ficou no empate em 1 a 1. O Tricolor gaúcho abriu o placar aos 2 minutos de jogo, com gol marcado por Pepê. A Chape empatou com um belo gol EliCarlos, aos 16 minutos do primeiro tempo. Entretanto, a equipe catarinense andou muito perto de marcar o gol da virada. Aos 46 minutos, quase chegou à vitória no cabeceio perigoso do volante Amaral, que Paulo Victor evitou praticando boa defesa. 

Com o resultado, o Grêmio manteve o quarto lugar somando 27 pontos, mas ameaçado pelo Atlético-MG, em quinto com 26, que joga logo mais contra o Bahia no confronto que fecha a 16ª rodada. A Chapecoense ocupa o 15º lugar na tabela de classificação, com 17 pontos conquistados até o momento.



















(com informações da Gazeta Esportiva)
Imagem: reprodução/Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger