quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Inventor da Internet faz proposta para salvá-la antes que seja tarde demais

Timothy John Berners-Lee, inventor da WEB (Word Wide Web), em uma palestra realizada nesta segunda-feira (05), na conferência Web Summit, em Lisboa, propôs um plano para salvar a Internet. A iniciativa do pai da WEB, prevê a elaboração de um novo projeto global, a ser construído de forma colaborativa, que defenda uma Internet livre para todos. E deixe de ser uma ferramenta de manipulação política e Fake News, propagação de ódio e centralização de poder de grandes empresas de tecnologia.

Berners-Lee defende que nesse novo "contrato pela Internet", a ser validado por governos, grandes corporações e usuários em geral, todos se prontifiquem a ajudar a mudar esse panorama negativo constatado na internet nos últimos anos. 

Para Beners-Lee, todas as partes terão papel fundamental nessa mudança. Governos, na criação de leis que garantam a a neutralidade na Internet, as gigantes empresas de tecnologias verdadeiramente preocupadas em garantir a segurança de dados dos usuários e que eles próprios possam controlar seus dados pessoais. A parte que caberia a cada um usuário, individualmente, é o comprometimento com a linguagem utilizada na Internet, que respeite toda a diversidade humana, contribuindo para que a internet seja um ambiente seguro e acolhedor para todos. 

"Vai ficar tudo bem, mas todos somos responsáveis por tentar fazer a WEB melhor. Precisamos proteger os nossos direitos on-line e encorajar a inovação, sempre com base em princípios e valores universais", comentou Beners-Lee. A campanha de mobilização comandada pelo autor junto à Grande Rede, está sendo chamada de #ForTheWeb.  

Atualmente, a ideia conta com o apoio de mais de 50 organizações, incluindo o governo da França, e empresas como Google e Facebook. O autor comentou que a meta é publicar os termos definitivos desse contrato em maio de 2019. Data em que, segundo estimativas, mais da metade de toda a população mundial estará conectada à internet. 

Participaram da palestra, a vice-presidente de Environment, Policy and Social Initiatives da Apple, Lisa Jackson, e o secretário geral das Nações Unidas, António Gutierres. A abertura oficial do evento, denominado Web Summit, ficou a cargo do CEO Paddy Cosgrave, ao lado do primeiro ministro de Portugal, António Costa, e do prefeito de Lisboa, Fernando Medina. "O Web Summit é sobre pessoas brilhantes, sobre cada um de nós, sobre como podemos nos conectar e transformar as empresas, as carreiras e pessoas", disse Cosgrave

Fonte: Canaltech/Jornal do Comércio
Imagem: reprodução 

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger