quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Copa Sul-Americana 2018: Atlético-PR empata com Junior Barranquilla no primeiro jogo da decisão do título

O Atlético paranaense empatou o primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana 2018 contra o Junior Barranquilla, em 1 a 1, na Colômbia. A partida de volta será na próxima quarta (12), na Arena da Baixada, em Curitiba. Como não há o critério de vantagem com gol fora de casa, um novo empate leva a decisão para a prorrogação. Persistindo a igualdade, o campeão será definido em cobrança de pênaltis.

No primeiro tempo, a equipe colombiana jogou melhor que o Furacão, que não conseguiu apresentar o bom futebol das últimas partidas. O Barranquilla teve mais oportunidade de marcar o primeiro gol do confronto, mas foi atrapalhado pela ansiedade dos atacantes. Entretanto, na etapa complementar o Rubro-negro paranaense abriu o placar logo no início. Nikão dominou no meio e em velocidade lançou Pablo na direita, que invadiu a área e com um chute forte cruzado colocou o Atlético na frente, aos 4 minutos. 

Mas a vantagem durou pouco. Dois minutos depois, o time colombiano partiu contudo em busca do empate e no bate-rebate dentro da área a zaga atleticano rebateu mal e a bola sobrou para Yony González, dentro da área bater de virada com o pé esquerdo sem chance de defesa para Santos.

Incentivado pela torcida, que lotou o Estádio Roberto Meléndez, em Barranquilla (COL), o time colombiano cresceu dentro de campo, mas desperdiçou a grande de marcar o segundo gol e sacramentar a vitória. Por volta dos 25 minutos, após uma confusão na pequena área, em que a zaga do Atlético salvou em cima da linha de gol, Rony cometeu uma falta infantil em Guitierrez dentro da área. Corretamente o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, o zagueiro Pérez mandou uma bomba com a bola explodindo no travessão.

Nos minutos finais, mesmo com toda a pressão, o Atlético chegou a criar dois bons ataques. Aos 34', Rony recebeu um bom lançamento, mas o goleiro Vieira saiu bem e interceptou a jogada. Aos 38', Nikão tocou para Bruno Guimarães, entrar na área e driblar o marcador, mas perdeu a bola no momento da conclusão. Aos 44 minutos, Piedrahita cabeceou com liberdade dentro da área mas mandou para fora.

Já nos acréscimos, Santos salvou o Atlético da derrota praticando uma espetacular defesa no chute forte de Barrera. Além disso, garantiu o ótimo resultado que dá ao Rubro-negro paranaense uma certa vantagem na conquista do título de campeão da Copa Sul-Americana 2018. Jogando em casa, na Arena da Baixada, o Furacão tem demonstrado que é quase imbatível.



(com informações da Gazeta Esportiva)
Imagem: reprodução/Foto: Joaquin Sarmiento/AFP

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger