quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

Quando a bola parou uma guerra: um conto de Natal inesquecível

A primeira guerra Mundial foi um dos conflitos bélicos que mais causou vítimas na história. Entretanto, no meio do quer há de pior na humanidade surgiu algo de melhor...e o futebol esteve presente, desempenhando um papel importante.

O dia era 24 de dezembro de 1914. De um lado, tropas britânicas; do outro, os alemãs. Separados por uma extensão de terra denominada como 'Terra de Ninguém', eles saíram das trincheiras na véspera de Natal e pediram uma trégua nas hostilidades.

Na manhã seguinte, a trégua permaneceu e ambos os lados decidiram colocar as armas de lado e compartilhar dos alimentos quer tinham. No meio daquele ambiente festivo, alguém sacou uma bola de futebol e vários soldados disputaram um jogo de futebol que entraria para a história. 

"Meu nome é Tom Palmer e sou soldado escocês do Império Britânico. Tenho apenas uma ordem: matar alemães. E hoje, dia de Natal de 1914, joguei futebol com eles" diz uma das cartas, enviadas por soldados para seus familiares.

Durante muito tempo, uma cruz recordou o acontecido no cenário daquela partida. No centenário do episódio, a UEFA inaugurou uma escultura que homenageia o encontro, que teve uma bola de futebol como protagonista e emissária da paz.

Fonte: Goal.com
Imagem: reprodução/@hisória_SXX

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger