quinta-feira, 21 de maio de 2020

Sleeping Giants: movimento que "quebrou" site de Steve Bannon chega ao Brasil, mirando extrema-direita

Jornal GGN - Imagine um movimento no Twitter conseguir convencer grandes marcas a parar o financiamento, via publicidade automática no Google, de sites de estrema-direita que praticamente vivem de fake news. Esse movimento existe, conseguiu "quebrar as pernas" do blog de notícias idealizado por Steve Bannon, e agora chega ao Brasil, mirando os portais que estão ao lado do governo de Jair Bolsonaro.

O movimento no Twitter se chama Sleeping Giants. A experiência nos Estados Unidos foi conduzida por um publicitário que se manteve no anonimato durante muito tempo. Ele criou a conta para chamar a atenção de empresas e consumidores sobre os anúncios em sites extremistas. 

No caso do Breitbart News, de Bannon, a polêmica era certa, pois o portal de "notícias", tendencioso, foi usado para atacar adversários políticos de Trump com golpes baixíssimos. Além de tudo, tem relação com supremacistas brancos.

Segundo um documentário da Netflix, o Breitbart perdeu 8 milhões de euros (ou 50,7 milhões de reais) em publicidade no Google por culpa do Sleeping Giants. Um dos atos realizados pelo Sleeping Giants nos EUA foi uma vaquinha online que patrocinou uma ação para convencer a Amazon a parar de anunciar em blogs de extrema direita. 

Os anúncios questionados são os de mídia programática. Muitas vezes, as marcas participam de leilões no Google e não afinam os critérios para descartar esses portais que atacam direitos humanos e minam as bases da democracia. Após o El País Brasil contar da iniciativa lá fora, um estudante brasileiro que desenvolve pesquisas sobre fake news decidiu criar uma conta Sleeping Giants para o Brasil. A conta tem aval dos precursores norte-americanos e já ganhou mais de 20.000 seguidores. 

"Enquanto a conta original norte-americana se define como "um movimento para tornar o fanatismo e o sexismo menos lucrativos", o perfil adaptado ao contexto político brasileiro pretende "impedir que sites racistas ou de fake news monetizem através da publicidade", descreveu El País.

De acordo com o jornal, pelo menos duas empresas - Telecine e Dell - já se comprometeram a suspender publicidade no site Jornal da Cidade Online, que em 2018 ajudou Bolsonaro espalhando fake news. 


Imagem: reprodução

[Sleeping Giants: Movimento expõe empresas brasileiras que financiam, via anúncios, sites de extrema direita e notícias falsas: Inspirada em modelo dos EUA, versão brasileira da conta Sleeping Giants alerta companhias sobre publicidade em páginas que ajudam a desinformação. Banco do Brasil, Dell, O Boticário, Submarino e Telecine retiram propaganda.] 

[Movimento alerta empresas sobre anúncios em sites com fake news: Criado nesta semana, o perfil brasileiro do movimento Sleeping Giants já está fazendo barulho entre anunciantes e políticos. (...) A iniciativa foi criada para alertar empresas sobre a veiculação de anúncios automáticos em sites extremistas ou que contenham notícias falsas. Em apenas uma semana, o movimento conseguiu a promessa de retirada de anúncios de pelo menos 5 empresas que faziam propaganda no site Jornal da Cidade Online, acusado de publicar notícias falsas e informações distorcidas. O perfil do movimento no Twitter alcançou 100 mil seguidores em apenas 5 dias, depois de ter sido divulgado por personalidades como o influenciador Felipe Neto e o apresentador Luciano Huck.] 

A jornalista Monica Bergamo do jornal Folha de S.Paulo, em sua página no Twitter fez um convite aos seus seguidores para conheçam  o movimento.

[Banco do Brasil retira anúncio de site governista e Carlos Bolsonaro reage: Após o Banco do Brasil informar que retiraria anúncios de um site governista apontado como propagador de notícias falsas, o vereador carioca Carlos Bolsonaro, filho do presidente, reagiu. Estrategista informal da comunicação do governo, Carlos foi às redes sociais criticar a ação do Bando contra os apoiadores do governo.] 

***

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger