sábado, 20 de junho de 2020

Clã Bolsonaro tenta se desvencilhar de Wassef, mas teme revelações

Do G1- Integrantes do Palácio do Planalto culpam, desde quinta-feira (18), o advogado Frederick Wassef pelo novo desgaste do presidente Jair Bolsonaro: a prisão de Fabrício Queiroz em um imóvel do advogado. Wassef defende o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), no caso das rachadinhas, e também é advogado de Jair Bolsonaro.

Nos bastidores, assessores do presidente, quando questionados sobre a prisão de Queiroz, afirmam que a situação de Flávio Bolsonaro se agravou. A estratégia é tentar blindar Bolsonaro. Por isso, nos bastidores do Planalto, defende-se a solução mais rápida: tirar Wassef o quanto antes da defesa do núcleo familiar, para afastar a ideia de que Queiroz foi escondido em Atibaia com a anuência da família. 

Porém, em um primeiro momento, menos de 24 horas após a prisão de Queiroz, Fred Wassef repetia a quem perguntasse que era "óbvio" que ele era o advogado do presidente Bolsonaro, em uma sinalização clara de que não aceitará sair pela porta dos fundos da casa da família presidencial.

Para governistas, Wassef dá sinais de que resistirá a essa estrategia de ser isolado. E a preocupação, hoje, no Planalto, é com o conteúdo do que Fred Wassef possa revelar se for abandonado pela família - ou preso, por obstrução de Justiça. Por isso, assessores monitoram o advogado desde quinta e não descartam sua prisão. 

(...)

Imagem: reprodução  

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger