quarta-feira, 22 de julho de 2020

EUA compram todas as vacinas contra covid-19 produzidas pela Pfizer e BioNTech em 2020

www.seuguara.com.br/Estados Unidos/vacina/coronavírus/covid-19/
Os Estados Unidos fecharam nesta quarta-feira (22) um acordo com as farmacêuticas Pfizer e BioNTech para comprar, ainda em 2020, 100 milhões de doses da vacina contra a covid-19. As empresas informa que não devem conseguir produzir mais do que isso neste ano.
www.seuguara.com.br/Estados Unidos/vacinas/coronavírus/covid-19/
Comunicado emitido pelas farmacêuticas afirma que o governo americano fez um pedido inicial de 100 milhões de doses e vai desembolsar um total de US$ 1,95 bilhão por elas, após a aprovação da profilaxia FDA, a agência reguladora de medicamentos no país. O acordo firmado ainda prevê entrega de até 600 milhões de doses aos EUA ao longo do ano seguinte. 

O governo de Donald Trump concordou em gastar a quantia para busca de uma vacina potencial. O Deprtamento de Saúde e Serviços Humanos e o Departamento de Defesa dos Estados Unidos lançaram a Operação Warp Speed para acelerar o desenvolvimento de imunização, tratamentos e testes contra o coronavírus.

Mais de 150 vacinas no mundo estão com produção em curso, sendo cerca de 20 em fase de testes em humanos. Governos têm assinado acordo com as farmacêuticas para assegurar o suprimento dessas candidatas a vacina. 

Até o final de 2021, Pfizer e BioNTech planejam produzir mais de 1,3 bilhão de doses, que deve ser entregue ao restante do mundo. "Estamos satisfeitos por termos assinado este importante acordo com o governo dos EUA para fornecer as 100 milhões de doses iniciais", disse o CEO da BioNTech, Ugur Sahin. 

Na segunda-feira (20), as duas farmacêuticas anunciaram resultados positivos nos estudos da vacina experimental que desenvolveram juntas. De acordo com as farmacêuticas, foram verificadas repostas imunes em velocidade anterior ao prazo estimado das chamadas células T, consideradas fundamentais para proteger um organismo do novo coronavírus. A pesquisa, que ainda precisa ser avaliada por parers para posterior publicação em revista científica, não registrou efeitos colaterais graves em indivíduos que receberam a vacina.

Fonte: Nominuto
Imagem: reprodução/Foto: Natali_Mis/Getty Images/iStockPhoto

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger