sexta-feira, 24 de julho de 2020

Política: PSL deve expulsar parlamentares que votaram contra o Fundeb

www,seuguara.com.br/Bia Kicis/PSL/
O PSL sinalizou que pretende expulsar os deputados que votaram contra a PEC do Fundeb. A representação contra Bia Kicis (PSL-DF) será a primeira a chegar aos conselho de ética do PSL. Em seguida, será a vez dos deputados pesselistas Chris Tonietto (RJ), Filipe Barros (PR), Luiz Phillipe de Orleans e Bragança (SP), Junio Amaral (MG) e Márcio Labre (RJ).
www.seuguara.com.br/Bia Kicis/PSL/representação/

"É um absurdo os diversos posicionamentos contrários à sociedade vindos desses deputados bolsonaristas, que no final acabam maculando a imagem do PSL", afirmou o vice-presidente nacional da sigla, deputado Júnior Bozella, ao defender a expulsão como o caminho "mais justo".

Bozella diz que recebeu reclamações de vários filiados e entidades pedindo que os parlamentares que votaram contra o Fundeb sejam alijados do partido. Depois de receber a representação, o conselho de ética emite o parecer e encaminha para a Executiva. A decisão é do diretório, em votação. 

A previsão é que até terça-feira, 28, a representação chegue à Executiva Nacional da legenda. 

(com informações do UOL)
Imagem: reprodução/Foto: Cleia Viana/Câmara dos deputados

[A pedido do presidente Jair Bolsonaro, a deputada Bia Kicis foi afastada da vice-liderança do governo. O despacho foi publicado em edição extra do Diário Oficial nesta quarta-feira (22). Alvo de inquérito das fake news, Bia Kicis xingou Celso de Mello de "juiz de merda": "Entre os seis parlamentares federais chamados a depor no inquérito das fake news, que tramita no Supremo Tribunal Federal, a deputada xingou o ministro Celso de Mello por ter tomado decisões que contrariaram o presidente Jair Bolsonaro". "Kicis [também] protestou contra a decisão do ministro de divulgar na íntegra a gravação da reunião ministerial de 22 de abril na qual, segundo Sergio Moro, o presidente tentou interferir politicamente no comando da Polícia Federal. (...) A deputada voltou a atacar um integrante do Supremo, após Alexandre de Moraes determinar ordens de busca e apreensão contra investigados no inquérito das fake news. (...) A deputada também incentivou seus seguidores no Twitter a subirem as hastags #CensuraDoSTF e #DitaduradoSTF".]

***

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger