sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Pandemia: Paraná suspende aulas presenciais, fecha serviços não essenciais e amplia toque de recolher

www.seuguara.com.br/Ratinho Júnior/Paraná/pandemia/

Redação Bem Paraná
- O Governo do Paraná decretou nessa sexta-feira (dia 26) o fechamento de serviços não essenciais. O toque de recolher também foi ampliado e passa a valer entre as 20h e 5h. A medida começa a valer na primeira hora deste sábado (dia 27) e vale até 8 de março. As aulas presenciais estão suspensas nas escolas públicas e privadas. A circulação em espaços e vias públicas está proibida no horário das 20h às 5h.

www.seuguara.com.br/Ratinho Júnior/medidas/pandemia/

A decisão foi anunciada em entrevista coletiva com a presença do governador Ratinho Júnior, o secretário de Saúde, Beto Preto, e com o diretor de Gestão em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde, Vinícius Flipak. "Estamos com 94% de ocupação de UTIs e 74% de enfermarias. É a maior ocupação na história da pandemia no Paraná. Nunca tivemos tantos pacientes internados como hoje", declarou Ele destacou que a taxa de mortalidade aumentou. "Mesmo que tivéssemos leitos infinitos, 10% das pessoas (infectadas) terão que internar e 25% delas irão a óbito", alertou.

"Tivemos piora progressiva e dramática de internação nos leitos de UTI nos últimos 15 dias", lamentou o secretário da Saúde, Beto Preto.

"Aqui fica o pedido para as famílias do Paraná. Quero a sensibilidade do Paraná em entender que nesse momento precisamos tomar uma medida mais dura, para quer as pessoas não fiquem sem o atendimento médico para lutar pela vida", declarou Ratinho Júnior. "Não vamos admitir encontros clandestinos, festas clandestinas. Seremos extremamente rígidos", disse.


Os detalhes sobre quais atividades são consideradas essenciais ou não serão divulgados em decreto na tarde desta sexta-feira (dia 26). 


As Medidas

A partir da zero hora do dia 27 DE FEVEREIRO DE 2021 às 5 horas do dia 08 de MARÇO DE 2021

SUSPENSÃO DO FUNCIONAMENTO DOS SERVIÇOS E ATIVIDADES NÃO ESSENCIAIS

- RESTRIÇÃO de circulação em espaços e vias púbicas, das 20h às 05h

- PROIBIÇÃO de comercialização e consumo de bebidas alcoólicas em espaços de uso público ou coletivo no período das 20h às 05h

- SUSPENSÃO DAS AULAS presenciais em escolas estaduais públicas e privadas, inclusive nas entidades conveniadas com o Estado do Paraná, cursos técnicos e em universidades públicas e privadas.

- ADEQUAÇÃO DO EXPEDIENTE dos trabalhadores aos horários de proibição provisória de circulação definidos neste Decreto

- ATIVIDADES RELIGIOSAS somente com atendimento individual ou culto on-line

- REGIME DE TELETRABALHO para Órgãos do Estado

- PERMITIDOS Delivery, Drive-thru e Take away

- PRIORIZAÇÃO da substituição do regime de trabalho presencial para o teletrabalho, quando possível

- SUSPENSÃO DAS CIRUGIAS ELETIVAS por 30 dias para unidades públicas e privadas. O objetivo é assegurar estoque de medicamento anestésico e reduzir demanda por leitos hospitalares

- INTENSIFICAÇÃO DA FISCALIZAÇÃO PARA CUMPRIMENTO DAS MEDIDAS


NOVOS LEITOS

Leitos abertos ou em previsão de abertura de 22/02 a 01/03:

99 LEITOS DE UTI E 153 LEITOS CLÍNICOS


Hospital Zona Sul de Londrina: 30 LEITOS CLÍNICOS

Hospital Zona Norte de Londrina: 20 LEITOS CLÍNICOS

Hospital do Coração de Londrina: 10 LEITOS DE UTI

Hospital Bom Jesus de Ivaiporã: 4 LEITOS DE UTI E 4 LEITOS CLÍNICOS

Hospital Regional de Francisco Beltrão: 6 LEITOS DE UTI

Hospital São Pelizzari - Palmas: 3 LEITOS DE UTI

Hospital Cruz Vermelha - Castro: 10 LEITOS DE UTI E 25 LEITOS CLÍNICOS

Hospital Municipal - Foz do Iguaçu: 20 LEITOS DE UTI E 34 LEITOS CLÍNICOS

Hospital Metropolitano - Sarandi: 20 LEITOS DE UTI E 34 LEITOS CLÍNICOS

Hospital Santa Rita - Maringá: 5 LEITOS UTI

Hospital Municipal - Maringá: 10 LEITOS DE UTI

Hospital Municipal - Cascavel: 6 LEITOS DE UTI

Hospital Regional do Litoral - Paranaguá: 5 LEITOS DE UTI


Imagem: reprodução/Foto: Franklin de Freitas


[Veja a lista das atividades consideradas essenciais no Paraná: "O Governo do Estado preparou uma força-tarefa de emergência para conter a disseminação do novo coronavírus no Paraná. Devido à súbita elevação dos índices relacionados à doença, com a proximidade de um estrangulamento do sistema público de saúdem o governador Carlos Massa Ratinho Junior determinou, entre outras ações, a suspensão do funcionamento dos serviços e atividades não essenciais em todo o Estado e a ampliação na restrição de circulação das pessoas, que passa a ser entre 20 horas e às 5 horas."] 

***


RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger