sábado, 24 de abril de 2021

O estudo do Dieese sobre o impacto da Lava Jato: redução da massa salarial foi de R$ 85,5 bilhões no Brasil

www.seuguara.com.br/Dieese/Lava Jato/empregos/
Da Redação do VioMundo: A operação Lava Jato (2014-2021) custou 3,6% de crescimento do Produto Interno Bruto do Brasil, concluiu estudo do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos. Os procuradores da Força Tarefa da Lava Jato em Curitiba pouparam os bancos, alegadamente temendo causar uma crise sistêmica.
www.seuguara.com.br/Lava Jato/Dieese/Estudo/

Porém, os maiores bancos privados brasileiros, como Bradesco e Itaú, são imbricados com grandes interesses internacionais.

Na prática, a operação demoliu a maior construtora brasileira, a Odebrecht, além de provocar desemprego na construção civil, em empresas da cadeia de petróleo e gás e construção naval.


Baseando-se na exposição diária, através dos noticiários, dos nomes e logotipos de empresas supostamente envolvidas em corrupção, a Lava Jato demoliu as firmas e empregos, enquanto poupou os executivos corruptos através da oferta de leniência em troca de delações.

O objetivo era "fazer uma limpeza" no sistema político, que acabou resultando numa onda antipolítica que colocou o extremista Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto.


Além de garantir a Moro e aos procuradores empregos na área de compliance, a operação quase foi usada para gerar um fundo bilionário, com dinheiro da Petrobras, para ser administrado pelos integrantes do MPF - o que acabou barrado pelo STF.

A colaboração ilegal da Lava Jato com as promotorias dos Estados Unidos e da Suíça resultaram em multa bilionária a Petrobras, empresa que foi vítima da corrupção de terceiros.


A desmoralização pública da estatal brasileira, promovida especialmente pela TV Globo, facilitou a entrega do pré-sal a multinacionais estrangeiras, especialmente a britânica Shell, além da privatização da Transpetro.

Como demonstrou o diário Le Monde, os Estados Unidos atuaram na formação e no incentivo às ações do juiz federal Sergio Moro, que trocou a condenação do ex-presidente Lula por um cargo no governo de Jair Bolsonaro.


Moro e os procuradores, com suas práticas ilegais, como a promoção clandestina de encontros em território brasileiro com agentes do FBI e do Departamento de Justiça, colaboraram para estender ao Brasil a jurisdição do Foreign Corruption Practices Act, uma lei que os Estados Unidos podem utilizar seletivamente - e com objetivos estratégicos - para combater a corrupção fora de seu próprio território. 


Imagem: reprodução/Foto: arquivo/Agência Brasil 


[Dieese: Lava Jato tirou do país 4,4 milhões de empregos e R$ 172 bi em investimentos: "A Lava Jato provocou o fechamento de 4,4 milhões de empregos e fez o país perder R$ 172 bilhões em investimentos desde o início da operação, em 2014. Esses dados constam em estudo conduzido pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) a pedido da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Segundo coluna da jornalista Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo, o valor que deixou de ser investido "equivale a 40 vezes os R$ 4,3 bilhões que o Ministério Público Federal diz ter recuperado com a operação. Com isso, os cofres públicos deixaram de arrecadar R$ 47,4 bilhões em impostos, sendo R$ 20,3 bilhões em contribuições sobre a folha de salários".]

***


RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger