quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

Agência de checagem aponta que Bolsonaro contou sete mentiras por dia em 2021

Conforme um levantamento feito pela agência de checagem Aos Fatos, divulgado pelo site Congresso em Foco, o presidente Jair Bolsonaro contou sete mentiras por dia ao longo de 2021. O levantamento apontou que as fake news ou dados distorcidos usados pelo chefe do Executivo ficaram muito acima da média de inverdades diárias ditas por Bolsonaro nos anos anteriores.
www.seuguara.com.br/mentiras/fake news/inverdades/Jair Bolsonaro/

Segundo a agencia de checagem, 606 declarações feitas por Bolsonaro em 2019, ano de sua posse, foram classificadas como falsas ou distorcidas. Uma média de 1,6 mentiras por dia. Em 2020, esse número subiu para 1.592. Média de 4,36 para cada dia do ano. Em 2021 foram registradas 2.516 falas mentirosas ou distorcidas de Bolsonaro, elevando a média diária de inverdades para 6,9.


"Mais da metade destas mentiras e meias-verdades foram sobre a covid-19, com 1.278 declarações de Bolsonaro entre janeiro e dezembro sem avaliação na realidade. Desde o início da pandemia, já são 2.183 manifestações do tipo sem acordo com a realidade", destaca a reportagem. Ainda segundo o levantamento, foram 145 mentiras relacionadas às eleições.


Bolsonaro também mentiu sobre a economia do país. A principal inverdade dita por ele foi que o Brasil criou mais empregos formais em 2020 do que no ano anterior. Uma revisão dos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), feita no ano passado, apontou que no ligar de criar novos postos de trabalho, o país havia perdido 191.500 vagas com carteira assinada. 


VIA

Imagem: reprodução


RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger