domingo, 5 de abril de 2009

Esse é o Cara !

Pouco antes da reunião dos lideres mundiais do grupo G20, em Londres, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, faz um elogio ao presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, ao apresentá-lo ao primeiro-ministro da Austrália, Kevin Rudd. - "Esse é o cara! Eu adoro esse cara!" -  disse Obama, apontando para Lula. - "Esse é o politico mais popular da terra" - complementa.

Esta não foi a primeira vez que Obama elogiara Lula. Na véspera da reunião, na presença da chanceler alemã Angela Merckel, que participava da conversa, mencionou a mesma frase.
Mas não foi a única vez que Lula é elogiado por um chefe de governo. Quando aqui esteve em 2006, o primeiro-indiano, Manmohan Singh, disse: "Eu o agradeço, senhor presidente, por tudo o que o senhor é".
Lula recebeu bem as palavras de Obama. Disse após a reunião que teria sido apenas um gesto de gentileza por parte do mais importante mandatário daquele grupo.
Aqui no congresso nacional , a repercussão foi bem recebida pelos integrantes do governo mas, com um pé atrás pelos membros da oposição.

Penso que este elogio foi dirigido ao chefe de Estado, e não à pessoa de Lula. Com uma ponta de decepção, falta ao Lula ser o presidente que esperávamos. Isto é, que cumprisse aquilo que prometeu.  Pois se elegera sob o manto da ética e do combate a corrupção, que por ironia do destino ou por traição dos seus companheiros partidários (?), escândalos políticos feriram de morte a moral do seu partido (PT), do qual foi fundador. O mesmo pode ser dito com realção à dignidade do seu mandato.

Nem tanto pela usura do dinheiro público. Uma prática comum no universo politico, desde o governo anterior ao anterior. Mas, pela desconfiança do povo para com a classe politica do nosso país, e nas instituições públicas e privadas. Vide operações deflagradas pela polícia federal: Satyagrara, sangue-suga, castelo de areia, etc.

Mas, no entanto, "nunca na história deste país" (sem ironia), um presidente eleito pelo voto democrático, foi tão elogiado por outros grandes mandatários. Seria um simples elogio com pretensas intenções políticas? Ou o reconhecimento de uma força democrática inquestionável?

Então, chegando ao "estágio da dúvida", um turbilhão de perguntas pode vir à mente:

1 - Não acredito que Obama esteja sendo cínico, ou esteja querendo sacanear a gente. Talvez, buscasse uma abertura amistosa para futuros compromissos comerciais?

2 - Ao tentar exaltar Lula, estaria lustrando o seu próprio brilho?

3 - O que estariam pensando, FHC, Borhausem, e "ex-companheiros"?

4 - E os internautas tupiniquis da classe média ultrajada, que divulgam e repassam "pps", muitas vezes preconceituosos?

5 - Isso dá matéria para crônica do Jabor?

6 - A revista Veja, vai publicar matéria exaltando o elogiador e não o elogiado?



RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger