quarta-feira, 24 de junho de 2009

Das Lendas, mitos e outras viagens na Internet.

Vez ou outra ainda recebemos por e-mail alguma mensagem com apelo emocional para que repassemos o conteúdo com urgência sob pena de sermos vítimas de algum mal que nos traria infelicidade, ou se cumpríssemos a solicitação receberíamos copiosas bênçãos proporcionais ao número de cópias que reenviássemos aos nossos amigos.
Mais ou menos é esse o mote das correntes que ainda circulam pelo correio eletrônico. Algumas fáceis de identificar como um pulha virtual, outras nem tanto. Mas nos causam certa perplexidade ou dúvida quanto às reais intenções, uma vez que seu conteúdo pode mexer com nossa reliogidade e até mesmo com nossa própria personalidade em vistas aos nossos princípios de valores humanos.

Existe uma que traz em anexo, texto e foto de uma criança de poucos meses de vida que teria sido acometida de moléstia rara, que com autorização do provedor tal, receberia como doação tantos centavos quantos forem as cópias reenviadas. Realmente é de se sensibilizar não fosse o anexo utilizado várias vezes, trocando-se a família da suposta criança, sob o execrável argumento de que seria filha de um colega da empresa tal.
Outra promete como brinde um telefone celular através de um acordo entre AOL e Microsolft. Como se a portentosa empresa precisasse de campanhas como essa para divulgação de seus produtos. E ainda outras de imagens religiosas que prometem, se enviadas, uma bênção especial para o dia seguinte. Excitante, não é mesmo?
Então, com isso vamos entulhando a rede de mentiras, meias-verdades, injúrias, e crendices. E por mexer estrategicamente com nossa consciência, sem o esclarecimento real ou a informação mais precisa, acabamos por remetê-las.
Eu mesmo aqui, já utilizei de um desses PPS, para formular um Post em Simbologia da Águia, mas tomei o devido cuidado em explicitar o misticismo do conteúdo, como instrumento de motivação, e excluir o que dizia respeito à vida do animal propriamente dito. O que na verdade é muito difícil quando nos deparamos, como disse, com conteúdos que nos colocam frente a frente com nossa consciência.
São muitas essas veiculações que tecnicamente são chamadas de "hoax". Encontrei uma quantidade razóavel neste arquivão, no qual certamente você verá que algumas já recebeu por e-mail.
Pois bem, existem situações que merecem atenção dos internautas, e felizmente, vários sites que desmistificam esse tipo de mensagem.
Quanto mais informação tivermos melhor será nossa capacidade de decisão sobre o que fazer diante dessas ocasiões.
Para subsidiar, vamos recorrer à velha jovem Wiki:
"Dá-se o nome de hoax ("embuste" numa tradução literal) a histórias falsas recebidas por e-mail, sites de relacionamentos e na internet em geral, cujo conteúdo, além das conhecidas correntes, consiste em apelos dramáticos de cunho sentimental ou religioso, supostas campanhas filantrópicas, humanitárias ou de socorro pessoal ou, ainda, falsos vírus que ameaçam destruir, contaminar ou formatar o disco rígido do computador".

Como diz Alex Castro , "o destinatário é muito mais importante do que o remente. Ele que decifra, interpreta, e contextualiza a mensagem".

Portanto receber, refletir, e passar adiante o que lemos ou ouvimos é uma decisão estritamente pessoal. Sobre de quem recebemos, daquilo que acreditamos como ser falso ou verdadeiro, e de quem vai receber aquilo que transmitimos.

Postagem relacionada: Os primeiros passos na Grande Rede.
RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger