sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Professores poderão ter 14º salário - Vote.

Está tramitando no Senado, e já aprovado em algumas comissões específicas, o PLS 319/08, que autoriza a União, os Estados, o Distrito Federal e os municípios a concederem uma bonificação anual para profissionais do ensino básico da rede pública de ensino. A proposta, de autoria do senador Cristovam Buarque (PDT-DF), está sendo chamada de 14º salário dos professores. Ainda está na pauta da Comissão de Assuntos Sociais (CAS) para ser votada em  decisão terminativa. Para que os professores façam jus ao benefício é necessário que ajudem sua escola a elevar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), em 50%. Ou alcançar escore mínimo de 6 pontos nesse indicador de desempenho, como previsto no projeto. O senado elaborou uma enquete através da Internet, para votar contra ou a favor.

Minha posição é mais que favorável, em vista ser este mais um passo para a conquista de uma Educação de qualidade. E uma ação positiva pela garantia de condições dignas de trabalho aos professores. Uma classe de trabalhadores das mais importantes, nem sempre valorizada. 
Para votar clique aqui. Isso merece nossa participação. Divulgue.
         
Segundo o que divulgou o autor em seu site, o PLS/08 sofreu algumas modificações através de um substitutivo apresentado pelo senador Valdir Raupp (PMDB-RO). Como condicionar o pagamento da bonificação à existência de dotação orçamentaria em cada Federação. Ponderou que a medida não terá impacto financeiro expressivo, levando em consideração que apenas 1% das escolas municipais tem nota igual ou superior a 6 em conformidade com o Ideb, nas primeiras séries do ensino fundamental.

É provável que sejam poucos os agraciados com a bonificação se o projeto vier a ser votado e aprovado. Não deveria estar atrelada às condicionantes do Ideb. Independetemente de qualquer outra coisa, já está mais que na hora do Congresso prestar mais atenção aos trabalhadores, em especial a esta classe que realmente merece. Não existe aí nenhum absurdo se considerarmos a aprovação do último reajuste dos salários dos parlamentares, na verdade algo injusto e exorbitante, em relação aos ganhos de um trabalhador comum.         

Esta matéria foi publicada simultâneamente em BrasilWiki.


Fonte: Agência Senado
Imagem: CNM.
RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger