sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

General Santos Cruz manda recado a bolsonaristas e detona o "prejuízo ao Brasil" dos "valentões anônimos"


O General Carlos Alberto dos Santos Cruz, ex-ministro da Secretaria no governo Bolsonaro, que se posicionou contra o anúncio de protestos feito por bolsonaristas para o dia 15 de março contra o Congresso Nacional, usou as redes sociais para criticar o fanatismo político, o extremismo. E mandar um recado aos "valentões anônimos", que causam prejuízo ao Brasil.

Publicado originalmente no Facebook do General Santos Cruz

A quem interessa o extremismo?

O radicalismo interessa aos radicais, assim como o extremismo interessa aos extremistas de todos os matizes, aos fanáticos. Esses indivíduos fazem o que sabem e têm capacidade de fazer - conflito permanente. Num paralelismo, se comportam como se estivessem numa briga de rua, o tempo todo.

Isso acontece por personalidade, paranóia, fanatismo, má fé ou desejo de projeção e influência. O fanatismo político impede a análise racional e estabelece a insensatez. As mídias sociais são recursos excelentes, em todos os aspectos da vida atual. 

No entanto, algumas vezes são utilizadas por pessoas binárias (amigo x inimigo) covardes e irresponsáveis, que se escondem no anonimato. É um pequeno número de pessoas e grupos que não se dedica à organização e divulgação de atividades e ideias (aí incluídas as manifestações populares). São pessoas que se julgam os condutores das atitudes e do pensamento da população. Nada de novidade. Coisa já vividas em diferentes épocas e locais. Os "valentões" anônimos atacam pessoas, instituições, tentam assassinar reputações, realizar linchamentos virtuais, disseminar informações e notícias falsas, criminosas e/ou sensacionalistas. Isso é um processo de intoxicação que não permite à sociedade viver em paz, com equilíbrio, transparência e responsabilidade. 

O prejuízo que está sendo causado ao Brasil é imenso e incalculável nos campos moral, social e econômico. O desenvolvimento almejado, o prestígio do país e a redução da nossa absurda desigualdade social não acontecem ou são retardados por conta da falta de ambiente de paz, equilíbrio e tranquilidade social. 

O Brasil, a população, as instituições e o próprio governo não se beneficiam com a falta de equilíbrio desses poucos.

Só os extremistas (de uma ponta e de outra) se beneficiam de seu próprio radicalismo, o Brasil perde. 

Imagem: reprodução/redes sociais

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger