terça-feira, 12 de maio de 2020

Técnico do Santos dá quatro ideias para a volta do futebol no Brasil

O técnico do Santos, Jesualdo Ferreira, preocupado com a segurança para a volta do futebol no Brasil após a paralisação devido à pandemia do novo coronavírus, deu quatro ideias para a volta do futebol no Brasil, publicadas por ele em sua coluna semanal no jornal "O jogo", de Portugal.

São elas:

"1 - Segurança: exames e controle semanal de todos os participantes;
2 - Treino e o trabalho de campo: tempo para treinar suficientemente para rendimento e prevenção de lesões;
3 - A competição: calendário do Paulistão e relacionamento com as restantes competições para que haja harmonia e sequência no trabalho os jogadores.
4 - Ajuda à competição: permitir aumentar para cinco, mais o goleiro, o número de substituições, garantindo a maior participação de jogadores e permitir assim melhores recuperações entre jogos, que vão ser muito curtas".

Ainda não há um consenso sobre o retorno do futebol, no Brasil. Entretanto, a sugestão de cinco substituições vai ao encontro de norma preventiva da Fifa. A entidade liberou duas mexidas [substituições] a mais por conta da falta de ritmo pela pausa forçada.

"Podemos com isso aumentar os ritmos competitivos e baixar o risco de lesões. Essas foram minhas contribuições compartilhadas com os treinadores do Paulistão, ideias que seriam para apresentar à Federação antes da volta aos trabalhos. Infelizmente, essa volta não tem dada definida, porque o governador do Estado de São Paulo obrigou o confinamento absoluto, diante da gravidade da pandemia e os elevados riscos de contágio. Julgo que algumas destas minhas ideias sejam compartilhadas por quem, como na Alemanha ou em Portugal, trabalha para a volta da competição. 
Concretamente a questão das cinco substituições já coloquei há algum tempo, ainda não sonhávamos com essa tragédia, até nessas páginas, e que se tornam muito mais assertivas perante um quadro competitivo de alta intensidade", escreveu Jesualdo.

"Dar possibilidade aos treinadores de colocarem mais jogadores em ação ajuda na recuperação entre jogos, dá maior capacidade de rendimento aos jogadores, e dá mais ritmo aos próprios jogos, que é isso que se quer num jogo de futebol. Neste momento continuamos na expectativa em saber quando vai regressar a competição no Brasil, mas creio que as ideias que apresentei no grupo de treinadores do Paulistão terão de ser sempre no mínimo discutidas e preferencialmente observadas, a bem de todos, a bem da competição, do futebol e dos profissionais. Sim, concordo em absoluto com o aumento do número de substituições", completou o treinador santista. 

A reportagem é de Lucas Musetti Perazolli, no Gazeta Esportiva
Imagem: reprodução/Foto: divulgação/SFC

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger