domingo, 28 de março de 2021

Ministros do STF mudam de posição nos julgamentos de Lula

www.seuguara.com.br/Lula/discurso/STF/Lava Jato/
As posições adotadas pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) em termos garantistas ou favoráveis à operação Lava Jato nem sempre são mantidas quando as pautas envolvem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
www.seuguara.com.br/Lula/discurso/STF/Lava Jato/

Um exemplo disso é o ministro Kassio Nunes Marques que, embora seja contra a Lava-Jato desde sua chegada ao Supremo, se opôs a declaração de parcialidade do ex-juiz Sergio Moro em relação ao petista na Segunda Turma, enquanto a ministra Cármen Lúcia, que já defendeu a atuação de Moro, deu o voto decisivo para invalidar o processo do tríplex de Lula na última terça-feira (23). 


Já o ministro Gilmar Mendes lidera a ala do STF contrária à operação, mas barrou a posse de Lula na chefia da Casa Civil em 2016, afirmando que sua nomeação era uma tentativa de burlar a competência de Moro para julgá-lo.

Com relação a Edson Fachin, o ministro sempre foi visto como defensor da Lava-Jato, mas surpreendeu ao anular todas as ações contra o ex-presidente na 13ª Vara Federal de Curitiba.


O próximo julgamento do ex-presidente Lula no STF está programado para o dia 14 de abril, quando será feita a análise do recurso da Procuradoria-Geral da República contra a anulação dos processos do ex-presidente e remetê-los à Justiça Federal de Brasília e à análise da denúncia. As informações são do jornal Folha de São Paulo. 


Via: GGN

Imagem: reprodução/Foto: Marlene Bergamo/Folhapress


RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger