domingo, 10 de abril de 2022

Começou! Confira o resumo e melhores momentos dos confrontos de abertura do Brasileirão 2022

Três confrontos abriram o Campeonato Brasileiro 2022, neste sábado (09). Duas grandes equipes tropeçam na estreia. Destaque para a surpreendente vitória do Ceará sobre o Palmeiras, por 3 a 2, no Allianz Parque. E também  para o inesperado empate em 1 a 1, entre Goiás e Flamengo, em Goiânia. No confronto de abertura do Brasileirão 2022, Fluminense e Santos ficaram no empate sem gols, no Maracanã. Confira os melhores momentos dos três jogos.
www.seuguara.com.br/Brasileirão 2022/Ceará/Palmeiras/

No Maracanã, o Fluminense jogou melhor que o Santos. Finalizou muito mais vezes, mandou bola na trave, mas parou na grande atuação da defesa santista e principalmente na grande atuação do goleiro João Paulo. Resultado bom para o Peixe, que leva um ponto importante na estreia fora de casa.


No Antônio Accioly, em Goiânia, Atlético-GO e Flamengo fizeram um jogo bastante movimentado desde o início. O Dragão marcou logo aos 3 minutos de jogo, mas o gol de Wellington Rato foi anulado pelo VAR por impedimento no lance. No decorrer do primeiro tempo, o Flamengo foi melhor. Na etapa complementar, o Rubro-negro continuou a pressão, mas foi o Atlético-GO que abriu o placar. Em um contra-ataque, Dudu recebeu pela direita e cruzou para Wellington bater de primeira e marcar um belo gol, aos 29 minutos. Logo depois, aos aos 38', após cobrança de escanteio, Bruno Henrique cabeceou para empatar a partida. A bola bateu no travessão e na trave antes de ir para o fundo das redes. 


Nos minutos finais, os dois times tiveram oportunidade de marcar o gol da vitória. O Flamengo, mais efetivo no ataque, quase marcou na conclusão de Pedro dentro da área. Mas o goleiro Luan Polli fez a grande defesa raspando com ponta dos dedos e a bola explodindo no travessão. Recuado, o Atlético-GO tentava assegurar o placar. E já nos acréscimos teve a grande chance de sair com a vitória. Léo Pereira recebeu dentro da área e bateu por cobertura na saída de Hugo, mas a bola caprichosamente bateu na trave.


No Allianz Parque, o Palmeiras foi surpreendido pelos ataques em alta velocidade do Ceará, que abriu o placar logo aos 6 minutos de jogo. Mendoza recebeu pela esquerda e disparou rumo a linha de fundo cruzando rasteiro dentro da pequena área. Jorge tentou cortar e marcou contra. Na sequência, o Verdão quase empatou em cabeceio de Dudu. Mas, o Vozão ampliou o placar aos 13 minutos. Após cobrança de escanteio, Weverton cortou e a bola ficou com Mendonza bater e Marcos Rocha salvar em cima da linha. Mas a bola caiu novamente nos pés do colombiano, que bateu no ângulo para marcar o segundo gol cearense. 


Aos 21 minutos, o Palmeiras diminuiu. Dudu tabelou com Raphael Veiga, que devolveu para o atacante deixar a bola passar e encontrar Zé Rafael bater da entrada da grande área acertando um belo chute no ângulo de João Ricardo. A seguir, o confronto ficou truncado com muitas faltas dos dois lados. O árbitro distribuiu cartões amarelos, inclusive para o técnico português Abel Ferreira, por reclamação. 


No segundo tempo, o Palmeiras tentou impor seu estilo de jogo ofensivo e até criou boas oportunidades. Mas esteve abaixo do padrão das últimas apresentações, como na conquista do título de campeão paulista de 2022.  Porém, o Ceará foi eficiente nos contra-ataques e criou várias chances de ampliar o placar. E foi num contra-ataque fatal que o Vozão marcou o terceiro gol. Mendonza recebeu na esquerda e cruzou para Erick driblar o marcador dentro da área e bater para a defesa de Weverton, com rebote. A bola caiu nos pés de Lucas Ribeiro, que dominou com calma na frene do goleiro palmeirense e bateu para marcar o terceiro gol do Ceará. 


Já nos acréscimos, o Palmeiras diminuiu outra vez com gol de pênalti marcado pelo VAR, decorrido algum tempo depois do lance. Depois da tensão entre arbitragem e jogadores, Gustavo Gómez bateu e converteu. Com muita confusão dentro de campo, envolvendo gandula, mais cartões amarelos e expulsão do jogador Vina do Ceará, com quase 10 minutos acrescidos ao tempo normal de jogo, o árbitro encerrou a partida. Vitória merecida do Ceará, que quebrou a invencibilidade de 10 vitórias seguidas do Palmeiras, no Allianz Parque.










(com informações da Gazeta Esportiva)
Imagem: reprodução/Foto: Felipe Santos/divulgação

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger