domingo, 16 de fevereiro de 2020

Flamengo vence o Athletico paranaense e conquista a Supercopa do Brasil. Veja os gols

O Flamengo venceu o Athletico-PR por 3 a 0, na manhã deste domingo (16), no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), e conquistou o título da Supercopa do Brasil. Disputado em um único confronto, o Rubro-Negro carioca, atual campeão brasileiro, além do troféu, ganhou o prêmio de R$ 5 milhões. O Rubro-Negro paranaense, campeão do Copa do Brasil 2019, levou R$ 2 milhões.

Criada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em 1990, a competição durou apenas dois, e foi reativada agora, em 2020. No primeiro ano, o título foi conquistado pelo Grêmio, e em 1991, o campeão foi o Corinthians. 

Desta vez, no Mané Garrincha, o Flamengo repetiu o bom futebol apresentado na última temporada e chegou a vitória com certa facilidade. Por outro lado, ainda em formação, ao Athletico-PR faltou entrosamento e cometeu erros no sistema defensivo, permitindo ao time carioca abriu 2 gols de vantagem ainda no primeiro tempo. 

Melhor desde o início, o Flamengo chegou ao primeiro gol aos 14 minutos. Gabigol fez cruzamento pela direita e Bruno Henrique se antecipou aos zagueiros e cabeceou pro fundo das redes. No segundo gol, num cruzamento vindo da esquerda pelo alto Márcio Azevedo falhou no lance. Ao tentar recuar de peito para Santos, a rebatida saiu lenta, o goleiro atleticano demorou para sair e Gabigol aproveitou a falha dupla e tocou para marcar 2 a 0, aos 28 minutos.

No minutos finais da etapa inicial, o Athletico reagiu e criou pelo menos três boas chances de diminuir o placar. A primeira, na cobrança de uma falta por Marquinhos Gabriel que levou muito perigo. Na segunda, o próprio Marquinhos recebendo um lançamento do goleiro Santos, fez boa jogada individual, driblou o marcador e chutou firme no canto obrigando Diego Alves a praticar grande defesa. Depois, Marquinhos Gabriel fez bom lançamento para Rony cruzar na medida para Erick na cara do gol triscar na bola mandando pela linha de fundo. 

No segundo tempo, o jogo começou equilibrado com bons ataques dos dois lados. Mas com melhor toque de bola, o Flamengo teve a chance ampliar logo aos 15 minutos. Gabigol puxou o contra-ataque e lançou para Bruno Henrique entrando por trás da defesa ficou cara a cara com Santos. O atacante tentou driblar o goleiro, que se recuperou no lance e evitou o terceiro gol do Flamengo, que não demorou a sair. 

Em um bate rebate no meio campo, Arão ficou com a bola e lançou Bruno Henrique que avançou em velocidade e dentro da grande área fez o cruzamento interceptado por Santos. O rebote caiu nos pés de Arrascaeta, que bateu de primeira ampliando o placar no Mané Garrincha. Na parte final do confronto, o Athletico-PR criou duas boas chances de diminuir o placar. 

Aos 29 minutos, Nikão foi à linha de fundo e cruzou para Guilherme Bissoli, que entrou no lugar de Léo Cittadini tocar de letra. A bola bateu em Rodrigo Caio e voltou pra ele mesmo, que bateu firme com a boa explodindo no travessão. Aos 39', o próprio Bissoli acertou um belo chute de fora da área, que Diego Alves  defendeu.

O Flamengo volta a campo no próximo sábado, no Maracanã, quando decidirá o título da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. Tendo vencido a semifinal contra o Fluminense por 3 a 2, na última quarta-feira, o Rubro-Negro enfrentará o vencedor do confronto entre Boa Vista e Volta Redonda, que jogam neste domingo, às 16:00 horas. 


(com informações do Bem Paraná/Gazeta Esportiva)
Imagem: reprodução/Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger