quinta-feira, 21 de abril de 2016

Fluminense é campeão da Primeira Liga do futebol brasileiro

O Fluminense sagrou-se o primeiro campeão da história da Primeira Liga ao vencer o Atlético Paranaense na noite desta quarta-feira (20), no Estádio Radialista Mario Helênio, por 1 a 0. Nascida da antiga Copa Sul-Minas, posteriormente, com com a adesão de duas equipes do Rio de Janeiro, a competição passou a chamar-se Copa Sul-Minas-Rio e batizada como Primeira Liga. O gol do título foi marcado por Marcos Júnior, aos 35 minutos do segundo tempo.
O atacante do tricolor carioca, que substituiu Osvaldo por volta dos 20 minutos, em um contra-ataque rápido recebeu lançamento de Magno Alves venceu a marcação na velocidade e tocou na saída de Weverton.         


Como mandante da partida, o Fluminense contava com o maior número de torcedores presentes no estádio, que viram o Furacão dar o primeiro chute a gol. Walter experimentou de longe, mas a bola foi nas mãos do goleiro Diego Cavalieri. A pressão inicial do rubro-negro paranaense logo foi controlada pelo Fluminense. Aos 8', Osvaldo disparou em direção à grande área mas foi travado na hora do arremate, pedindo pênalti não marcado pela arbitragem. Na sequência veio a primeira chance real de gol do tricolor, com Cícero cabeceando dentro da área e Gerson desviando para a grande defesa de Weverton.

O Atlético respondeu aos 12 minutos, quando Walter tabelou com Marcos Guilherme e mandou por cima do travessão. O Flu voltou a pressionar aos 17', no bate-rebate dentro da área atleticana o zagueiro Paulo André aliviou. Com maior volume de jogo, a equipe carioca criou boa chance de gol aos 25 minutos, quando Osvaldo invadiu a área e cruzou para Wellington Silva que chegou atrasado no lance. Na sequência o atacante teve nova chance de arremate tentando de bicicleta. Atento, o goleiro Weverton afastou o perigo. O Atlético respondeu aos 31' no chute rasteiro de Eduardo que passou triscando a trave.

O Furacão equilibrou as ações ofensivas a partir dos 36 minutos de jogo, na primeira etapa. Walter receber de frente pra área, calibrou e mandou colocado por cima do travessão. Aos 38', Vinícius aproveitou uma sobra de bola e mandou uma bomba. Por sorte do Fluminense, a bola explodiu na trave. Desorganizada, a equipe carioca se livrou de virar o primeiro tempo atrás no placar.

No início da segunda etapa, duas boas chances de gol para o Fluminense. Logo aos 6 minutos, Scarpa lançou Magno Alves, que invadiu a área, driblou o goleiro, mas se atrapalhou na conclusão da jogada facilitando a recuperação da defesa atleticana. Aos 8', saída errada do Atlético-PR, que obrigou Weverton a sair da meta para fazer a defesa.

Visando a busca da vitória, o técnico Levir Culpi promoveu duas alterações. Entraram Edson e Marcos Júnior, nos lugares de Gerson e Osvaldo. No Atlético-PR, Paulo Autuori substituiu Vinícius por Pablo. No entanto, as mudanças pareciam não ter dado resultado. As equipes já se preocupavam em não tomar gols, já que o empate levaria da decisão do título para os pênaltis.

Porém, quando todo mundo acreditava no zero a zero, veio o contra-ataque fulminante que originou o único gol da partida marcado pelo tricolor carioca. O Furacão partiu pro desespero. Autuori tirou o volante Jadson e colocou o atacante André Lima. Mas nada de importante aconteceu no confronto. Nos últimos minutos, o Fluminense garantiu o placar e conquistou o título de primeiro campeão da Primeira Liga. 

Assista aos principais lances de Fluminense 1 x 0 Atlético-PR, na decisão do título da Primeira Liga:  



(com informações da Gazeta Esportiva)
Imagem: reprodução/créditos da foto: Rudy Andrade/Frame Photo/Gazeta Press 

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger