quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Pelo Bem estar geral da humanidade.


Muito se tem falado sobre a milenar Ordem supostamente conhecida como uma sociedade secreta, a Maçonaria. Reconhecida publicamente como uma Instituição voltada para a filantropia e a prática do bem, ainda sofre os mais severos ataques principalmente das religiões e de seus representantes, e ainda é vista como uma atividade suspeita e até satânica. Ronda o imaginário coletivo que ela prepara uma nova ordem mundial, acima de qualquer poder Politico ou religioso, para dominar e subjugar definitivamente a raça humana. Será isso realmente a verdade?
O próprio progresso do conhecimento humano nos comprova que isso é verdadeiramente uma concepção falsa. Em contra partida com portais ou sites existentes na Grande Rede, que pregam o  falso combate contra um inimigo imaginário, surgem na Blogosfera, ideias que merecem  um pouco mais de atenção. Com espírito da boa vontade vem revelando a verdade existente em muitos livros e pondo por terra o que é divulgado pela midia de um modo geral. E principalmente aquilo que se propaga no boca a boca de pessoas comuns.
 
Não obstante a infinita bibliografia existente sobre Maçonaria, é interessante notar que existem muitos autores escrevendo sandices a seu respeito. É mister que se diga, que dentre estes estão os inimigos que a atacam simplesmente para tirar proveito próprio. Iludir os leitores, com o único objetivo de vender livros, já que o tema desperta como sempre a curiosidade e a imaginação popular. Da mesma forma procedem ex-maçons, se é que assim pode-se chamá-los, que com o conhecimento adquirido tentam levar vantagem perante as outras pessoas, e daqueles que ignoram os objetivos reais da Maçonaria. É mesmo de estranhar tanto ataque gratuito, quando é notória a atuação da Maçonaria na Sociedade, e da sua luta em prol da humanidade ao longo das conquistas para a sociedade, no que diz respeito aos mais altos ideais inerentes a cada indivíduo.


Como podem homens tidos como livres e de bons costumes prestar culto a uma imaginária criatura demoníaca, como dizem alguns? Que ao longo da história universal realizaram atos heróicos que resultaram em conquistas para o bem estar geral da humanidade? É de conhecimento público, ou pelo menos daqueles que buscaram a verdade como disse o Grande mestre - buscai a verdade e a verdade vos libertará - que no Brasil, os maçons estiveram constantemente lutando nos bastidores. Pela Independência do país, Proclamação da República, e pela abolição da escravatura, este talvez o mais importante acontecimento referente a conquista do ideal de liberdade, sempre almejado pela alma do homem. O malefício da escravidão, que a Maçonaria ajudou a extirpar, levou milhões a se libertarem dos grilhões do preconceito de cor e da humilhante condição de vida  a que muitos estavam subjugados.

 
Isso, todo mundo está cansado de saber. No entanto, no mundo profano poucos reconhecem a efetiva participação da Maçonaria na vida cotidiana do cidadão. Ela atua muito discretamente nas mais diversas instituições seculares. Como hospitais, creches, asilos, empresas estatais e multinacionais, tendo como instrumento a prática do bem e a consciência do amor ao próximo. E com um único objetivo: o bem estar geral de todos. Aí sim, podemos verificar o secretismo de que é cercada.

Ao bem da verdade, com relação a ordem iniciática que se conhece como Maçonaria, existem um batalhão a se posicionar contrário, sem realmente conhecerem os princípios, os objetivos e a filosofia desta Instituição reconhecida por Lei como de utilidade pública.

Penso que, talvez o ranço deixado pela própria Igreja Católica na condenação do chamados Cavaleiros Templários, há centenas de anos atrás, ainda permaneça à sombra das crendices do povo. Esses soldados medievais lutaram a favor do Clero durante a Idade Média, quando a Eles foi designada a grande missão de  supostamente defender os peregrinos que buscavam a Terra Santa em busca de benções divinas.

 
No decorrer dos acontecimentos da época, devido  aos conhecimentos e poder conquistados pela antiga Ordem da cavalaria, esta foi acusada pelo papa de heresia e outros pecados, cuja absolvição só veio a ser conhecida 700 anos depois. Menciono a passagem, para lembrar que, historiadores religiosos ou não, vinculam a Maçonaria à filosofia daquela épica Ordem militar religiosa. Fazendo a maioria dos cristãos de hoje, erroneamente acreditar que a Maçonaria seja sua legítima representante. Que apesar de ter fortes ligações com as tradições daquela Ordem, definitivamente são outras as instituições reconhecidas perante o Vaticano, que atualmente a representam.

 
A realidade é outra. Um maçon não é um Templário. Apesar de que um maçon regular poder se tornar um Templário, e vice versa. É evidente a ligação mística e filosófica com àquela que foi a mais poderosa e importante Ordem, dentre muitas que existiram no tempo das Cruzadas. Basta verificar a existência de uma organização composta exclusivamente por jovens, a chamada de Ordem Demolay.  Inspirada no último grão-mestre dos Templários, é uma das ramificações da Maçonaria atual. Com os mesmos ideais. Como uma uma Escola de virtudes, composta exclusivamente de jovens até 21 anos de idade.

O que é clarividente, e de vital importância para desmistificar as intrigantes e misteriosas crendices a respeito da Maçonaria, é tomar conhecimento da presença na Blogosfera de um contingente cada vez maior de estudiosos, que consegue desvendar e compartilhar o que Ela realmente representa. Sem colocar em risco toda a respeitabilidade que conquistou ao longo da história. 



Saiba mais:
- O editor.
- Marcelo DelDebbio.
- Oficina de Gerencia.


                

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger