quinta-feira, 28 de julho de 2016

Borja marca de novo e Atlético Nacional conquista o título de campeão da Copa Libertadores 2016

O Atlético Nacional de Medellín venceu o Independiente del Valle, nesta quarta-feira (27), no Estádio Atanasio Girardot, e conquistou o título de campeão da Copa Libertadores 2016. O atacante Borja, destaque da competição, marcou o gol da vitória dos colombianos. Confira os melhores momentos do segundo jogo da decisão final da competição, logo abaixo.
O gol do título nasceu na cobrança de uma falta, que Macnelly Torres lançou dentro da área e a zaga do Del Valle não conseguiu cortar. A bola bateu na trave e o rebote caiu no pé de Miguel Borja, que só teve o trabalho de mandar pro fundo da rede.

O Atlético Nacional teve várias chances de chegar ao segundo gol, mas parou nas boas defesas do goleiro da equipe equatoriana, Azcona. Porém, o placar mínimo de 1 a 0 foi o suficiente para que os bolivianos conquistassem o título de campeão, já que haviam empatado a primeira partida, em Quito, no Equador. 

A campanha da equipe comandada pelo técnico Reinaldo Rueda, foi impecável. Depois de ser a melhor na fase de grupos, o Nacional deixou para trás os argentinos: Huracán nas oitavas e Rosário Central, nas quartas de final. Nas semifinais bateu o São Paulo por duas vezes, tendo como seu "carrasco" o atacante Miguel Borja, com gols marcados nos dois jogos.

O jovem atacante de 23 anos, contratado como reforço para a disputa da Copa Liberadores junto ao Cortuluá, da cidade de Tuluá, da Colômbia, fez história. E deixou seu nome marcado na história da Libertadores das Américas. Borja, fez cinco gols nos últimos quatro jogos, igualando a marca que era de Pelé. Somente o "rei do futebol" tinha alcançado tal feito, com o título conquistado pelo Santos, em 1963.  

Para o Independiente del Valle a disputa de uma finalíssima na Copa Libertadores, foi algo inédito na sua história. Já o Atlético Nacional, conquistou o título de campeão pela segunda vez. A primeira foi em 1989, quando a equipe colombiana tinha como padrinho, o narcotraficante Pablo Escobar, cuja história virou série de TV. Naquela época, o Nacional contava com os lendários jogadores: Higuita, Andres Escobar, Faustino Asprilla e Victor Aristizábal.

Com a conquista do título, o Nacional da Colômbia garantiu vaga no Mundial de Clubes 2016, que será realizado no Japão. Onde já confirmaram presenças as equipes do Real Madrid, América do México, e Auckland, da Nova Zelândia.



(com informações de: Goal/O Dia Esporte/Gazeta Esportiva)
Imagem: reprodução/créditos da foto: Raul Arboleda/AFP/Getty Images

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger