segunda-feira, 23 de abril de 2018

Resumo e melhores momentos do jogos de sábado e domingo da 2ª rodada do Brasileirão 2018

A 2ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018, que fecha hoje com o confronto entre Sport e Botafogo, às 20:00 horas, na Ilha do Retiro, começou no sábado com dois grandes jogos. No primeiro, o Bahia recebeu o Santos na Fonte Nova e venceu, por 1 a 0, com gol aos 49 minutos do segundo tempo. O tricolor baiano jogou melhor que o Peixe no primeiro tempo  e poderia ter virado com placar a favor, quando mandou uma bola na trave.
Em outros momentos, o Bahia chegou com grande perigo, mas foi impedido pelo goleiro Vanderlei que mais uma vez teve excelente atuação praticando grandes defesas.

Na etapa complementar, o alvinegro praiano não soube aproveitar as boas oportunidades criadas e foi surpreendido com um gol aos 49 minutos. Na cobrança de um escanteio, Elton tocou de calcanhar e Junior Brumado livre de marcação na pequena área, bateu de primeira para dar a vitória ao Bahia. Na próxima rodada, a equipe baiana jogará novamente em casa, contra o Atlético paranaense.

O Santos, que teve o jogo contra o Vasco adiado, volta a jogar pelo Brasileirão 2018 no dia 06 de maio, contra o Grêmio, em Porto Alegre. Na terça-feira (24), o Alvinegro recebe o Estudiantes, na Vila, e no dia 1º de maio enfrenta o Nacional do Uruguai, pela Copa Libertadores 2018. 

Segundo, no Maracanã, o Flamengo fez uma grande festa para homenagear o goleiro Júlio César que se despediu dos gramados, na partida contra o América-MG. O rubro-negro da Gávea venceu por 2 a 0, com dois gols marcados pelo centro-acante Henrique Dourado, aos 28', e aos 35 minutos do primeiro tempo. O goleiro Júlio César foi um dos destaques da equipe carioca, com grandes defesas. Na próxima, o Flamengo pega o Ceará, domingo, no Castelão. Antes, na quarta-feira, o Mengão irá até Bogotá enfrentar o Santa Fe, pela Libertadores. O América-MG jogará contra o Vitória-BA, no Independência. 

A 2ª rodada do Brasileirão 2018 teve sequência no domingo, com mais sete jogos. Pela manhã, às 11 horas, o Corinthians jogou contra  Paraná Clube, no estádio Durival de Britto, em Curitiba, e venceu de goleada por 4 a 0. A torcida do tricolor paranaense fez uma grande festa para comemorar a primeira partida da equipe como mandante na Série A do Nacional, que iniciou bem a partida e teve duas boas chances de abrir o placar. 

Aos 9 minutos, o atacante paranista Jhonny Lucas avançou pela intermediária e conseguiu um bom chute levando certo perigo com a bola passando muito perto da meta de Cássio. Aos 15', o meia Raphael Alemão fez uma jogada muito bonita dentro da área, aplicando um chapéu no zagueiro Balbuena e finalizando sem deixar a bola cair. Cássio defendeu rente ao chão espalmando para escanteio. 

Atual campeão brasileiro, o Corinthians não demorou muito a ocupar o campo de ataque e marcou dois gols em dois minutos. Aos 24', Vital lançou Sidcley pela esquerda que bateu firme cruzado, a bola encontrou Rodriguinho livre que só empurrou para o fundo da rede. Aos 26', Sidcley, lateral emprestado pelo Atlético-PR, recebeu pela esquerda, passou por dois marcadores, em alta velocidade invadiu a área e concluiu na saída do goleiro Richard. O Paraná sentiu o golpe e nada mais produziu até o fim da etapa inicial.

No segundo tempo, o tricolor paranaense voltou com Luis Carlos no lugar do goleiro Richard, lesionado. A baixa pareceu desanimar ainda mais a equipe paranista que sofreria o terceiro gol, aos 34 minutos. Fagner cruzou da direita e e Clayson, qeu substituiu Jadson,  tocou de primeira com a bola batendo na trave antes de entrar. Aos 40', Clayson fez boa jogada individual pelo lado esquerdo e rolou para Gabriel dominar e chutar no canto direito do goleiro Luis Carlos e fechar a goleada. 

Na próxima o Corinthians enfrenta o Atlético-MG, domingo, no Independência, e na quarta-feira, joga contra o Vitória-BA, no Barradão, pelas oitava de final da Copa do Brasil. O Paraná Clube jogará outra vez em casa, contra o Sport, também no domingo.

No Independência, sem vencer há quatro jogos, o Atlético mineiro bateu o Vitória-BA, por 2 a 1. O Galo venceu com gols de, Ricardo Oliveira, aos 19 minutos do primeiro tempo, e de Roger Guedes, aos 27' do segundo. O Leão diminuiu com um gol contra de Gabirel, aos 41 minutos da etapa final. 

Na Arena Castelão, São Paulo e Ceará ficaram no empate em zero a zero, num jogo de futebol muito fraco. Esperava-se mais tanto do Tricolor paulista, que esteou o atacante Everton contratado junto ao Flamengo, quanto do Vozão que fez sua primeira partida como mandante na competição. Na próxima, o São Paulo joga outra vez fora de casa jogando contra o Fluminense, domingo, às 16 horas, no Maracanã. No mesmo dia e horário, o Ceará recebe o Flamengo, no Castelão. 

No Maracanã, com um jogador a menos desde os 15 minutos do primeiro tempo quando o lateral Gilberto atingiu de forma violenta o centro-avante Sassá, o Fluminense venceu o Cruzeiro, por 1 a 0. O autor do gol da vitória do Tricolor foi marcado por Pedro, aos 3 minutos do segundo tempo. O confronto terminou com oito minutos de acréscimo, com muita pressão da Raposa. Aos 51', o goleiro Júlio César garantiu o resultado ao defender o chute de Arrascaeta de dentro da pequena área.  

Pelo mesmo placar, o Palmeiras venceu o Internacional que enfrentou o adversário de igual pra igual. O Colorado dominou boa parte do jogo no primeiro tempo e andou muito perto de abrir o placar. Só não conseguiu devido a duas grandes defesas praticados pelo goleiro Jailson. O único gol da partida foi marcado por Dudu, de cabeça, aos 39' do primeiro tempo. Próximo adversário do Verdão será a Chapecoense, no Allianz Parque. O Internacional pega o Cruzeiro, no Beira Rio. 

A Arena Condá, Chapecoense e Vasco ficaram no empate em 1 a 1 em uma partida considerada muito fraca do ponto de vista técnico. Wellington Paulista abri o placar para o time catarinense, aos 18 minutos do primeiro tempo. A equipe cruzmaltina, que jogará a próxima contra o Santos, no Pacaembu, empatou com gol marcado por André Rios, aos 9' da etapa complementar. 

Na Arena Grêmio, o Tricolor gaúcho recebeu o Atlético paranaense. Apesar do empate sem gols, a partida foi uma das melhores da 2ª rodada. O Grêmio foi melhor que o Furacão, que na semana passada eliminou o São Paulo da Copa do Brasil, entretanto demostrou capacidade tática para garantir o resultado. O rubro-negro paranaense jogou com um jogador a menos, nos 15 minutos finais. Na rodada seguinte, o Grêmio joga com o Botafogo, sábado, às 16:00 horas, no Estádio Nilton Santos. O Atlético-PR joga contra o Bahia, domingo, na Fonte Nova.



















(com informações da Gazeta Esportiva)
Imagem: reprodução/Foto: Daniel Augusto Jr./Ag.Corinthians

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger