quinta-feira, 26 de julho de 2018

Santos empata com o líder Flamengo na Vila Belmiro. Veja o resumo dos quatro confrontos desta quarta-feira, pela 15ª rodada do Brasileirão 2018

Sob o comando interino de Serginho Chulapa, o Santos empatou com o Flamengo, em 1 a 1, na noite desta quarta-feira (25), o confronto válido pela 15ª rodada do Brasileirão 2018, na Vila Belmiro. O líder rubro-negro abriu o placar com um gol contra, aos 2 minutos de jogo. O Alvinegro praiano empatou com Gabigol, com assistência de Rodrygo que fez uma linda jogada individual, aos 33 minutos ainda no primeiro tempo. Confira os melhores dos quatro confrontos desta quarta-feira.
O gol contra de Bruno Henrique, desviando de cabeça para as próprias redes depois do escanteio cobrado por Diego, animou a equipe do Flamengo. Éverton Ribeiro, aos 9', e Diego, aos 12 minutos levaram perigo em chutes de fora área, por cima do travessão. O Santos reagiu por volta dos 20 minutos, com um bom chute de Victo que exigiu boa defesa de Diego Alves. Aos 33', Rodrygo, mostrou porque foi contratado pelo Real Madrid. O jovem atacante santista recebeu pela direita, invadiu a área, passou por três adversários e cruzou na medida para Gabigol tocar de primeira para o fundo da rede e empatar a partida.

No segundo tempo, o Flamengo foi quem procurar mais o gol de desempate, enquanto o Santos aramava bons contra-ataques, porém sem efetividade. Nos minutos finais, muita cautela de ambos os lados. Desgastados, os dois times demostravam atitude de não assumir maiores riscos de tomar o segundo gol. A última boa chance foi do rubro-negro, com Geuvânio (ex-Santos), que substituiu Matheus Sávio quase no fim, concluindo pelo alto do lado esquerdo. Vanderlei fez a defesa espalmando para escanteio.

Para o Santos, que precisava da vitória para deixar de vez a posição bem perto da Zona de rebaixamento, não foi ruim. O Peixe somou 16 pontos e subiu para a 13ª colocação e enfrentará o América-MG, domingo, em casa, na 16ª rodada do Brasileirão 2018. Para o Flamengo, o resultado não foi bom. O líder do campeonato ficou com 31 pontos e pode ser ultrapassado pelo São Paulo, que joga contra o Grêmio, nesta quinta-feira. Na próxima rodada, o Rubro-negro recebe o Sport, também no domingo, no Maracanã.

No Maracanã, o Palmeiras perdeu para o Fluminense, por 1 a 0, e perdeu também o técnico Roger Machado demitido após a derrota. Contudo, o Verdão paulista jogou muito melhor que o Tricolor da Laranjeiras, que abriu o placar aos 42 minutos. Marcos Junior cruzou pelo alto dentro da área, Edu Dracena cortou parcialmente e a bola sobrou para o lateral Gilberto bater de primeira marcando o único gol gol da partida e da vitória tricolor.

No segundo tempo, o Fluminense recuou para garantir o resultado e mesmo com as alterações promovidas pelo técnico Roger Machado no comando do ataque, o Palmeiras não conseguiu criar boas chances de chegar ao gol de empate. Antes do apito final, Edu Dracena tomou cartão vermelho por conta de um carrinho por trás em Everaldo. Com o resultado, o Palmeiras caiu para o 6º lugar com 23 pontos e corre o risco de perder a posição para o Grêmio. Com a vitória, o Fluminense somou 21 pontos e chegou na 9ª colocação, mas pode cair na tabela.

O Palmeiras volta a campo na próxima rodada do Brasileirão às 11 horas domingo (29), quando recebe o Paraná, no Allianz Parque. O Fluminense joga contra o Ceará, sábado, no Estádio Presidente Vargas.

Depois da derrota por 3 a 1 para o São Paulo na rodada anterior, o Corinthians se reabilitou diante do Cruzeiro, em Itaquera. O Timão venceu a Raposa com dois gols do paraguaio Romero, no segundo tempo. O primeiro aos 16 minutos, e o segundo aos 34', aproveitando o rebote de uma falta cobrado por Jadson no travessão. No final do segundo tempo, recuado o Corinthians garantiu o resultado. O Cruzeiro quase diminuiu o placar, mas Danilo Avelar salvou em cima da linha a conclusão de Barcos.

Com a vitória, o Corinthians somou 22 pontos e chegou ao 8º lugar, e na próxima enfrentará o Vasco, no Mané Garrincha. Com a derrota, o Cruzeiro saiu do G4. O time mineiro agora ocupa a 5ª colocação, com 24 pontos, e enfrentará o São Paulo, no Mineirão.

Depois de duas derrotas seguidas no campeonato, o Atlético-MG voltou a vencer e está de volta no grupo dos quatro primeiros colocados. O Galo venceu o Paraná, por 2 a 0, no Independência, e no momento ocupa o terceiro lugar na tabela de classificação, com 26 pontos ganhos. Na Zona do rebaixamento, o Tricolor paranaense tem 13 pontos, na 18ª posição.

Contudo, no primeiro tempo, o Paraná Clube criou as melhores oportunidades, mas o Atlético mineiro foi mais eficiente e abriu o placar numa jogada de bola parada, com gol de cabeça de Leonardo Silva, aos 38 minutos. No segundo tempo, a mesma coisa. Nos primeiros minutos, a equipe paranista criou pelo menos duas boas oportunidades de chegar ao gol de empate.

No momento em que estava melhor na partida, o Paraná teve uma falha no meio campo e facilitou a jogada de ataque que resultou no segundo gol do Galo. O meia Caio Henrique errou o passe e entregou nos pés de Elias, que disparou em direção ao gol e bateu firme para fechar o placar e selar a vitória atleticana. Na 16ª rodada o Atlético-MG joga contra o Bahia, segunda-feira (30), às 20:00 horas, na Arena Fonte Nova.









(com informações da Gazeta Esportiva)
Imagem: reprodução/Foto: divulgação/Santos FC

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger