quarta-feira, 23 de maio de 2018

Cruzeiro vence o Racing no Mineirão e conquista liderança do Grupo 5 da Libertadores 2018

Já classificados para as oitavas de final da Copa Libertadores 2018, Cruzeiro e Racing jogaram nesta terça-feira (22), no Mineirão, em confronto valendo a liderança do Grupo 5. A equipe mineira venceu por 2 a 1 e somou a mesma quantidade de pontos (11) do time argentino. Mas passa para a próxima fase como líder do Grupo, pelo critério de maior número de gols marcados nesta fase.

Conquistar a liderança na fase de grupos dá a vantagem à equipe de enfrentar o segundo colocado de outro grupo. Mas para o técnico Mano Menezes a conquista do Cruzeiro também era importante para evitar confronto com times brasileiros, na segunda fase do torneio continental.

O Cruzeiro começou a partida com ritmo forte e agressivo, abrindo o placar logo no segundo minuto de jogo. Robinho lançou Sassá pela direita, que cruzou na pequena área. A defesa do Racing rebateu mal e a bola sobrou para Thiago Neves, que bateu firme mandando para o fundo da rede do goleiro Juan Musso. Dois minutos depois, chance para a Raposa ampliar. Thiago Neves deu um belo passe para Sassá invadir e cara a cara com o gol tentou bater por cima na saída do goleiro, mas errou na hora do arremate.

A equipe celeste continuou com intensidade no ataque e com 10 minutos de jogo chegou ao segundo gol. Lucas Silva roubou a bola no meio campo, se livrou da marcação de dois adversários e chutou forte no canto direito de Juan Musso. A partir dos 20 minutos, o experiente time argentino conseguiu equilibrar a partida e diminuiu o placar. Aos 27', Solaris fez boa jogada pela direita e levantou na pequena área. A saga cruzeirense rebateu mal e a bola encontrou Centurión sozinho, que bateu de primeira sem chance de defesa para o goleiro Fábio. Com o gol, o time argentino cresceu dentro de campo e quase empatou a partida. Solari, frente a frente com Fábio mandou na trave. No final da primeira etapa, Sassá marcou o terceiro do Cruzeiro, mas a arbitragem anulou gol marcando corretamente o impedimento do centro-avante. 

No segundo tempo o jogo seguiu menos intenso e bastante equilibrado. Porém, novamente Sassá teve boa chance. Dominando dentro da pequena área e marcado por três adversários, conseguiu o arremate para boa defesa do goleiro argentino Musso.  Visando resguardar a vantagem e a ofensiva argentina em busca do gol de empate, o técnico Mano Menezes promoveu duas substituições. Entraram Rafael Sóbis e Bruno Silva e saíram Thiago Neves e Robinho. E foi exatamente Rafael Sóbis que salvou o Cruzeiro em um lance de muito perigo. Em um cruzamento, a bola ia direto para o atacante argentino e o meia cruzeirense antecipou-se rápido para cortar de cabeça com precisão, mandando para escanteio.

Na sequência, o Cruzeiro em contra-ataque rápido criou uma grande oportunidade. Arrascaeta dominou pouco antes da grande área e fez um belo passe para Raniel bater de primeira, mas o centro-avante desperdiçou mandando por cima do travessão. No final, o Racing seguiu pressionando na tentativa de igualar o placar. Aos 35', o time argentino andou muito perto de empatar a partida, quando em um levantamento na área Centurión apareceu por detrás da saga e cabeceou para a defesa em dois tempos do goleiro Fábio. Instantes finais da partida, com a torcida celeste comemorando a terceira vitória seguida do Cruzeiro na Copa Libertadores 2018 e a merecida classificação para as oitavas de final da competição.



(com informações da Gazeta Esportiva)
Imagem: reprodução/Foto: Vinnícius Silva/Cruzeiro E.C.

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger