segunda-feira, 11 de junho de 2018

Flamengo se isola na liderança. Galo é o vice-líder. Confira o resumo da 11ª rodada do Brasileirão 2018

Ao término da 11ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018, o Flamengo garantiu a liderança abrindo seis pontos de vantagem para o segundo colocado. O Rubro-negro carioca somou 26 pontos contra 20 do Atlético mineiro (2º) e do São Paulo (3º), que dividem a vice-liderança. Com um ponto a menos, o Grêmio é o quarto colocado, seguido do Internacional (5º), com a mesma pontuação. Confira o resumo da rodada e os melhores momentos de todos os 10 jogos. 

O Flamengo venceu o Paraná Clube, por 2 a 0, na noite de domingo (10), diante de um grande público no Maracanã, na partida que pode ser a última de Vinícius JR. e Felipe Vizeu pelo clube, negociados com o Real Madrid e Udinese, respectivamente. O Tricolor paranaense, que optou por um esquema totalmente defensivo, dificultou ao máximo as investidas do adversário. Contudo, o Flamengo construiu a primeira boa chance aos 15 minutos. 

Em um cruzamento pela esquerda do lateral Renê,  Diego cabeceou sozinho rente a trave direita. Três minutos depois, a meia flamenguista sofreu falta na entrada da área, que ele mesmo cobrou. Na cobrança, a bola desviou na barreira enganando o goleiro Thiago Rodrigues. O Paraná continuou na defesa e nos contra-ataques teve duas chances de empatar. Aos 29', Caio Henrique cruzou para Léo Itaperuna acertar o cabeceio, que Diego Alves defendeu. Aos 34', o atacante Carlos arriscou de longe, mas mandou pela linha de fundo.

No segundo tempo, sem abandonar a mesma postura, o Paraná teve uma falta a seu favor na entrada da área, aos 14 minutos. Mas na cobrança de Torito, a bola bateu na barreira e saiu pela linha de fundo. Aos 17', o técnico Barbieri substituiu Jean Lucas e Henrique Dourado por William Arão e Felipe Vizeu. Três minutos depois veio o segundo gol do Flamengo. Arão penetrou na pequena área e cruzou na medida para Vizeu, no meio dos zagueiros tocar de primeira e ampliar o placar. Depois de Vinícius Jr. perdeu um gol incrível, o Paraná andou perto de diminuir o placar. Aos 31', Junior avançou pela direita e cruzou para Léo Itaperuna, que furou na hora da conclusão.

No último lance, aos 44', o Flamengo ainda teve mais uma grande chance. Everton Ribeiro recebeu de Vinícius Jr. e bateu de primeira, mas o goleiro Thiago Rodrigues fez boa defesa e salvou o Paraná. Na próxima rodada, o Flamengo pega o Palmeiras, quarta-feira, no Allianz Parque. O Tricolor paranaense, na penúltima colocação com 9 pontos, enfrentará o Cruzeiro, no mesmo dia, no Durival de Britto, em Curitiba.

Na partida que abriu a 11ª rodada, sábado (01), O São Paulo venceu o Atlético paranaense, quebrando o tabu de nunca ter vencido o adversário na Arena da Baixada. O gol da vitória do Tricolor paulista nasceu de uma falha de Bruno Guimarães, que ao tentar sair jogando perdeu a bola para Nenê, acionando Everton que foi derrubado por Camacho. Pênalti, que Nenê cobrou e marcou o único gol da partida. 

Com o resultado, o São Paulo somou 20 pontos e chegou ao 3º lugar, dividindo a vice-liderança do Brasileirão 2018 com Atlético-MG, em segundo, pelos critérios de desempate. Com a derrota, o Furacão voltou para a Zona do rebaixamento, seguido por Bahia e Paraná, todos com 9 pontos. Na próxima, o Rubro-negro paranaense enfrentará o Botafogo, quarta-feira, no Nilton Santos. O São Paulo abre a 12ª rodada contra o Vitória, terça-feira, às 21:30 horas, no Morumbi.

Na Arena Condá, a Chapecoense conquistou uma importante vitória diante do Cruzeiro e se afastou da Zona perigosa. Os gols da vitória da equipe catarinense foram marcados no segundo tempo, por Bruno Silva, aos 34 minutos, e Eli Carlos, aos 49'. Com a vitória, a Chape somou 13 pontos e subiu para a 14ª posição, e na próxima jogará contra o América-MG, na quarta-feira. A Raposa ficou em 8º lugar, com 17 pontos, e enfrenta o Paraná, no mesmo dia, fora de casa.

Em São Januário, o Vasco venceu o Sport por 3 a 2. Apesar do gol contra de Paulão, o Cruz-maltino venceu com dois gols de Iago Pikachi marcados no primeiro tempo, e de Ramon, aos 44' do segundo tempo. Michel Bastos, havia empatado para o Leão, aos 29 minutos. Com o resultado, o Vasco chegou à 10ª posição, com 15 pontos somados. E na próxima pega o Internacional. Com a derrota, o Sport ficou com 18 pontos descendo do 2º lugar para a 7ª colocação na tabela, e terá como adversário o Grêmio, na Ilha do retiro.

Na Arena Corinthians, o Timão errou muito no ataque, perdeu grandes chances de marcar e ficou no empate sem gols contra o Vitória-BA. Resultado péssimo para o Alvinegro, que perdeu a chance de ficar entre os primeiros colocados e ficou na 9ª colocação, com 16 pontos. Bom para o time baiano, que somou 12 pontos e escapou da ZR, ficando na 15ª posição. Na próxima, o Corinthians joga contra o Bahia, quarta-feira, às 21:00 horas, na Fonte Nova. 

No Independência, o Atlético mineiro venceu o Fluminense de goleada, por 5 a 2. Com destaque para o atacante Roger Guedes, agora artilheiro isolado do campeonato, que marcou dois gols na partida. Os outros três tentos, foram marcados por Leonardo Silva, Tomas Andrade e Ricardo Oliveira. Gilberto e Pedro marcaram para o Tricolor da Laranjeiras. Grande vitória do Galo, que agora é o vice-líder da competição, com vinte pontos. Na próxima, o time mineiro pega o lanterna Ceará, outra vez em casa. Com 11 pontos, o Fluminense caiu para a 11ª colocação e enfrentará o Santos, no Maracanã.

Na Fonte Nova, um confronto de seis gols. O Bahia jogou bem contra o Botafogo e arrancou o empate com gol marcado por Allione, aos 48 minutos do segundo tempo. O Tricolor de Aço fez o primeiro de pênalti, cobrado por Régis, aos 48' do primeiro tempo e segundo com Vinícius, aos 27' da segunda etapa. Para o Fogão, Kieza marcou dois gols, e Valência havia colocado o Alvinegro carioca na frente e não esperava tomar o terceiro gol do adversário, que lhe tirou a vitória. Contudo, o resultado acabou sendo ruim para os dois times. O Botafogo ficou na 12ª posição, longe do G6, com 14 pontos. O Bahia (18º), em penúltimo lugar, com 9 pontos.

No Castelão, o Palmeiras abriu 2 a 0 e acabou cedendo o empate para o Ceará, lanterna da competição, com apenas 5 pontos conquistados até aqui. Com o resultado, o Verdão paulista perdeu a chance de chegar à vice-liderança e ficou na 6ª posição, com 18 pontos. Thiago Santos e Dudu marcaram para o time paulista, no primeiro tempo. Aos 25 minutos, Felipe Azevedo diminuiu e aos 42 minutos do segundo tempo, Elton marcou o gol de empate da equipe cearense em uma falha da defesa palmeirense.

Na Arena Grêmio, depois de quatro jogos sem vencer em casa, vindo de derrota para o Palmeiras, por 2 a 0, na rodada anterior, o Tricolor gaúcho se redimiu diante da sua torcida derrotando o América-MG com um golaço de Everton, aos 31 minutos do primeiro tempo. No final, o próprio Everton teve a chance de ampliar, chutando colocado no canto esquerdo de Jori, mas o goleiro americano praticou ótima defesa. Porém, já nos acréscimos o América teve boa chance de igualar o placar em um cabeceio do centro-avente Rafael Moura, obrigando o goleiro Grohe a providencial intervenção garantindo o resultado. Na próxima rodada, quarta-feira, às 19:00 horas, o Grêmio que ficou em 4º lugar, com 19 pontos, visita o Sport, na Ilha do Retiro. O América-MG, na 13ª colocação, com 13 pontos, recebe a Chapecoense, às 16:00 horas, no Independência.

Na Vila Belmiro, Santos vacila diante do Internacional e perde por 2 a 1 em uma partida marcada por erros de arbitragem. Leandro Damião, abriu o placar para o Colorado cobrando um pênalti pra lá de duvidoso, mas confirmado pelo árbitro, aos 33 minutos do primeiro tempo. Na segunda etapa, outro pênalti inexistente, desta vez a favor do Peixe cavado por Gabriel, que ele mesmo cobrou e empatou o jogo, aos aos seis minutos. Três minutos depois, em uma falta cobrada na área, Victor Custa ganhou no alto de Lucas Veríssimo e cabeceou sem chance de defesa para Vanderlei marcando o gol da vitória do time gaúcho. No lance, Veríssimo perdeu a cabeça, xingou o bandeira e fui expulso de campo. 

Por volta dos 20 minutos, o Alvinegro praiano quase chegou ao gol de empate em um bom chute de Bruno Henrique de fora da área, que levou grande perigo com a bola passando rente à trave de Daniel. Por fim o Inter soube garantir o resultado somando os mesmo 19 pontos do rival Grêmio, ficando em 5º lugar na tabela de classificação. Já o Santos, com uma partida a menos no Brasileirão 2018, fica beirando a Zona de rebaixamento, com 10 pontos. Seu próximo adversário será o Fluminense, fora de casa. Na próxima rodada, a última antes da parada para a Copa do Mundo, o Internacional joga contra o o Vasco, no Beira-Rio.





















(com informações da Gazeta Esportiva)
Imagem: reprodução/Foto: Felipe Correia/Photo Premium

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger