terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

'Trump retira privilégios comerciais do Brasil'

A Casa Branca publicou nesta segunda-feira (10) uma decisão que retira o Brasil e cerca de 20 outros países da lista de economias que têm certos privilégios por seu status de "país em desenvolvimento". Desta forma Donald Trump ganha margem para impor barreiras comerciais a produtos brasileiros antes protegidos pelo status de "em desenvolvimento" do país.
Isso, no mínimo é um golpe sobre a relação que o governo brasileiro diz ter com a Casa Branca. Informação da Folha de S.Paulo dá conta de que, durante a visita de Jair Bolsonaro a Washington em março do ano passado, o governo brasileiro aceitou abrir mão de seus status de país em desenvolvimento na Organização Mundial do Comércio (OMC) em troca do apoio dos EUA à entrada do Brasil na OCDE, o clube dos ricos. 

Mas, segundo Jamil Chade, do UOL, o governo brasileiro não sabia que o acordo previa a possibilidade de impor novas barreiras comerciais. 

Imagem:  reprodução/Redes Sociais 

[Por aqui, Bolsonaro exalta Trump após EUA desclassificarem Brasil como emergente - "Bolsonaro exaltou (hoje,11) do chefe de Estado, Donald Trump, um dia depois de os Estados Unidos retirarem do Brasil da lista de nações consideradas em desenvolvimento. Em conversa (costumeira) com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, nesta manhã, Bolsonaro perguntou o motivo pelo qual "Trump é tão criticado pela imprensa nos Estados Unidos". "O cara diminuiu o desemprego, melhorou a economia, atendeu os latinos que já estão lá... Será que notícia boa a imprensa não vende? Será que é isso?", interpelou...

(Bolsonaro defende "direito" de Trump de deportar brasileiros dos EUA). "Em meados do ano passado o governo Bolsonaro começou a emitir documento que permite deportação em massa". Conforme informações do site Metrópoles, desta sexta (07), os EUA deportaram mais 130 brasileiros; ao menos 139 estão na fila. Digamos, uma política diplomática que não tem bom senso algum. 
  
"Esta não é a primeira vez que Bolsonaro manifesta sua admiração pelo presidente dos EUA. Na última quinta (6), ele fez uma live (transmissão ao vivo) em sua página no Facebook para comemorar a absolvição de Trump em processo de impeachment". 
"Em setembro do ano passado, depois de discursar na ONU (Organização das Nações Unidas), Bolsonaro esteve com Trump em Nova York. Diplomatas que testemunharam a cena relataram ao colunista Lauro Jardim, de "O Globo", que o brasileiro teria dito "I love you" ("Eu te amo", em português) ao americano"]

***

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger