quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Brasileirão 2020: São Paulo empata com o Bragantino e perde a vice-liderança para o Flamengo

www.seuguara.com.br/Luciano/São Paulo/Brasileirão 2020/
O São Paulo ficou no empate em 1 a 1 com o Bragantino nesta quarta-feira, e perdeu a vice-liderança do Brasileirão 2020 para o Flamengo, que venceu o clássico contra o Fluminense, por 2 a 1, no Maracanã. O Tricolor Paulista ficou com 17 pontos, mesma pontuação do Rubro-negro carioca e do líder Internacional, que joga nesta quinta-feira contra o Ceará, no Beira-Rio. Confira os melhores momentos desses dois confrontos e de outros quatro realizados nesta quarta-feira, válidos pela 9ª rodada. 
www.seuguara.com.br/Luciano/São Paulo/Brasileirão 2020/

No Morumbi, o primeiro tempo terminou em zero a zero, com o São Paulo tendo um gol anulado por impedimento e o Bragantino com uma boa oportunidade, anulada com boa defesa do goleiro Tiago Volpi. Na etapa complementar, o time de Bragança Paulista-SP saiu na frente com gol marcado por Raul, aos 7 minutos, e aos 15' perdeu a chance de ampliar, mas Claudinho bateu pra fora um pênalti marcado com ajuda do VAR. 

O São Paulo partiu pra cima do adversário e empatou aos 32 minutos, em uma falha do goleiro Cleiton e rebote na zaga, a bola acabou nos pés de Luciano que tocou tocou para o fundo das redes. Nos minutos finais, o Bragantino mais uma vez desperdiçou um pênalti e a chance de sair com a vitória, mas na cobrança Arthur mandou na trave. Com o resultado, o Bragantino permanece na Zona do rebaixamento, com 7 pontos. 


No Maracanã, o Flamengo conquistou sua quarta vitória consecutiva no Brasileirão 2020, vencendo com facilidade o Fluminense, por 2 a 1. Mais uma vez, o Rubro-negro carioca valendo-se da qualidade técnica dos seus jogadores, superior a de seus adversários na competição, abriu o placar com gol marcado por Felipe Luis, aos 7 minutos do primeiro tempo e ampliou aos 33', com Gabigol. 

Mas o clássico seguiu animado até o final, com o Tricolor diminuindo com gol de cabeça de Digão, já nos acréscimos. Com a derrota, o Fluminense ficou na 9ª posição, com 11 pontos. Com os três pontos somados, o Flamengo assumiu a vice-liderança do Brasileirão somando 17 pontos. Mesma pontuação do São Paulo, em terceiro lugar, e do Internacional, líder do Brasileirão 2020 até aqui. O Colorado pode abrir diferença para os concorrentes no G4 se vencer o Ceará, nesta quinta-feira, no Beira-Rio.  


O Atlético mineiro ficou com a quarta colocação, com 15 pontos. O Galo perdeu para o Santos por 3 a 1, na Vila Belmiro, que foi beneficiado com a expulsão do goleiro atleticano Rafael, aos 15 minutos do primeiro tempo. O Peixe abriu o placar aos 21', com Arthur Gomes. Mesmo com um a menos, o Galo chegou a empatar aos 24 minutos com gol marcado por Franco. Mas quatro minutos depois, Marinho marcou e colocou o Santos na frente e marcou o segundo dele no jogo, em cobrança de pênalti, sofrido por ele mesmo, aos 52 minutos do segundo tempo. Com a vitória, o Santos somou 14 pontos e pulou para a 6ª posição. Mesma pontuação do Vasco, em quinto lugar e joga nesta quinta-feira contra o Atlético-GO e tem chance de chegar ao G4 com a mesma pontuação dos três primeiros colocados. 


Na Arena da Baixada, o Botafogo empatou com o Athletico paranaense em 1 a 1. No primeiro tempo, apesar das várias chances criadas pelo Furacão, que dominou o jogo no primeiro tempo, foi o Botafogo quem balançou as redes. Mas o gol de Bruno Nazário foi corretamente anulado pela arbitragem, por impedimento no lance. No segundo tempo, o Rubro-negro paranaense voltou com a mesma pressão da etapa inicial, mas o Alvinegro carioca bem organizado nos contra-ataques quase marcou aos 28' na boa conclusão de Bruno Nazário e grande defesa do goleiro Santos. 


Aos 34 minutos, o Botafogo abriu o placar com gol de pênalti. Rhuan penetrou na área e foi derrubado por Alvarado, e o árbitro assinalou a penalidade máxima cobrada com perfeição por Victor Luís. O Furacão marcou o gol de empate aos 42 minutos, após grande jogada de Geuvânio, Ravanelli dentro da área bateu de primeira para deixar tudo igual na Arena da Baixada. Dois minutos depois o Athletico perdeu a grande chance de sair com a vitória, mas Nikão desperdiçou um pênalti mandando por  cima do travessão. 

Além disso, o Furacão teve outras duas oportunidades de marcar os três pontos. Aos 45', Guevânio, livre, acertou no travessão. E no último lance, Marcelo Benevenuto cabeceou com precisão, mas Santos defendeu impedindo o que seria o gol da vitória do Furacão. Na próxima rodada, o Botafogo encara o Vasco, domingo, às 20:30 hortas, no Nilton Santos. O Athletico-PR terá o clássico paranaense com o Coritiba, no sábado (12), às 16:30 horas, na Arena da Baixada.


No Castelão, o Fortaleza jogou melhor que o Sport, principalmente no primeiro tempo, e venceu por 1 a 0. O gol da vitória do Tricolor da Aço saiu aos 8 minutos da etapa complementar, com Wellington Paulista em cobrança de pênalti. Já no final do jogo, o Leão do Norte quase empatou em uma cobrança de falta, mas Luciano Juba acertou o travessão. Com o resultado, o Fortaleza somou 11 pontos, na sétima colocação, e na próxima rodada enfrenta o Grêmio, domingo, fora de casa.  O Sport ficou em 11º lugar, com 10 pontos. Um a menos que o Corinthians, que terá o clássico contra o Palmeiras, às 19:15 horas desta quinta-feira, em Itaquera. Na próxima, o Sport joga contra o Plameiras, no Allianz Parque.      


Nesta rodada, o Coritiba jogou contra o Goiás e empatou em 3 a 3, no Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia. O Coxa fez um bom primeiro tempo e abriu vantagem de 2 a 0, com gols de Robson e William Matheus. O Esmeraldino descontou com gol de pênalti, cobrado por Rafael Moura. Na sequência, o centroavante sofreu falta do zagueiro  Rodolfo Filemon, que recebeu cartão vermelho. No segundo tempo, o Goiás aproveitou a vantagem de um jogado a mais e empatou com gol de Jara e virou o placar com gol contra de Sabino, aos 37 minutos. O próprio Sabino marcaria o improvável gol de empate coxa-branca, cobrando pênalti, aos 49', no último lance da partida. 


Com o resultado, o Coritiba somou 8 pontos e saiu momentaneamente da Zona do rebaixamento, com a mesma pontuação do Grêmio. Porém, o Tricolor gaúcho joga hoje contra o Bahia, em Pituaçu, e se vencer joga o Coxa novamente para a posição de primeiro na lista dos quatro últimos colocados. Seguido de, Bragantino, com 7 pontos, Atlético-GO, com 6, e do lanterna Goiás, com 5 pontos. Lembrando que o time goiano joga hoje, contra o Vasco, no confronto de encerramento da 9ª rodada.


Na próxima rodada, o Coritiba tem o clássico contra o Athletico-PR, no sábado, às 16;30 horas, na Arena da Baixada, em confronto direto na Zona do rebaixamento. O Goiás terá uma missão difícil, na luta para sair da última posição na tabela de classificação, enfrentando o líder Internacional, no domingo, às 18:00 horas, no Beira-Rio.













(com informações da Gazeta Esportiva)
Imagem: reprodução/Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger